Traduzir

25 maio 2020

Carta Aberta- Presidente da Câmara mostra satisfação pela decisão de Governo e Atlanticoline

Caros/as Munícipes, 

Foi com grande satisfação que tomamos conhecimento da resposta remetida, hoje, pelo Senhor Presidente do Governo dos Açores à nossa solicitação a informar o Município de que será criada uma nova rota de transporte marítimo de passageiros e viaturas, denominada Linha Branca. 
Felicitamos o Governo Regional dos Açores e a empresa Atlânticoline pelo extraordinário trabalho elaborado no âmbito da criação desta rota alternativa, que, assim, abrange também a ilha Graciosa no serviço de transporte marítimo regular de passageiros e veículos, no Grupo Central, em funcionamento durante o período de verão que se aproxima. 
Esta decisão é, quanto a nós, inclusiva, justa e absolutamente vital para a dinamização da economia da Graciosa, neste período tão conturbado, revelando um esforço notável, que merece o nosso reconhecimento e o nosso apreço, no sentido de prestar um verdadeiro serviço público. 
Esta é, aliás, uma conduta a que o Governo dos Açores nos tem habituado ao longo dos anos, por via das políticas que apresenta no domínio das mais diversas matérias. 
Esta rota funcionará às segundas e sextas-feiras com o seguinte percurso: Horta (07:00) - São Roque do Pico (8:25) - Velas de São Jorge (9:30) – (12: 05) Praia da Graciosa (12:20) - (15:50) Praia da Vitória (16:15) - (19:45) Praia da Graciosa (20:00) - Velas de São Jorge (22:50) - São Roque do Pico (23:55) - Horta. 

Um abraço, 
Manuel Avelar Cunha Santos

Governo dos Açores cria nova linha marítima que inclui a Graciosa

O Governo dos Açores vai criar uma nova rota marítima, denominada Linha Branca, que irá, "salvo imponderáveis técnico-operacionais ou motivos de forma maior", servir a ilha Graciosa já a partir de 15 de junho, foi hoje revelado.

A novidade é avançada em missiva enviada pelo chefe do Governo Regional, Vasco Cordeiro, ao presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, Manuel Avelar, texto a que a agência Lusa teve acesso.

"Estou, hoje, em condições de lhe transmitir que será criada uma nova rota de transporte marítimo de passageiros e viaturas, denominada Linha Branca", com viagens às segundas-feiras e às sextas-feiras, diz Vasco Cordeiro na carta enviada ao autarquia.

A rota será servida pelo ferry “Mestre Jaime Feijó” e arrancará no Porto da Horta, na ilha do Faial, seguindo para São Roque do Pico, no Pico, para as Velas, em São Jorge, Graciosa e para a Praia da Vitória, na ilha Terceira.

A integração ou não da Graciosa (ilha do grupo central dos Açores) na programação da transportadora marítima açoriana Atlânticoline já havia sido recentemente questionada pelo PSD dos Açores.

Vasco Cordeiro diz que este ano é possível servir os graciosenses neste campo "uma vez que, face à previsível menor procura", devido à pandemia de covid-19, "que se estima vir a existir nas rotas que, habitualmente, exigem um maior esforço operacional da frota da Atlânticoline, é possível programar a operação de forma a permitir esse serviço".

E prossegue o texto: "Nos anos anteriores, com esse esforço operacional concretizado ao máximo nessas rotas de maior movimento, esse serviço não era possível. No entanto, sendo este um ano excecional, é esta a solução excecional que serve a ilha Graciosa".

Em 2020, a operação de transporte marítimo de passageiros e viaturas realizar-se-á apenas com os navios que a Atlânticoline tem, disponíveis, sem recurso a contratações de navios do exterior.

Fonte: Agencia Lusa

Incêndio provoca estragos no Aeródromo da Graciosa mas não inviabilizam operação aérea

A sirene dos Bombeiros Voluntários de Santa Cruz da Graciosa tocou por volta das 20h30 de Domingo, dia 24 de Maio. O alerta era no Aeródromo da Ilha Graciosa, a principal porta de entrada de saída da ilha.
Tratou-se de um incêndio na zona de cargas e de operação de rampa que atingiu grandes proporções, cerca de 4 horas depois do fecho do aeroporto.
A rápida intervenção dos bombeiros após a chegada ao local, impediu o alastrar do fogo à gare dos passageiros, conseguindo ainda salvar alguma carga, equipamentos e viaturas.
Segundo a Rádio Graciosa conseguiu apurar, neste momento decorre no terreno uma avaliação dos estragos por parte da Secretaria Regional das Obras Públicas e à tarde deslocam-se técnicos da Sata para avaliar a situação.
A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas confirmou esta manhã que grande parte dos equipamentos foram salvos, não se sabendo quanto à estabilização da cobertura do armazém, trabalhos que se aguardam.
Ana Cunha garantiu que os estragos verificados não inviabilizam operação aérea com a ilha, que mantém-se com um voo diário.

Para o combate a este incêndio foram utilizados os meios do próprio aeródromo e ainda 5 viaturas e 26 elementos do corpo de bombeiros da Graciosa.
Durante o combate a este incêndio houve ainda a registar a assistência médica a quatro bombeiros, por inalação de fumos e ferimentos ligeiros.

