Traduzir

16 outubro 2018

Dormidas subiram 9% em Agosto

Na Região Autónoma dos Açores, no mês de Agosto, os estabelecimentos hoteleiros registaram 257,3 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo de 0,1%.
Os proveitos totais atingiram 15,0 milhões de euros e os proveitos de aposento 11,9 milhões de euros, correspondendo a variações homólogas, respetivamente, de 7,2% e 10,2%.
Na Graciosa, foram registadas 2.417 dormidas em Agosto, representando um aumento de 9%, em comparação com as 2.218 dormidas verificadas no mês homólogo de 2017. Em Agosto, a taxa de ocupação na hotelaria Graciosense foi de 44,6%, uma variação homóloga de 3,7%, enquanto que a estada média desceu 2,3%.
De janeiro a agosto de 2018, as dormidas na região, registaram uma variação homóloga negativa de 0,3%.
Em termos de variações homólogas acumuladas, de Janeiro a Agosto, as ilhas que apresentaram variações homólogas positivas foram as ilhas do Corvo e do Pico, com variações respetivamente de, 25,2% e 4,3%. As ilhas da Terceira, de São Miguel, da Graciosa, do Faial, de Santa Maria, das Flores e de São Jorge, apresentaram variações negativas respetivamente de, 0,1%, 0,3%, 0,3%, 1,4%, 3,1%, 3,7% e 4,9%.
Segundo os dados do Serviço Regional de Estatística, a redução de 0,3% registada na hotelaria graciosense, entre Janeiro e Agosto deste ano, resulta de menos 36 dormidas, ao passar das 11.038 de 2017, para as 11.002 dormidas deste ano.
No mesmo período, os proveitos totais foram de 416.103 euros, dos quais 34.874 euros de proveitos na restauração e 381.229 euros de proveitos de aposento.


Três propostas açorianas vencedoras do Orçamento Participativo de Portugal e duas delas terão execução na Graciosa

Na segunda edição do Orçamento Participativo de Portugal (OPP), foram 3 as ideias açorianas vencedoras, que serão executadas em várias ilhas, entre elas a Graciosa.
O projeto “Criação do Centro de Informação, Mediação e Arbitragem da Região dos Açores”, proposto por um grupo de 18 cidadãos, dispõe de uma verba de 300 mil euros e vai ser implementado em todos os municípios da Região.
Nas ilhas Terceira, Graciosa e São Jorge, com uma dotação de 100 mil euros, vai ser executada a proposta “Filosofia para Crianças e Adolescentes: um instrumento potenciador de inclusão social”, apresentada por Ana Lúcia Ribeiro.
A terceira proposta açoriana vencedora do OPP 2018, denominada “Do Povo para o Povo - Centro de Interpretação Francisco de Lacerda”, foi apresentada por Filipa Lacerda, António Manuel e Alexandre Coelho, tem um orçamento de 200 mil euros e vai ser executada nas ilhas Terceira, São Jorge, Pico e Faial.
As ideias vencedoras do OPP 2018 podem ser consultadas em https://op.azores.gov.pt/propostas/vencedoras e https://opp.gov.pt/winners.
Recorde-se que a ilha Graciosa contou com uma ante proposta, entre as 1279 propostas apresentadas ao Orçamento Participativo de Portugal.
A ante-proposta  - #619 Graciosa Cultura - visava a criação de um espaço físico e virtual para a cultura e as artes plásticas.

Abertas inscrições para cursos de vinha e aplicação de fitofarmacêuticos

No Serviço de Desenvolvimento Agrário da Graciosa, estão a decorrer inscrições para duas formações.
Trata-se do curso de podas e enxerta da vinha e a formação para aplicação de produtos fitofarmacêuticos.

Os graciosenses que estejam interessados nestas formações, podem-se inscrever até 30 de Novembro.

Estrada das Fontes está hoje encerrada

A Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa informou que, no âmbito das obras de correção da estrada das Fontes, esta será encerrada à circulação de viaturas, esta terça-feira, dia 16 de outubro, entre as 8:00 e as 16:00.

A Câmara Municipal conta com a compreensão de todos os Munícipes.

Utilidade Pública

Períodos de céu muito nublado com boas abertas.
Possibilidade de aguaceiros fracos na madrugada.
Vento fraco (05/10 km/h), tornando-se bonançoso (10/20 km/h) de nordeste.
MAR ENCRESPADO, TORNANDO-SE DE PEQUENA VAGA.
Ondas noroeste de 2 a 3 metros.

