Traduzir

26 maio 2020

Graciosa é uma das ilhas escolhidas para o Inquérito Serológico Nacional à COVID-19

A Secretária Regional da Saúde anunciou na Assembleia Legislativa, que “os Açores vão participar no Inquérito Serológico Nacional à COVID-19, um estudo adaptado do protocolo da Organização Mundial da Saúde, com uma amostra de 326 análises, de sete ilhas, incluindo ilhas que não registaram casos de infeção, para que esta seja efetivamente representativa”.
Teresa Machado Luciano afirmou que “será produzido um relatório específico para os Açores, no âmbito do inquérito conduzido pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, que vai determinar a extensão da infeção na população e monitorizar a evolução da imunidade”.
A responsável pela pasta da Saúde salientou que, “com esta representatividade, teremos a fotografia da Região num estudo nacional, com uma amostra de 2.100 indivíduos, que começa agora, será repetido daqui a cinco meses e, depois, de três em três meses, até outubro de 2021”.
O recrutamento, que terá como universo sete ilhas da Região, designadamente São Miguel, São Jorge, Pico, Terceira, Faial, Graciosa e Flores, deverá estar concluído na primeira semana de junho, seguindo-se a recolha e o envio das amostras para o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge até 19 de junho.
A participação no inquérito dependerá de autorização dos indivíduos ou dos seus representantes legais, que poderão aceder aos resultados, caso manifestem esse interesse.
Os dados recolhidos serão anonimizados no momento da colheita, a não ser que exista necessidade de notificação ao sistema de notificação de casos.
O Inquérito Serológico Nacional à COVID-19 visa também determinar e comparar a proporção de casos de infeção por SARS-CoV-2 em grupos etários específicos e estimar a percentagem de infeções assintomáticas.
                                                                                                                      

Fonte: GACS

Twitter Facebook Favorites More