                                                 Foto: João Pavão (Facebook)





                                                 Fotos: Após o rescaldo do incêndio

Graciosa foi reabastecida de areia este fim-de-semana

A ilha Graciosa foi abastecida de areia este fim-de-semana, terminando assim o período de cerca de 1 ano de dificuldades num abastecimento regular deste bem à nossa ilha.
O assunto foi por diversas vezes debatido em reunião da Câmara Municipal, por ter trazido dificuldades para o setor da construção civil na ilha.
Já em Fevereiro, o Conselho de Ilha Graciosa pediu uma solução para o problema do abastecimento de areia à Graciosa, tendo o Governo garantido que nas próximas semanas seria resolvido.
Entretanto decorreram diversos trâmites com as empresas que realizam este serviço na região, o que a juntar algumas avarias nas embarcações, levou a que só na última semana se tenha iniciado o reabastecimento de areia a algumas ilhas do Grupo Central, tendo a draga chegado à Graciosa no Sábado.
Ainda ontem, a draga encontra-se junto à costa na Freguesia da Luz a dragar areia, para posterior descarga no Porto Comercial da Ilha Graciosa.

Decorre petição pública para Graciosa ser incluída nos transportes marítimos do Grupo Central

A Graciosa também é Açores! É o tema de uma petição pública que reclama a inclusão da ilha “no plano de transporte marítimo, quer de passageiros, quer de viaturas para que se possa continuar a dizer que a Graciosa é Açores!”
Na petição, já subscrita por mais de 300 pessoas, é referido que “não incluir a Graciosa no mapa de transporte marítimo dos Açores, é no mínimo lamentável” e que “afirmar que somos Região, só faz sentido se todos tivermos acesso ao conjunto de investimento que o governo põe a disposição dos cidadãos açorianos, A Graciosa também é Açores!”.
É destacado ainda que “somos uma ilha onde foi incentivado pelo governo regional, a implementação de vários investimentos, e chegou a hora de podermos ter o retorno disso”, recordando que “o grupo central são 5 ilhas, e tem de estar ligadas!”

A petição pública está disponível em: https://peticaopublica.com/mobile/pview.aspx?pi=PT100135&fbclid=IwAR0xJ-HOA0upe9NuucswH4D84kZ6ba_bMZQ0Y2YjeJUML3k-1udVqTCj4YM

Dado mais um passo para a remodelação do Parque de Campismo do Carapacho

O executivo camarário de Santa Cruz da Graciosa aprovou, por unanimidade, conceder ao Presidente da Câmara os poderes bastantes para proceder à justificação notarial de propriedade de um terreno com a área total de 0,333600 ha, sito no Carapacho, freguesia da Luz, destinado à instalação do Parque de Campismo do Carapacho.
Trata-se assim da conclusão do processo de legalização dos terrenos, a que se seguirá a execução do projecto, num trabalho conjunto com a Junta de Freguesia da Luz, com vista a ampliação e remodelação do Parque de Campismo do Carapacho.

Artigo de Opinião de João Costa “Decência”

Já não bastava a ameaça da ilha Graciosa ficar, este verão, sem transportes marítimos de passageiros e viaturas - com todas as implicações para a sua frágil economia - e também os seus residentes vivem a ameaça de não poder regressar do exterior sem passar 15 dias fechados num quarto de hotel, enquanto os residentes nas ilhas com gateway fazem o seu isolamento profilático nas suas residências. 
Se há nestas questões algo em comum é a total insensibilidade para com quem vive longe dos centros de decisão e uma completa falta de argumentos válidos para isolar ainda mais uma ilha ou uma pessoa que, em condições normais, já sofre o suficiente. 
Esperar 15 dias num quarto de hotel sem justificação plausível e depois de um teste negativo à covid-19 é sofrimento dispensável tal como é dispensável prolongar a espera de 15 anos para que se construa um navio que agora é certo que não será construído. 
Vivemos tempos de grandes desafios e maltratar os mais frágeis com medidas insensatas leva a que a dor seja ainda maior e com mais sérias consequências.
 Haja decência!

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Céu geralmente pouco nublado.
Vento sueste bonançoso a moderado (10/30 km/h).
Mar de pequena vaga.
Ondas oeste 1 a 2 metros, passando a noroeste e aumentando para 2 a 3 metros.

Preia-mar será às 16h10 com 1.5 m
Baixa-mar será às 22h23 com 0.5 m

O Sol nasceu às 6h30 vai pôr-se às 21h06
Índice de Ultravioleta, 7 Elevado

A temperatura da água é de 17ºC
A temperatura do ar é de 18ºC, Humidade 89%
Máxima de 21º, Mínima de 16º



23 maio 2020

Graciosa sem casos ativos de Covid 19

A Autoridade de Saúde Regional informou que as 808 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da Região nas últimas 24 horas não revelaram novos casos positivos de COVID-19.

Relativamente aos casos positivos ativos, registou-se uma recuperação de infeção por SARS-CoV-2, que corresponde a um indivíduo do sexo feminino, com 21 anos de idade, residente na ilha Graciosa, ficando, assim, esta ilha sem qualquer caso positivo ativo.