Preia-mar será às 18h58 com 1.2 m
Baixa-mar será às 13h01 com 0.8 m

O Sol nasceu às 8h01 e vai pôr-se às 19h11
Índice de Ultravioleta, 4 Moderado

A temperatura da água é de 22ºC
A temperatura do ar é de 22ºC, Humidade 77%

Máxima de 24º e Mínima de 18º

15 outubro 2018

Unidade de Saúde da Ilha Graciosa promove o II Mercado da Saúde

A Unidade de Saúde da Ilha Graciosa promove nos próximos dias 16 e 17 de outubro, no âmbito da comemoração do Dia Mundial da Alimentação, o II Mercado da Saúde.
Localizado na entrada da unidade de saúde, nos dias 16 e 17 de outubro das 9:00 às 12:30h, o Mercado da Saúde tem como objetivo reforçar junto da população, a importância do consumo de hortofrutícolas frescos, de produção local, que respeitem a sazonalidade e como tal, mais sustentáveis do ponto de vista ambiental.
Os hortofrutícolas, para além de apresentarem um baixo valor energético (baixo valor calórico), são constituídos por uma elevada percentagem de água e são uma excelente fonte de vitaminas, minerais, fitoquímicos, antioxidantes e fibras.
A sua riqueza nutricional é essencial para a regulação e manutenção do bom funcionamento do organismo, sendo o baixo consumo desde grupo de alimentos considerado pela OMS um importante fator de risco para o aparecimento de doenças e morte prematura.
Para além de promover o consumo de hortícolas e fruta frescos, o Mercado da Saúde pretende também, nestes dias, melhorar a acessibilidade da população a este tipo de produtos locais.
Não esqueça: Coma sopa, acompanhe o prato principal com vegetais crus ou cozinhados e termine as refeições com uma peça de fruta. Inclua fruta, sempre que possível, nos lanches entre as refeições principais.

- Sal + Frescos = Mais sabor à vida.

Movimento Vencer e Viver promove caminhada solidária “Vive a Vida” na Graciosa

O Movimento Vencer e Viver (MVV) do Núcleo Regional dos Açores (NRA) da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), em parceria com o Serviço de Desporto da Graciosa, promove, no próximo dia 20 de outubro, a caminhada solidária “Vive a Vida”, com início às 10h30, junto à Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa.
A caminhada solidária “Vive a Vida” realiza-se no âmbito das comemorações do mês “outubro Rosa” - mês da sensibilização para o cancro da mama. A iniciativa enquadra-se nas linhas de ação do MVV com o objetivo de estimular e promover a adoção de hábitos saudáveis no dia-a-dia, sobretudo através da atividade física, como contributo para a prevenção do cancro e para a saúde mental.
O percurso principal delineado para a caminhada tem uma distância aproximada de 5.5 km, podendo os participantes optar por uma versão mais curta,  com uma distância aproximada de 3km.

As inscrições podem ser efetuadas no Serviço de Desporto da Graciosa, através do número de telefone 295 712 338, ou no próprio dia, no local, a partir das 10h00. As inscrições são gratuitas, sendo opcional a aquisição do Kit, composto por mochila e boné, no valor de 2 euros, que revertem na totalidade para o Núcleo Regional dos Açores da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Equipas da Graciosa pontuaram na 3ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores

No futebol, as equipas da Graciosa disputaram jogos da 3ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores.
Na Graciosa, o Marítimo recebeu o Operário de venceu por 2-0.
Na manhã de Domingo, em deslocação a São Miguel, o Graciosa empatou com o Águia, num jogo sem golos.
O Sporting de Guadalupe, deslocou-se ao Faial, onde venceu o Cedrense por 0-2.

O Guadalupe continua a ser a equipa graciosense que está melhor classificada, no 3º lugar com 7 pontos, enquanto que Marítimo está em 6º com 3 pontos e Graciosa a 8ª posição com 1 ponto.

Competição acesa nos escalões de formação

A época desportiva 2018/2019 prossegue nos escalões de formação, com grande competição no Torneio de Abertura.
Nos Juniores D, o Luzense perdeu 0-14 com o Graciosa e o Guadalupe sofreu derrota de 0-2 com o Praiense. O Mocidade Praiense lidera a prova.

Nos Juniores B, o Sporting de Guadalupe perdeu 0-5 com o Marítimo, enquanto que no outro jogo da jornada, Graciosa e Luzense empataram a 4 bolas. O último jogo da prova, que se vai realizar na Quarta-feira, vai ser decisivo para se saber se será Luzense ou Graciosa a vencer a prova.

Espaço de Comentários com João Cunha

No espaço de comentários de hoje é nosso convidado João Cunha, ex Presidente da Assembleia Municipal e deputado regional.
As principais notícias da semana passada serão analisadas a partir das 17h30, ou para ouvir a qualquer hora em radiograciosa.com




Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado com abertas, tornando-se encoberto para a noite.
Aguaceiros fracos para a noite.
Vento oeste bonançoso a moderado (10/30 km/h).
Mar de pequena vaga a cavado.
Ondas noroeste de 2 a 3 metros.

Preia-mar será às 17h39 com 1.3 m
Baixa-mar será às 23h50 com 0.8 m

O Sol nasceu às 8h00 e vai pôr-se às 19h13
Índice de Ultravioleta, 5 Moderado

A temperatura da água é de 22ºC
A temperatura do ar é de 22ºC, Humidade 90%

Máxima de 24º, Mínima de 20º

12 outubro 2018

Resumo semanal de 8 a 12 de Outubro de 2018

Dia do Agricultor celebrado com formação e convívio

O Dia do Agricultor foi festejado, com palestras técnicas, churrasco, espectáculo equestre e bezerrada.
João Picanço, Presidente da Associação de Agricultores da Ilha Graciosa e da Adega e Cooperativa Agrícola, realçou a importância do setor agrícola na economia da Ilha Graciosa.
O dirigente agrícola disse que devido à sua importância económica, esta atividade deve ser vista com atenção pelos nossos governantes.
O Diretor Regional da Agricultura, participou no evento em representação do Secretário Regional da Agricultura, que não pode vir à Graciosa.
José Élio Ventura, salientou que a ilha dispõe de boas condições para que os agricultores possam continuar a progredir, a inovar e a investir, por exemplo, na área do comércio da carne, na viticultura ou na produção de hortícolas.
No seu discurso, afirmou que os agricultores devem aproveitar mais e melhor todas as oportunidades criadas pelos vários investimentos públicos concretizados na ilha, de modo a aumentar os rendimentos dos produtores e criar novas oportunidades de negócio.
O potencial da agricultura biológica nos Açores, a certificação em modo de produção biológica, as castas de vinhos dos Açores e a cria e recria de bovinos foram temas em destaque durante o Dia dos Agricultor na Graciosa, que contou com a intervenção de diferentes oradores.
O programa do evento incluiu ainda um espetáculo equestre, uma bezerrada e a promoção da carne açoriana, através de um almoço churrasco.
O evento foi apoiado pelo Governo dos Açores e organizado pelas  associações de Agricultores e Jovens Agricultores da ilha, Adega e Cooperativa Agrícola e Associação Equestre.





Associação de Futebol sensibilizou para uma alimentação saudável

Os jogos dos torneios de abertura de Juniores D nas ilhas Terceira, São Jorge e Graciosa, que se realizam no passado fim-de-semana, foram marcados por uma acção de sensibilização #UmaPeçadeFrutaUmGolo.
O objectivo é incentivar o consumo de fruta e os hábitos alimentares saudáveis entre os atletas mais jovens.
A Associação de Futebol fez-se representar pelos seus Vice-Presidente para a Graciosa, João Picanço, que deslocou-se aos campos da ilha Terceira, onde decorreram os jogos dos Juniores D,  para fazer a entrega da respectiva fruta.
A Associação de Futebol de Angra do Heroísmo (AFAH) pretende com este evento reforçar junto dos atletas mais jovens – e dos encarregados de educação, os principais responsáveis pelos hábitos alimentares dos mais pequenos - a importância da ingestão de fruta no desenvolvimento e formação do atleta.





Vacinação contra a gripe arranca a 15 de Outubro na Unidade da Saúde da Graciosa

A vacinação contra a gripe é recomendada a todas as pessoas vulneráveis, portadoras de doenças crónicas ou com mais de 65 anos, para além de profissionais de vários setores da sociedade.
Em comunicado, a Unidade de Saúde alerta que a administração da vacina será feita de Segunda a Sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e entre as 13h30 e as 16h30.





IROA avalia as necessidades de água para abastecimento às explorações agrícolas da Graciosa

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou que a IROA já está a desenvolver para as ilhas de S. Miguel, Santa Maria, Pico, S. Jorge e Graciosa uma avaliação sobre as necessidades de água para abastecimento às explorações agrícolas, bem como a implementar um plano de ação com os investimentos para a próxima década, de modo a garantir a contínua disponibilidade deste importante recurso.
Este plano vai ser desenhado com a colaboração das autarquias e das associações agrícolas e com o apoio de reconhecidos especialistas nesta área.





Aprende para a Vida e Quinta Magica foram projetos vencedores para a Graciosa no Orçamento Participativo 2018

Na manhã de Terça-feira foram apresentadas as 29 ideias vencedoras de 2018, ao 1º Orçamento Participativo dos Açores, no valor de cerca de 700 mil euros.
Serão agora implementadas 29 propostas, sendo que na divisão por ilhas São Miguel contou com seis projetos aprovados, a Terceira cinco, o Pico quatro, São Jorge e Flores três e as restantes ilhas (Santa Maria, Graciosa, Faial e Corvo) duas.
Na Graciosa, as duas propostas mais votadas das 14 finalistas, foram a Oferta formativa "Aprende para a vida" e a “Quinta Mágica”.
A “Quinta Mágica”, ideia da autoria de Carlos Côrte-real Silva, terá a duração de 12 meses e um custo de 24.800 €.
Na sessão pública de apresentação das propostas vencedoras, que decorreu em Angra do Heroísmo, Carlos Silva explicou que a proposta visa o desenvolvimento, na ilha Graciosa, de um projeto formativo, destinado preferencialmente, a jovens desempregados e a outros públicos com dificuldade de integração no mercado de trabalho, na área da agricultura biológica.
A Oferta formativa "Aprende para a vida", da autoria de Patrícia Bettencourt Silva, terá a duração de 18 meses e um valor de 6.200 euros.
 A proposta apresentada consta de cursos básicos nas áreas de Costura, Informática, Cozinha e Inglês. São destinatários deste projeto da área da Junventude, a população em geral da Ilha Graciosa.
Esta proposta tem como objetivo desenvolver competências básicas ao nível pessoal / profissional e facilitar a inserção no mercado de trabalho.




Aumento da quota de goraz proposto pela Comissão Europeia vai ao encontro das pretensões do Governo dos Açores, afirma Gui Menezes

Gui Menezes salientou que esta “é uma pretensão” do Governo dos Açores, que, no âmbito dos processos de consulta pública da Comissão Europeia, tem proposto o aumento de 10% no limite de capturas desta espécie para a Região.
Gui Menezes defendeu que “Os novos dados científicos disponíveis evidenciam a recuperação do goraz e apontam para um aumento da abundância relativa desta espécie no arquipélago” e as medidas de gestão implementadas para a recuperação deste recurso “têm dado resultado”.