Até ao momento, já foram detetados na Região um total de 146 casos de infeção, verificando-se 114 recuperados, 16 óbitos e 16 casos positivos ativos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença COVID-19, destes, 15 na ilha de São Miguel e um na ilha do Pico.

As medidas de prevenção e contenção da pandemia devem ser mantidas e reforçadas, sempre que possível, por cidadãos e organizações públicas, privadas e do setor social.

Museu da Graciosa comemora a Noite Europeia dos Museus 2020 com iniciativa virtual


Resumo Semanal 18 a 22 de Maio de 2020

Congresso da Sociedade debateu o futuro da Graciosa

A sessão relativa à Ilha Graciosa teve transmissão em simultâneo no site do partido e na página do Congresso da Sociedade no Facebook e no encerramento do evento, José Manuel Boleeiro, Presidente do PSD Açores, destacou algumas das ideias e temas que surgiram da iniciativa, entre elas o combate à desertificação, análise às potencialidades e constrangimentos de cada território, plano estratégico para cada uma das ilhas, dificuldades de fixação dos jovens e uma escola profissional na ilha.
O Presidente do PSD afirmou que o partido tem uma estratégia especial para a família, que abrange uma diversidade de politicas públicas em diversos setores desde a educação, saúde, empreendedorismo, acessibilidades internas, numa estratégia alargada para a próxima década.



Centro de Saúde retomou a atividade assistencial à população

Desde segunda-feira existem novas regras na Unidade de Saúde da Ilha Graciosa que devem merecer muita atenção de todos os utentes que se desloquem àquela infra-estrutura.



Administração Regional e estabelecimentos industriais e comerciais reabriram na Graciosa

Os serviços da Administração Regional da Graciosa reabriram ao público, cumprindo a calendarização prevista para o levantamento de restrições, que prevê também a reabertura de estabelecimentos comerciais e industriais nesta ilha e o retomar das aulas presenciais para os alunos do 11.º e 12.º ano.




Museu da Graciosa reabriu no Dia Internacional dos Museus

As comemorações no Museu da Graciosa foram marcadas através da partilha e divulgação de fotografias de visitas comentadas de grupos, efetuadas a esta instituição.
Esta comemoração coincide com a reabertura ao público do Museu da Graciosa e com a apresentação de uma exposição virtual da REDE dos Museus intitulada “A ÁGUA”.




Graciosa vai continuar fora da Linha Lilás, Governo pretende compensar Graciosa através da SATA

A grande preocupação tem a haver não só com os passageiros, mas também com o mercado interno, uma vez que Graciosa produz alhos e meloas que carecem de ser exportados, sendo que os transportes marítimos têm-se revelado importantes para a exportação destes produtos, para o mercado das ilhas do triângulo.
A Rádio Graciosa questionou a Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas sobre este assunto, que afirma que o cancelamento da operação marítima sazonal, é uma decisão de saúde pública de que informou o Presidente da Câmara Municipal.
Ana Cunha afirma que o Governo trabalha para que não haja qualquer constrangimento na mobilidade ou prejuízo para a ilha e que será através da SATA que a ilha Graciosa será recompensada, por ficar de fora do transporte marítimo de passageiros no ano de 2020.




Cancelado o Festival Ilha Branca e a Feira Taurina da Graciosa 2020

Em nota de imprensa é referido que as comissões organizadoras envolvidas consideraram que, "tendo em conta a situação extraordinária que vivemos provocada pela pandemia de COVID-19, não estão reunidas as condições para que se possam concretizar estes eventos, que poderiam pôr em causa a saúde pública.”




Publicada Portaria que determina datas de termo do ano letivo 2019/2020

Assim, o ano letivo termina para o 1.º ciclo do ensino básico a 19 de Junho de 2020 e para o 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e 10.º ano do ensino secundário a 9 de Junho de 2020.
Para os alunos de 11.º e 12.º anos do ensino secundário, as aulas terminam a 26 de Junho de 2020, enquanto que as atividades da educação pré-escolar terminam a 19 de Junho de 2020, aquando do termo das aulas do 1.º ciclo.




Horários e condições de funcionamento dos serviços municipais

Os Paços do Concelho estão abertos das 09:00 às 15:30, com atendimento até ao máximo de duas pessoas de cada vez, por ordem de chegada, permanecendo os demais a aguardar no átrio, com a distância mínima recomendada entre cada um.
 Entre a 09:00 e as 11:00, serão atendidos, preferencialmente, cidadãos com mais de 60 anos, grávidas, portadores de doenças crónicas ou com necessidades especiais.
A Biblioteca Municipal e o Quiosque da Graciosa - Posto de Informação funcionam das 09:00 às 17:00.
Continuam encerrados o Centro Cultural da Ilha Graciosa, o CATL e o Reservatório do Atalho.