Conselho de Ilha Graciosa dá parecer positivo à Anteproposta do Plano Regional Anual para 2019 mas pede reforço de verbas em algumas áreas

O Conselho de Ilha Graciosa reuniu ao final da tarde de Quarta-feira, para análise e emissão de parecer, da Anteproposta do Plano Regional Anual para 2019.
De acordo com o documento, para a Graciosa está previsto um investimento de 33.464.479,00 euros, no próximo ano.
Na análise ao documento, os conselheiros graciosenses viram como positivo o aumento do investimento em 1,3%, em comparação com 2018, mas vêem como preocupante a redução de verbas em algumas áreas.
É o caso do turismo, em que há redução de investimento na ordem dos 10%, que segundo Vítor Mendes, Presidente do Conselho de Ilha Graciosa, não vai de encontro àquilo que se pretende para a Graciosa, que é que a ilha se aproxime mais do crescimento turístico, que está a ocorrer no restante arquipélago.
As verbas para a rede viária, são segundo os conselheiros escassas, para o estado de degradação com que estas se encontram e o mesmo na área da habitação, pois a ilha necessita de reabilitação urbana e um incremento na habitação social.
Na saúde, o Conselho de Ilha Graciosa alerta que se continua a necessitar de consultas de especialidade, atendendo à população idosa e com poucos recursos económicos da nossa ilha.
A necessidade da abertura de incubadoras de empresas e um investimento na orla costeira que não pode parar com a conclusão da obra na Barra, pois há outras zonas da ilha muito vulneráveis, são outras preocupações do Conselho de Ilha Graciosa.
Vítor Mendes afirma que o Conselho de Ilha espera que o governo tenha em atenção estas preocupações e ficaria satisfeito se à semelhança do ano passado, houvesse o reforço de verbas em algumas áreas.

O montante destinado à Graciosa em 2019 divide-se em 14 programas, sendo o maior a agricultura com um valor de 11 milhões e 900 mil euros, seguindo-se o apoio às empresas e ao emprego, com verba de 7,8 milhões de euros.
Para o setor do mar a verba é de 3,3 milhões, já nos transportes é de 2,8 milhões, o turismo terá 1,2 milhões de euros e as pescas e aquicultura, 791 mil euros. Para investimentos nas estradas regionais, há uma verba de 243 mil euros, para a educação, cultura e desporto são 653 mil euros, na habitação 798 mil euros e na solidariedade social 248 mil euros.
As áreas com menor investimento são o ambiente e energia com 338 mil euros, proteção civil com 223 mil euros, a saúde com 143 mil euros e a juventude com 42 mil euros.
As grandes obras contempladas são a conclusão da proteção da orla costeira da Barra, construção da nova aerogare e da nova torre de controlo, conclusão do novo Matadouro, bem como a requalificação da Muralha da Praia e do Lar de Idosos de São Mateus.





Inquérito às evacuações de 2 de Fevereiro de 2017 não apresenta culpas, mas sim recomendações

O Governo dos Açores enviou, na Quarta-feira, à Assembleia Legislativa o relatório do inquérito efetuado pela Inspeção Regional de Saúde às evacuações aéreas de dois doentes das ilhas de São Jorge e da Graciosa, que decorreram a 2 de fevereiro de 2017, assim como o respetivo despacho do Presidente do Governo sobre esta matéria.
À Agência Lusa, o secretário regional da Saúde dos Açores disse que errou ao não ter mandado abrir um inquérito em 2017, perante as suspeitas de interferência da administradora do Hospital da Ilha Terceira numa evacuação médica.
Rui Luís admitiu agora que a decisão não foi "bem ponderada", mas disse que não avançou com o inquérito porque tinha informação de que "clinicamente tinham sido tomadas as melhores decisões e de que não houve qualquer consequência relativamente aos utentes".
O documento de 71 páginas não aponta as culpas do ocorrido, mas apresenta recomendações. À proteção civil, para que proceda à criação de algoritmo ou procedimento objetivo, para estabelecimento de prioridades pelo médico regulador.
À Unidade de Deslocações e de Evacuações Aéreas, é recomendado que a elaboração de um estudo para a possibilidade de existir mais do que 1 médico e de que 1 enfermeiro nas evacuações simultâneas, bem como elaboração de escalas, para que o médico de serviço não esteja 24 horas consecutivas de urgência.
Ao Governo Regional, é sugerido que crie a figura jurídica do médico regulador, actualmente omissa na lei.




Compensações aos agricultores por perdas de produção devido à seca serão pagas no início de 2019

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou que serão pagos até fevereiro cerca de três milhões de euros de compensação aos quase 1.500 produtores que, devido à seca verificada este ano, tiveram prejuízos na produção das culturas de milho forrageiro, hortícolas, sorgo e tabaco.
O governante adiantou que ficou definido um valor referência de 1.190 euros por hectare para o milho e de 3.570 euros por hectare para os produtos hortícolas para o cálculo da ajuda a atribuir aos produtores prejudicados pela seca, sendo que a Região comparticipa apenas 75% do valor total apurado para os prejuízos.
Numa portaria já publicada em Jornal Oficial foram estabelecidos três graus de perdas, nomeadamente de 25, 50 e 75%.




Inquérito às evacuações de 2 de Fevereiro de 2017 não aponta culpados, mas sim recomendações

O Governo dos Açores enviou, na Quarta-feira, à Assembleia Legislativa o relatório do inquérito efetuado pela Inspeção Regional de Saúde às evacuações aéreas de dois doentes das ilhas de São Jorge e da Graciosa, que decorreram a 2 de fevereiro de 2017, assim como o respetivo despacho do Presidente do Governo sobre esta matéria.
Recorde-se que Vasco Cordeiro determinou a abertura deste inquérito urgente no seguimento do conhecimento da situação relativa à evacuação médica de um doente da ilha de São Jorge e de um doente da ilha Graciosa, considerando, sem margem para qualquer dúvida, “imperativo e imprescindível o apuramento detalhado e exaustivo de todas as circunstâncias que rodearam esta situação”.

Em 02 de fevereiro de 2017, a Proteção Civil dos Açores recebeu dois pedidos de evacuação de doentes de ilhas sem hospital, quase em simultâneo: um de uma criança de 13 meses com uma depressão respiratória num contexto de convulsão febril na ilha Graciosa e outro de uma jovem de 20 anos com um traumatismo cranioencefálico em São Jorge.
A coordenadora dos médicos reguladores (que tomam decisões sobre as evacuações) enviou, na altura, uma carta ao presidente da Proteção Civil, dizendo que foi inicialmente decidido retirar os dois doentes na mesma deslocação de helicóptero, mas que a presidente do conselho de administração do Hospital da Ilha Terceira pressionou a médica para dar prioridade à doente de São Jorge, que era sua familiar.
O secretário regional da Saúde optou, nessa altura, por não abrir um inquérito, mas em agosto deste ano, quando o caso foi relatado pelo jornal Diário dos Açores, o presidente do executivo açoriano decidiu abrir um inquérito "urgente".
À Agência Lusa, o secretário regional da Saúde dos Açores disse que errou ao não ter mandado abrir um inquérito em 2017, perante as suspeitas de interferência da administradora do Hospital da Ilha Terceira numa evacuação médica.
Rui Luís admitiu agora que a decisão não foi "bem ponderada", mas disse que não avançou com o inquérito porque tinha informação de que "clinicamente tinham sido tomadas as melhores decisões e de que não houve qualquer consequência relativamente aos utentes".
O documento de 71 páginas não aponta as culpas do ocorrido, mas apresenta recomendações. À proteção civil, para que proceda à criação de algoritmo ou procedimento objetivo, para estabelecimento de prioridades pelo médico regulador.
À Unidade de Deslocações e de Evacuações Aéreas, é recomendado que a elaboração de um estudo para a possibilidade de existir mais do que 1 médico e de que 1 enfermeiro nas evacuações simultâneas, bem como elaboração de escalas, para que o médico de serviço não esteja 24 horas consecutivas de urgência.
Ao Governo Regional, é sugerido que crie a figura jurídica do médico regulador, actualmente omissa na lei.



Fonte: Diário de Noticias/Lusa

Compensações aos agricultores por perdas de produção devido à seca serão pagas no início de 2019

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou que serão pagos até fevereiro cerca de três milhões de euros de compensação aos quase 1.500 produtores que, devido à seca verificada este ano, tiveram prejuízos na produção das culturas de milho forrageiro, hortícolas, sorgo e tabaco.
O governante adiantou que ficou definido um valor referência de 1.190 euros por hectare para o milho e de 3.570 euros por hectare para os produtos hortícolas para o cálculo da ajuda a atribuir aos produtores prejudicados pela seca, sendo que a Região comparticipa apenas 75% do valor total apurado para os prejuízos.
Numa portaria já publicada em Jornal Oficial foram estabelecidos três graus de perdas, nomeadamente de 25, 50 e 75%.

“Para aqueles agricultores que tiverem prejuízos da ordem dos 75% nas suas produções, o apoio do Governo Regional será de 669 euros por hectare no caso do milho forrageiro, porque, no caso dos produtos hortícolas, o valor triplica (2.008 euros por hectare)”, indicou João Ponte.
No caso da perda de produção de milho forrageiro ser avaliada em 50%, o agricultor irá receber um apoio de 446 euros por hectare e, no caso dos produtos hortícolas de 1.339 euros por hectare.
Se a perda for de 25%, o apoio aos produtores de milho atingirá 223 euros por hectare e 669 euros por hectare, no caso dos hortícolas.

João Ponte manifestou ainda satisfação com o facto de as previsões de prejuízos declaradas pelos agricultores que se candidataram ao apoio terem sido “muito semelhantes ao verificado pelas equipas de controlo da Secretaria Regional no terreno”, o que significa que houve por parte dos agricultores um grande rigor na avaliação dos seus prejuízos.
O titular da pasta da Agricultura disse ainda que, de acordo com os dados existentes, tudo leva a crer que será necessário um reforço do apoio à importação de alimentos para os animais, no caso das condições meteorológicas durante o inverno serem adversas.