Dormidas de Março com variação negativa de 46,4%

Em termos de variações homólogas acumuladas, de janeiro a março, todas as ilhas apresentaram variações homólogas negativas à exceção da ilha de Santa Maria e da ilha Terceira, com variações respectivamente de 9,6% e 6,2%.
As ilhas do Corvo, Graciosa, Faial, Flores, São Miguel, São Jorge e Pico apresentaram variações negativas respetivamente de, 51,2%%, 46,4%, 34,4%, 25,4%, 22,5%, 19,4% e 10,8%.
Nos primeiros três meses de 2020, a hotelaria Graciosense registou 2.102 dormidas, -46,4 em relação ao mesmo período de 2019.
Em Março, foram 543 as dormidas registadas no conjunto de estabelecimentos hoteleiros da Graciosa, uma redução de 63,1% em comparação com o mesmo mês de 2019 (1 473).
A taxa de ocupação-cama em Março foi de 9,5% (-16,3%) e a estada média de 3,27 noites (11,1%).





PSD alerta que passageiros das ilhas sem Gateway estão a ser discriminados no regresso a casa

Em causa está o facto de passageiros de São Jorge, Pico, Faial, Graciosa, Corvo, Flores e Santa Maria que, “com a imposição das quarentenas, não conseguem efetuar a atempada ligação à sua ilha de residência” e alertam que a “tarifa de residente não permite que o passageiro ultrapasse 24 horas na paragem que obrigatoriamente tem de fazer nas ilhas com Gateway”.
Esta situação leva a que passageiros de 7 ilhas tenham de “ficar 14 dias em São Miguel ou na Terceira, incumprindo com a obrigatoriedade da ligação à sua ilha de residência dentro das 24 horas estipuladas pela tarifa aérea já adquirida”, com o PSD a alertar que “todos os açorianos têm direito, na sua tarifa de ida e volta entre a ilha de residência e o Continente, a beneficiar do subsídio social de mobilidade, que reembolsa o diferencial da tarifa comprada para os 134 euros estabelecidos”.
A situação está a obrigar à compra de um novo bilhete de São Miguel ou da Terceira para as suas ilhas de destino, ficando, ainda, em alguns casos, sujeitos ao pagamento de excesso de bagagem se ultrapassarem os 23 kgs, já que normalmente os passageiros nas viagens da TAP, ou da Azores Airlines, têm direito a 42 kgs que são válidos até ao destino final”.
Assim o PSD quer saber do Governo “que medidas estão a ser tomadas no sentido de solucionar o que é uma tremenda injustiça para muitos açorianos atingidos”.



Graciosa já com máscaras sociais distribuídas

Nos últimos dias, mais de 86 mil máscaras sociais foram disponibilizadas para distribuição pelas juntas de freguesia das ilhas Terceira e Graciosa, na sequência do acordado com a Delegação dos Açores da ANAFRE, no âmbito da decisão do Governo dos Açores de garantir que cada domicílio da Região tenha asseguradas, pelo menos, três destas máscaras.




PSD não desiste de incluir a Graciosa na operação da Atlânticoline para 2020

O grupo parlamentar do PSD/Açores apresentou um projeto de resolução, visando a inclusão da Graciosa “na eventual operação da Atlânticoline para 2020, tendo em conta que está em curso nova discriminação para com aquela ilha, face aos horários até agora conhecidos”, disse o deputado João Bruto da Costa.
O deputado Graciosense destacou que “no que é uma reclamação de há vários anos da população graciosense, pretendemos que a tutela dê instruções à Atlânticoline para incluir a Graciosa na operação daquela empresa pública regional empresa para este ano, otimizando a utilização dos seus navios”.



Barro Vermelho galardoado com Bandeira Azul 2020

A zona balnear do Barro Vermelho foi distinguida com a Bandeira Azul do ano 2020, a única na nossa ilha este ano.
Na classificação, o Barro Vermelho é descrito como piscina natural de rocha e areia, com acessos em cimento e madeira. Zona de banhos de mar aberto com fundo em laje de basalto.




Câmara recorre a Vasco Cordeiro perante decisão “prejudicial, injusta e discriminatória”

A Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa continua firme na luta para que a Graciosa seja incluída nas ligações marítimas entre as ilhas do Grupo Central no período de Verão.
Depois da recomendação da Assembleia Municipal de Santa Cruz da Graciosa, o município contactou o Gabinete da Secretária dos Transportes e Obras Públicas sobre a inclusão da nossa ilha na eventual rota de transporte marítimo de passageiros e veículos que estará em circulação no verão que se avizinha, mas obtiveram uma “resposta insatisfatória”.
Por entenderem “ser prejudicial, injusta e discriminatória”, a Câmara enviou um ofício ao Presidente do Governo Regional dos Açores solicitando a inclusão da Graciosa na rota e a transmitir a preocupação do município porque, independentemente da cor da linha, a Graciosa precisa ser servida por uma alternativa credível, por ser imprescindível para a dinamização da economia da ilha.
Manuel Avelar Santos, afirma que é impossível que a Graciosa não faça parte do transporte marítimo de passageiros e carga que se venha a realizar durante o verão no Grupo Central.
Manuel Avelar Santos lembra que ligação comercial da Graciosa, com as outras ilhas do Grupo Central é histórica e espera por isso que o Presidente do Governo “não deixe ficar mal” a Graciosa.
O autarca de Santa Cruz da Graciosa acredita que a decisão anunciada é reversível e está confiante de que, se e quando for retomado este serviço público de transporte marítimo, a Graciosa não será excluída.




Prorrogado para Setembro o fim da obra de requalificação dos pauis

Conforme solicitado pelo empreiteiro, o executivo aprovou por unanimidade, prorrogar o prazo da Empreitada de Melhoria da Rede Viária do Centro Histórico e Zonas Envolventes de Santa Cruz até ao dia seis de Setembro deste ano.
Segundo a ata do encontro, a prorrogação deve-se à suspensão de todas as ligações do Grupo SATA entre todas as ilhas da Região e todas as ligações aéreas do exterior da Região, decretada pelo Governo dos Açores, que ainda não tornou possível deslocar à Graciosa subempreiteiros e técnicos especializados.




Mocidade Praiense recebe apoio de 5 mil euros para obras na sede

A Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa aprovou por unanimidade, conceder um subsídio no valor de cinco mil euros ao Grupo Desportivo da Mocidade Praiense.
O apoio insere-se “numa perspetiva de continuidade da política municipal de colaboração no âmbito da preservação do património cultural, religioso e desportivo” e destina-se a fazer face a despesas com obras de recuperação da sua sede.
O Presidente da Câmara não participou na discussão e votação deste posto da ordem do dia.




Faleceu Ana Melo, a voz feminina mais conhecida do folclore graciosense

Faleceu no dia 21 de Maio de 2020, a Graciosense Ana Melo, vítima de doença prolongada.
   Era uma das vozes mais importantes do Grupo Folclórico da Casa do Povo de Guadalupe, tendo sido uma das fundadoras a 6 de Abril de 1978, e também membro do Coro de Nossa Senhora de Guadalupe. O Grupo Folclórico da Casa do Povo de Guadalupe tem mantido até hoje as modas e cultura tradicionais da nossa ilha.




22 maio 2020

Câmara recorre a Vasco Cordeiro perante decisão “prejudicial, injusta e discriminatória”

A Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa continua firme na luta para que a Graciosa seja incluída nas ligações marítimas entre as ilhas do Grupo Central, no período de Verão.
Depois da recomendação da Assembleia Municipal de Santa Cruz da Graciosa, o município contactou o Gabinete da Secretária dos Transportes e Obras Públicas sobre a inclusão da nossa ilha na eventual rota de transporte marítimo de passageiros e veículos que estará em circulação no verão que se avizinha, mas obtiveram uma “resposta insatisfatória”.
Por entender “ser prejudicial, injusta e discriminatória”, a Câmara enviou um ofício ao Presidente do Governo Regional dos Açores solicitando a inclusão da Graciosa na rota e a transmitir a preocupação do município porque, independentemente da cor da linha, a Graciosa precisa ser servida por uma alternativa credível, por ser imprescindível para a dinamização da economia.
Manuel Avelar Santos, afirma que é impossível que a Graciosa não faça parte do transporte marítimo de passageiros e carga que se venha a realizar durante o verão no Grupo Central.
Manuel Avelar Santos lembra que ligação comercial da Graciosa, com as outras ilhas do Grupo Central é histórica e espera por isso que o Presidente do Governo “não deixe ficar mal” a Graciosa.
O autarca de Santa Cruz da Graciosa acredita que a decisão anunciada é reversível e está confiante de que, se e quando for retomado este serviço público de transporte marítimo, a Graciosa não será excluída.

Prorrogado para Setembro o fim da obra de requalificação dos pauis

Na reunião do Executivo Camarário de Santa Cruz da Graciosa desta semana, destacou-se a prorrogação de prazo da empreitada “Melhoria da Rede Viária do Centro Histórico e Zonas Envolventes de Santa Cruz”.
Conforme solicitado pelo empreiteiro, o executivo aprovou por unanimidade, prorrogar o prazo da Empreitada de Melhoria da Rede Viária do Centro Histórico e Zonas Envolventes de Santa Cruz até ao dia seis de Setembro deste ano.
Segundo a ata do encontro, a prorrogação deve-se à suspensão de todas as ligações do Grupo SATA entre todas as ilhas da Região e todas as ligações aéreas do exterior da Região, decretada pelo Governo dos Açores, que ainda não tornou possível deslocar à Graciosa subempreiteiros e técnicos especializados.

Mocidade Praiense recebe apoio de 5 mil euros para obras na sede

A Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa aprovou por unanimidade, conceder um subsídio no valor de cinco mil euros ao Grupo Desportivo da Mocidade Praiense.
O apoio insere-se “numa perspetiva de continuidade da política municipal de colaboração no âmbito da preservação do património cultural, religioso e desportivo” e destina-se a fazer face a despesas com obras de recuperação da sua sede.
O Presidente da Câmara não participou na discussão e votação deste posto da ordem do dia.

Foto: GDMP

Faleceu Ana Melo, a voz feminina mais conhecida do folclore graciosense

Faleceu ontem, dia 21 de Maio de 2020, a Graciosense Ana Melo, vítima de doença prolongada.
 Era uma das vozes mais importantes do Grupo Folclórico da Casa do Povo de Guadalupe, tendo sido uma das suas fundadoras a 6 de Abril de 1978, e também membro do Coro de Nossa Senhora de Guadalupe. O Grupo Folclórico da Casa do Povo de Guadalupe tem mantido até hoje as modas e cultura tradicionais da nossa ilha.
A Junta de Freguesia de Guadalupe emitiu uma nota de pesar pública, em que destaca que "a sua voz, que correu o mundo, deixa falta a toda a Ilha Graciosa, em especial à Freguesia de Guadalupe".
 O seu funeral será realizado no dia 23 de Maio, pelas 18:00 na Freguesia de Guadalupe.