Neste momento, a situação só não foi tao grave porque os agricultores estiveram a recorrer até agora a alimentos que tinham armazenados e que vão fazer falta durante o período de inverno.

Equipas da Graciosa disputam 3ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores

No futebol, as equipas da Graciosa partem para a 3ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores.
Na Graciosa, o Marítimo recebe o Operário, para jogo às 15 horas de Domingo, no Estádio Municipal.
Também no Domingo, o Graciosa desloca-se a São Miguel, para jogar com o Águia dos Arrifes, às 11h30, no Campo de Futebol dos Arrifes.

O Sporting de Guadalupe vai jogar a casa do Cedrense, às 13 horas de Domingo, no Campo da Laginha.

Escalões de formação disputam Torneio de Abertura

Na competição local, os escalões de formação competem para o Torneio de Abertura.
Nos Juniores D, jogam às 11 horas de Sábado, Luzense com Graciosa, na Luz e Guadalupe com Praiense, no Sintético de Guadalupe.

Nos Juniores B, jogam às 15 horas de Sábado, Graciosa com Luzense, na Luz e Guadalupe com Marítimo, no Sintético de Guadalupe.

Melhoria do tempo no fim-de-semana

Segundo os prognósticos de superfície do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, delegação dos Açores, o tempo vai melhorar no fim-de-semana.
“Sexta-feira (dia 12), devido à intensificação da superfície frontal fria associada à depressão Callum (centrada a noroeste do arquipélago) está prevista precipitação FORTE nas ilhas do grupo Oriental, particularmente em Santa Maria. No restante arquipélago o céu já a apresentar-se com abertas especialmente no período da tarde.
Sábado e domingo (13 e 14) com a influência de uma crista anticiclonica prevê-se, em todo o arquipélago, que o céu se apresente com boas abertas e que o vento sopre fraco a moderado.
As temperaturas deverão variar entre os 15/16ºC de mínima e os 20/23ºC de máxima.”


Fonte: IPMA- Delegação Açores

Foto: Prognóstico de Superfície válido para as 12h TUC de 13 de Outubro de 2018.

Entrevista sobre Projeto “Quinta Mágica”

Na entrevista desta Sexta-feira é nosso convidado Carlos Corte-Real Silva, autor do projeto “Quinta Mágica”, um dos dois vencedores do Orçamento Participativo dos Açores 2018.
Vamos conhecer os pormenores deste projeto que vai ser implementado na Graciosa.

Uma entrevista para ouvir às 17h30 ou a qualquer hora em www.radiograciosa.com

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado com boas abertas para a tarde. Descida da temperatura do ar.
Aguaceiros, que poderão ser FORTES na madrugada.
Vento oeste muito fresco a FORTE (40/65 km/h) com rajadas até 85 km/h no inicio da madrugada, tornando-se moderado a fresco (20/40 km/h) e rodando para noroeste.
MAR ALTEROSO TORNANDO-SE CAVADO.
Ondas oeste de 3 a 5 metros, passando a noroeste.

Baixa-Mar às 21h31 com 0,5 m
Preia-Mar às 15h23 com 1,6 m

O Sol nasceu às 07h50 e vai pôr-se às 19h28
Índice de Ultravioleta, 3 moderado

A temperatura da água é de 22ºC
A temperatura do ar é de 20ºC e Humidade 76%

Máxima de 22º, Mínima de 16º

11 outubro 2018

Conselho de Ilha Graciosa dá parecer positivo à Anteproposta do Plano Regional Anual para 2019 mas pede reforço de verbas em algumas áreas

O Conselho de Ilha Graciosa reuniu ao final da tarde de Quarta-feira, para análise e emissão de parecer, da Anteproposta do Plano Regional Anual para 2019.
De acordo com o documento, para a Graciosa está previsto um investimento de 33.464.479,00 euros, no próximo ano.
Na análise ao documento, os conselheiros graciosenses viram como positivo o aumento do investimento em 1,3%, em comparação com 2018, mas vêem como preocupante a redução de verbas em algumas áreas.
É o caso do turismo, em que há redução de investimento na ordem dos 10%, que segundo Vítor Mendes, Presidente do Conselho de Ilha Graciosa, não vai de encontro àquilo que se pretende para a Graciosa, que é que a ilha se aproxime mais do crescimento turístico, que está a ocorrer no restante arquipélago.
As verbas para a rede viária, são segundo os conselheiros escassas, para o estado de degradação com que estas se encontram e o mesmo na área da habitação, pois a ilha necessita de reabilitação urbana e um incremento na habitação social.
Na saúde, o Conselho de Ilha Graciosa alerta que se continua a necessitar de consultas de especialidade, atendendo à população idosa e com poucos recursos económicos da nossa ilha.
A necessidade da abertura de incubadoras de empresas e um investimento na orla costeira que não pode parar com a conclusão da obra na Barra, pois há outras zonas da ilha muito vulneráveis, são outras preocupações do Conselho de Ilha Graciosa.
Vítor Mendes afirma que o Conselho de Ilha espera que o governo tenha em atenção estas preocupações e ficaria satisfeito se à semelhança do ano passado, houvesse o reforço de verbas em algumas áreas.
O montante destinado à Graciosa em 2019 divide-se em 14 programas, sendo o maior a agricultura com um valor de 11 milhões e 900 mil euros, seguindo-se o apoio às empresas e ao emprego, com verba de 7,8 milhões de euros.
Para o setor do mar a verba é de 3,3 milhões, já nos transportes é de 2,8 milhões, o turismo terá 1,2 milhões de euros e as pescas e aquicultura, 791 mil euros. Para investimentos nas estradas regionais, há uma verba de 243 mil euros, para a educação, cultura e desporto são 653 mil euros, na habitação 798 mil euros e na solidariedade social 248 mil euros.
As áreas com menor investimento são o ambiente e energia com 338 mil euros, proteção civil com 223 mil euros, a saúde com 143 mil euros e a juventude com 42 mil euros.