Fonte: Junta de Freguesia de Guadalupe


Nota te pesar do Grupo Folclorico de Guadalupe:


"O Grupo Folclórico da Casa do Povo de Guadalupe está de luto.
Ana de Jesus Melo, fundadora do Grupo Folclórico da Casa do Povo de Guadalupe a 06 de Abril de 1978, faleceu hoje. O nosso Grupo ficou mais pobre, perdeu uma grande voz do folclore graciosense.
Connosco ficarão para sempre as lembranças....
Connosco ficarão os ecos do passado....
Connosco ficará a saudade....
Connosco ficará para sempre a sua amizade e a sua Grande Voz.....
Adeus Amiga até um dia.....
Que a sua alma descanse em Paz!!!

Rapazes quando eu morrer
Levai me devagarinho
Á porta do cemitério
Cantai me o Fado baixinho."

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado, com abertas para a tarde.
Aguaceiros em especial na manhã.
Vento fraco (05/10 km/h), tornando-se bonançoso (10/20 km/h) de leste.
Mar encrespado, tornando-se de pequena vaga.
Ondas noroeste de 2 a 3 metros, diminuindo para 1 a 2 metros.

Baixa-Mar às 15h34 com 0,7 m
Preia-Mar às 21h55 com 1,3 m

O Sol nasceu às 6h32 e vai pôr-se às 21h03
Índice de Ultravioleta, 8 Muito Elevado

A temperatura da água é de 17ºC
A temperatura do ar é de 16ºC e Humidade 74%

Máxima de 18º, Mínima de 13º

21 maio 2020

Presidente da Câmara apela a intervenção de Vasco Cordeiro para inclusão da Graciosa na Linha Lilás

O Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa emitiu uma carta aberta aos Graciosenses, onde informa que apelou à intervenção de Vasco Cordeiro, Presidente do Governo dos Açores, para a inclusão da Graciosa na Linha Lilás.

"Caros/as Munícipes,


No seguimento da anunciada suspensão da operação sazonal de transportes marítimos de passageiros e viaturas interilhas, que naturalmente se justifica pelas circunstâncias atuais, a Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa remeteu um ofício à Senhora Secretária dos Transportes e Obras Públicas a manifestar a sua apreensão e total desacordo relativamente à não inclusão da ilha Graciosa no percurso da Linha Lilás, aquando da sua eventual reativação. 

Se, na nossa opinião, nunca deveríamos ter sido excluídos da referida rota, nesta altura em que não existe a alternativa da Linha Amarela (ou qualquer outra), não é aceitável que o Governo Regional dos Açores prive a Graciosa e os graciosenses do transporte marítimo de passageiros e viaturas, uma vez que isso traria consequências extremamente negativas a diversos níveis, principalmente no que concerne à comercialização de produtos sazonais, como a meloa ou o alho, para as restantes ilhas do Grupo Central, e acentuaria ainda mais o isolamento a que estamos, por natureza, sujeitos. 

Tendo em conta a recomendação da Assembleia Municipal de Santa Cruz da Graciosa, entendemos que deveríamos, primeiro, contactar o Gabinete da Senhora Secretária dos Transportes e Obras Públicas sobre a inclusão da nossa ilha na eventual rota de transporte marítimo de passageiros e veículos que estará em circulação no verão que se avizinha. 

Contudo, perante a resposta insatisfatória que obtivemos, por ser prejudicial, injusta e discriminatória, a Câmara procedeu hoje também ao envio de um ofício ao Senhor Presidente do Governo Regional dos Açores a transmitir esta nossa preocupação porque, independentemente da cor da linha, precisamos de ser servidos através de uma alternativa credível. Assim, por ser imprescindível para a dinamização da economia da Graciosa, solicitamos que seja equacionada uma forma de incluir a Graciosa na rota do transporte marítimo regular de passageiros e veículos. 

Acreditamos que a decisão anunciada é reversível e estamos confiantes em que, se e quando for retomado este serviço público de transporte marítimo, a Graciosa não será excluída. 

Um abraço, 

Manuel Avelar Cunha Santos"

Barro Vermelho galardoado com Bandeira Azul 2020

A zona balnear do Barro Vermelho foi distinguida com a Bandeira Azul do ano 2020, a única na nossa ilha este ano.
Na classificação, o Barro Vermelho é descrito como piscina natural de rocha e areia, com acessos em cimento e madeira. Zona de banhos de mar aberto com fundo em laje de basalto.
A Câmara Municipal foi responsável pela candidatura Bandeira Azul do Barro Vermelho, salvaguardando todos os seus requisitos, incluindo a contratação de nadadores-salvadores.
O Município e a Junta de Freguesia de Santa Cruz da Graciosa têm-se empenhado no sentido de criar ótimas condições para todos os visitantes do Barro Vermelho, apresentando um local muito agradável para banhos, com solários junto ao mar e uma praia da bagacina vermelha.
A Junta de Freguesia de Santa Cruz da Graciosa já mostrou satisfação pelo galardão conseguido, que reconhece “a qualidade das águas com classificação de excelente, em 3 anos consecutivos”.
A Época Balnear está prevista ocorrer de 15/06/2020 a 15/09/2020.

Há 360 praias com bandeira azul em Portugal, no 2020 e o Algarve continua a ser a região do país com mais praias com bandeira azul.
Nos Açores são 47 as zonas galardoadas, sendo o município da Praia da Vitória, aquele que consegue mais bandeiras, com um total de 9 galardões.
Devido à pandemia da covid-19, o tema deste ano é: "De volta ao mar, com a atitude de mudar".

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado com abertas.
Aguaceiros fracos durante manhã.
Vento oeste moderado a fresco (20/40 km/h) com rajadas até 60 km/h,
tornando-se gradualmente fraco (05/10 km/h).
Mar cavado, tornando-se encrespado.
Ondas oeste de 3 a 4 metros, passando a noroeste e diminuindo para 2 a 3 metros.

Baixa-Mar às 19h55 com 0,5 m
Preia-Mar às 13h46 com 1,5 m

O Sol nasceu às 06h33 e vai pôr-se às 21h02
Índice de Ultravioleta é 6, Elevado

A temperatura da água é de 17ºC
A temperatura do ar é de 17ºC e Humidade 70%

Máxima de 19º, Mínima de 15º

20 maio 2020

PSD não desiste de incluir a Graciosa na operação da Atlânticoline para 2020

O grupo parlamentar do PSD/Açores apresentou hoje um projeto de resolução, visando a inclusão da Graciosa “na eventual operação da Atlânticoline para 2020, tendo em conta que está em curso nova discriminação para com aquela ilha, face aos horários até agora conhecidos”, disse o deputado João Bruto da Costa.
“No que é uma reclamação de há vários anos da população graciosense, pretendemos que a tutela dê instruções à Atlânticoline para incluir a Graciosa na operação daquela empresa pública regional empresa para este ano, otimizando a utilização dos seus navios”, explica o social democrata.
João Bruto da Costa recorda que o anúncio do governo – feito a 22 de abril – do cancelamento da operação sazonal de navios para o transporte marítimo de passageiros e viaturas para 2020 “deixou em aberto que se poderia concretizar a operação que liga as ilhas do Faial, Pico, São Jorge e Terceira, caso venham a existir condições para esse efeito”.
“Isso deixa novamente a Graciosa de fora, pelo que o PSD pediu imediatamente explicações sobre o assunto, no que foi seguido pela Assembleia Municipal de Santa Cruz da Graciosa, que também considerou inaceitável essa opção, sobretudo pelo facto de ter sido cancelada a Linha Amarela”, refere.
O deputado lembra que a coesão social e territorial “é um desígnio irrenunciável do projeto autonómico”, pelo que a existência de uma rede de transportes marítimos que aproxime as ilhas e potencie a mobilidade “é imprescindível para a existência de um verdadeiro mercado interno”.
“A Graciosa produz uma série de bens, nomeadamente meloas, alhos, queijadas, entre outros, que necessitam de uma boa rede de escoamento no período de verão, sendo que que o transporte aéreo não resolve todas as necessidades dos produtores locais”, reforça João Bruto da Costa.
“Acresce que os mercados preferenciais, para além da Terceira, estão também nas restantes ilhas do Grupo Central, pelo que é incompreensível que a Atlânticoline – dispondo de uma frota de quatro navios – tenha reduzido as suas ligações diárias, mas dando mais tempo para outras rotas em desfavor da Graciosa”, insiste o deputado do PSD/Açores.
João Bruto da Costa acrescenta que a recomendação emanada pelo município de Santa Cruz “foi aprovada por unanimidade, e reflete o pensamento do PSD/Açores sobre a matéria, pois resulta do trabalho feito nesse sentido ao longo dos últimos anos”.
O parlamentar transmitiu ainda “uma mensagem direta para o Presidente do Governo Regional, para que proceda no sentido da resolução desta situação injusta, e para bem dos graciosenses”.

Dormidas de Março com variação negativa de 46,4%

Na Região Autónoma dos Açores, no mês de março, as dormidas no conjunto dos meios de alojamento turístico: estabelecimentos hoteleiros, turismo no espaço rural e alojamento local registaram um decréscimo homólogo de 58,6%.
A informação referente ao mês de março, já reflete expressivamente a situação atual determinada pela pandemia Covid19.
De janeiro a março de 2020, registaram-se 301,8 mil dormidas, valor inferior em 18,3% ao registado em igual período de 2019. Neste período registaram-se 105,9 mil hóspedes, apresentando uma taxa de variação negativa de 16,6% relativamente ao mesmo período de 2019.
Em termos de variações homólogas acumuladas, de janeiro a março, todas as ilhas apresentaram variações homólogas negativas à exceção da ilha de Santa Maria e da ilha Terceira, com variações respectivamente de 9,6% e 6,2%.
As ilhas do Corvo, Graciosa, Faial, Flores, São Miguel, São Jorge e Pico apresentaram variações negativas respetivamente de, 51,2%%, 46,4%, 34,4%, 25,4%, 22,5%, 19,4% e 10,8%.
Nos primeiros três meses de 2020, a hotelaria Graciosense registou 2.102 dormidas, -46,4
em relação ao mesmo período de 2019.
Em Março, foram 543 as dormidas registadas no conjunto de estabelecimentos hoteleiros da Graciosa, uma redução de 63,1% em comparação com o mesmo mês de 2019 (1 473).
A taxa de ocupação-cama em Março foi de 9,5% (-16,3%) e a estada média de 3,27 noites (11,1%).