As grandes obras contempladas são a conclusão da proteção da orla costeira da Barra, construção da nova aerogare e da nova torre de controlo, conclusão do novo Matadouro, bem como a requalificação da Muralha da Praia e do Lar de Idosos de São Mateus.

Proteção Civil alerta que tempo vai agravar-se

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informa que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) atualizou os avisos de vento e agitação marítima para os grupos Ocidental e Central e acrescentou o aviso de precipitação.
Nestas condições, emite-se para o Grupo Central:

Aviso AMARELO referente a:
VENTO, no período entre as 08H30 de hoje e as 06H00 de sexta-feira, 12 de outubro.
Rajadas até 95 quilómetros/hora de sudoeste, a rodar para oeste.

Aviso AMARELO referente a:
AGITAÇÃO MARITIMA com ondas de oeste, no período entre as 09H00 de hoje e as 00H00 de sexta-feira, 12 de outubro.

Aviso AMARELO referente a:
PRECIPITAÇÃO, entre as 18H00 de hoje e as 06H00 de sexta-feira, 12 de outubro.


Foto: Prognóstico de Superfície válido para as 12h TUC de 11 de outubro de 2018.

Reposto último jogo em atraso nos Juniores D

No futebol de formação, decorreu ao final da tarde de Quarta-feira, o último jogo em atraso do Torneio de Abertura de Juniores D.
O Guadalupe recebeu o Luzense e venceu a partida por 13 golos, sem resposta da equipa da Luz.

A competição prossegue no fim-de-semana.

Exibição do filme “Missão Impossível- Fallout”

No Centro Cultural da Ilha Graciosa é exibido na Sexta-feira, a partir das 21h30, o filme “Missão Impossível- Fallout”.
Escrita e dirigida por Christopher McQuarrie, trata-se da continuação da saga "Missão Impossível". Tom Cruise ressurge no papel de Ethan Hunt e Ving Rhames no de Luther Stickell.
Um Thriller, com muita Acção, para maiores de 14 anos.
Abertura da bilheteira na sexta-feira das 13h30 às 17h00 e 1 hora antes da exibição do filme.

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Céu geralmente muito nublado.
Períodos de chuva, mais significativa a partir da tarde.
Vento sudoeste muito fresco a FORTE (40/65 km/h) com rajadas até 90 km/h.
Mar grosso a ALTEROSO.
Ondas oeste de 4 metros, aumentando para 5 a 6 metros.

Preia-Mar às 14h45 com 1,7 m
Baixa-Mar às 20h54 com 0,4 m

O Sol nasceu às 07h56 e vai pôr-se às 19h19
Índice de Ultravioleta é , Moderado

A temperatura da água é de 24ºC
A temperatura do ar é de 21ºC e Humidade 80%

Máxima de 23º, Mínima de 17º

10 outubro 2018

Depressão CALLUM vai passar a Norte da Graciosa

A passagem da depressão CALLUM com um sistema frontal associado, a norte do arquipélago, às 06:00 hora local do dia 11 encontrar-se-á a cerca de 560 km a norte da Graciosa, altura que se encontrará mais próxima, deverá agravar o estado do tempo em todas as ilhas, com um aumentando da intensidade do vento e da agitação marítima, em especial nas ilhas dos grupos Ocidental e Central.

Nestas condições emite-se:

Aviso Amarelo para o Grupo Central, relativo a Vento, com rajadas até 95 km/h, de Sudoeste (SW) rodando para Oeste Grupo Ocidental (W), entre as 03:00 de 11 de Outubro e as 00:00 de 12 de Outubro.
O mesmo aviso para agitação marítima, com ondas de Oeste (W) de 6 metros, entre as 9 horas de Quinta-feira e as 00 horas de Sexta-feira.

Aprende para a Vida e Quinta Magica foram projetos vencedores para a Graciosa no Orçamento Participativo 2018


Na manhã de Terça-feira foram apresentadas as 29 ideias vencedoras de 2018, ao 1º Orçamento Participativo dos Açores, no valor de cerca de 700 mil euros.
Serão agora implementadas 29 propostas, 12 na área da juventude, oito de inclusão social, seis de turismo e três de ambiente, sendo que na divisão por ilhas São Miguel contou com seis projetos aprovados, a Terceira cinco, o Pico quatro, São Jorge e Flores três e as restantes ilhas (Santa Maria, Graciosa, Faial e Corvo) duas.
Na Graciosa, as duas propostas mais votadas das 14 finalistas, foram a Oferta formativa "Aprende para a vida" e a “Quinta Mágica”.