No país, em Março, as dormidas registaram um decréscimo em termos homólogos de 58,7% e de Janeiro a Março de 2020 apresentaram uma variação homóloga negativa de 18,0%.

Fonte: SREA

PSD alerta que passageiros das ilhas sem Gateway estão a ser discriminados no regresso a casa

João Costa, deputado do PSD eleito pela Graciosa, subscreveu um requerimento do Grupo Parlamentar do PSD sobre passageiros das ilhas sem Gateway estarem a ser discriminados no regresso a casa.
Em causa está o facto de passageiros de São Jorge, Pico, Faial, Graciosa, Corvo, Flores e Santa Maria que, “com a imposição das quarentenas, não conseguem efetuar a atempada ligação à sua ilha de residência” e alertam que a “tarifa de residente não permite que o passageiro ultrapasse 24 horas na paragem que obrigatoriamente tem de fazer nas ilhas com Gateway”.
Esta situação leva a que passageiros de 7 ilhas tenham de “ficar 14 dias em São Miguel ou na Terceira, incumprindo com a obrigatoriedade da ligação à sua ilha de residência dentro das 24 horas estipuladas pela tarifa aérea já adquirida”, com o PSD a alertar que “todos os açorianos têm direito, na sua tarifa de ida e volta entre a ilha de residência e o Continente, a beneficiar do subsídio social de mobilidade, que reembolsa o diferencial da tarifa comprada para os 134 euros estabelecidos”.
A situação está a obrigar à compra de um novo bilhete de São Miguel ou da Terceira para as suas ilhas de destino, ficando, ainda, em alguns casos, sujeitos ao pagamento de excesso de bagagem se ultrapassarem os 23 kgs, já que normalmente os passageiros nas viagens da TAP, ou da Azores Airlines, têm direito a 42 kgs que são válidos até ao destino final”.
Assim o PSD quer saber do Governo que "medidas estão a ser tomadas no sentido de solucionar o que é uma tremenda injustiça para muitos açorianos atingidos”.

Graciosa já com máscaras sociais distribuídas

As ilhas Terceira e Graciosa já receberam as máscaras sociais, conforme o calendário previsto pelo Governo dos Açores, estando também já a decorrer a distribuição destes equipamentos de proteção em vários concelhos da ilha de São Miguel.
Nos últimos dias, mais de 86 mil máscaras sociais foram disponibilizadas para distribuição pelas juntas de freguesia das ilhas Terceira e Graciosa, na sequência do acordado com a Delegação dos Açores da ANAFRE, no âmbito da decisão do Governo dos Açores de garantir que cada domicílio da Região tenha asseguradas, pelo menos, três destas máscaras.
Além disso, as escolas onde as aulas presenciais já se iniciaram para os alunos do 11.º e do 12.º ano também têm cedido máscaras sociais, disponibilizadas pelo Governo dos Açores, a alunos, professores e pessoal não docente.
Recorde-se que a distribuição das máscaras sociais, cuja utilização é obrigatória em transportes públicos e em estabelecimentos e serviços com atendimento ao público, por todos os domicílios, decorre com a colaboração de todas as juntas de freguesia da Graciosa.

As máscaras sociais distribuídas, estão certificadas pelo CITEVE, cumprindo, assim, as orientações emanadas para este tipo de produto.







Aviso Amarelo para vento forte

A passagem, a noroeste do arquipélago, de uma depressão com um sistema frontal associado deverá provocar um aumento significativo da intensidade do vento especialmente nas ilhas dos Grupos Ocidental e Central.
Assim, foi emitido Aviso Amarelo para o Grupo Central, Vento de Direção de sudoeste (SW), rodando para oeste (W), das 21 horas desta Quarta-feira, até às 6 horas de Quinta-feira, dia 21 de Maio.


Foto: IPMA Açores

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado com abertas, tornando-se encoberto.
Períodos de chuva para o fim do dia.
Vento fraco (05/10 km/h), tornando-se gradualmente
muito fresco a FORTE (40/65 km/h) com rajadas até 85 km/h de sudoeste.
Mar encrespado, tornando-se grosso a ALTEROSO.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros, passando a sudoeste e aumentando para 2 a 3 metros.

Preia-mar será às 13h14 com 1.5 metros.
Baixa-mar será às 19h21 com 0.5 metros.

O Sol nasceu às 6h34 e vai pôr-se às 21h02
Índice de Ultravioleta, 5 Moderado

A temperatura da água é de 17ºC.
A temperatura do ar é de 17ºC e Humidade 77%

Máxima de 20º, Mínima de 14º

Twitter Facebook Favorites More