A “Quinta Mágica”, ideia da autoria de Carlos Côrte-real Silva, terá a duração de 12 meses e um custo de 24.800 €.
Na sessão pública de apresentação das propostas vencedoras, que decorreu em Angra do Heroísmo, Carlos Silva explicou que a proposta visa o desenvolvimento, na ilha Graciosa, de um projeto formativo, destinado preferencialmente, a jovens desempregados e a outros públicos com dificuldade de integração no mercado de trabalho, na área da agricultura biológica.
Contemplará uma vertente de trabalho de caráter intergeracional, através da troca de conhecimentos sobre práticas agrícolas tradicionais, e que privilegie as culturas com tradição e potencial local, na ótica da valorização da produção e dinamização da economia local. Para além da vertente formativa, para transmissão de conhecimentos da área de especialidade, pretende-se que o projeto assegure, também, uma componente prática com acompanhamento individualizado que permita o treino de competências pessoais e sociais aos formandos, enquanto condições promotoras de uma inserção profissional de sucesso.

A Oferta formativa "Aprende para a vida", da autoria de Patrícia Bettencourt Silva, terá a duração de 18 meses e um valor de 6.200 euros.
 A proposta apresentada consta de cursos básicos nas áreas de Costura, Informática, Cozinha e Inglês. São destinatários deste projeto da área da Junventude, a população em geral da Ilha Graciosa.
Esta proposta tem como objetivo desenvolver competências básicas ao nível pessoal / profissional e facilitar a inserção no mercado de trabalho.

Entretanto, o Governo Regional dos Açores anunciou que vai aumentar em 100 mil euros a verba disponível no primeiro orçamento participativo da região, que colocará em prática os 29 projetos vencedores.






Conselho de Ilha aprecia Plano Regional Anual para 2019

O Conselho de Ilha Graciosa reúne hoje pelas 17 horas, nos Paços de Concelho.

O presidente Vítor Mendes convocou os conselheiros para a análise ao Plano Anual regional para 2019, documento ao qual será emitido um parecer.

Aumento da quota de goraz proposto pela Comissão Europeia vai ao encontro das pretensões do Governo dos Açores, afirma Gui Menezes

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia congratulou-se com a recomendação de aumento de 11% da quota de goraz para os Açores, no âmbito das propostas da Comissão Europeia para Totais Admissíveis de Captura (TAC) e quotas de espécies de profundidade no Atlântico Norte.
Gui Menezes salientou que esta “é uma pretensão” do Governo dos Açores, que, no âmbito dos processos de consulta pública da Comissão Europeia, tem proposto o aumento de 10% no limite de capturas desta espécie para a Região.
Gui Menezes defendeu que “Os novos dados científicos disponíveis evidenciam a recuperação do goraz e apontam para um aumento da abundância relativa desta espécie no arquipélago” e as medidas de gestão implementadas para a recuperação deste recurso “têm dado resultado”.
O governante congratulou-se ainda com o facto de ser proposto que a abrótea do alto deixe de ter um TAC, “atendendo ao baixo volume de capturas e por ser uma espécie de captura acessória na pesca demersal”.
O titular da pasta das Pescas considerou, no entanto, que a diminuição da quota de ‘Beryxs’ (imperador e alfonsim) proposta pela Comissão Europeia “é excessiva” e recordou que, em 2017, a quota nacional para estas espécies foi repartida pelo continente e pelos Açores, “permitindo que a Região passasse a gerir internamente a sua quota”.


Fonte: GaCS/GM

Abertas candidaturas ao beneficio fiscal ao gasóleo agrícola

As candidaturas ao benefício fiscal ao gasóleo agrícola estão a decorrer desde o dia 1 de Outubro e prolongam-se até 15 de Novembro.
Os beneficiários que efetuarem a candidatura no período normal, podem fazer alterações nos períodos excepcionais.

Os agricultores Graciosenses devem contatar o Serviço de Desenvolvimento Agrário da Graciosa.

Graciosa FC venceu jogo em atraso dos Juniores D

No futebol de formação, decorreu ao final da tarde de Terça-feira, um jogo em atraso do Torneio de Abertura de Juniores D.
Marítimo e Graciosa defrontaram-se no Municipal da Luz, em partida ganha pelo Graciosa por 6-0.

Esta Quarta-feira realiza-se mais um jogo em atraso, trata-se do encontro Guadalupe-Luzense, que se realiza às 18h30, no Sintético de Guadalupe.

Utilidade Pública


PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto.
Aguaceiros fracos. Descida da temperatura do ar.
Vento noroeste fresco (30/40 km/h) com rajadas até 60 km/h,
rodando para sudoeste moderado (20/30 km/h) a partir da tarde.
Mar cavado.
Ondas noroeste de 3 a 4 metros.

Preia-mar será às 14h06 com 1.8 metros.
Baixa-mar será às 20h18 com 0.4 metros.

O Sol nasceu às 07h55 e vai pôr-se às 19h20
Índice de Ultravioleta, 4 Moderado

A temperatura da água é de 22ºC.
A temperatura do ar é de 18ºC e Humidade 65%

Máxima de 19º, Mínima de 15º

Twitter Facebook Favorites More