Traduzir

Loading...

sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado com boas abertas.
Aguaceiros fracos na madrugada.
Vento norte/ noroeste moderado (20/30 km/h) tornando-se gradualmente
fraco (05/10 km/h).
Mar cavado, tornando-se gradualmente encrespado.
Ondas noroeste de 4 metros, diminuindo para 3 metros.

Preia-mar será às 19h50 com 1.4 metros.
Baixa-mar será às 13h37 com 0.7 metros.

O Sol nasceu às 07h14 e vai pôr-se às 17h49
Índice de Ultravioleta 3, moderado

A temperatura da água é de 19ºC

A temperatura do ar é de 17ºC e Humidade 68%

Jovens açorianos qualificados vão ser alvo de estudo analítico

“O Grupo Parlamentar do Partido Socialista reconhece o enorme potencial da juventude Açoriana e vê a contínua aposta na qualificação dos jovens Açorianos como um fator determinante para o crescimento económico da nossa Região. Esta foi uma das razões que levou o PS a propor a realização de um estudo analítico sobre jovens açorianos qualificados”, adiantou Ricardo Ramalho.
O deputado socialista frisou que “existem centenas de jovens açorianos a frequentar diversos ciclos de ensino, muitos deles fora da sua ilha de residência, fora da Região ou mesmo fora do País; além do ensino regular e do ensino profissional, muitos frequentam especializações como pós-graduações, mestrados, doutoramentos, pós-doutoramentos e outros ainda encontram-se ligados a unidades de investigação”.
Ricardo Ramalho salientou também que este estudo agora proposto pelo PS, que recebeu contributos de todos os partidos e que acabou por ser aprovado por unanimidade, “representará uma importante ferramenta no desenvolvimento do tecido empresarial Açoriano, como instrumento de planeamento da sua atividade, uma vez que saberão de antemão qual a oferta laboral disponível, jovem e qualificada, disponível no mercado de trabalho”.

Orçamento camarário para 2015 é de 5 milhões e 444 mil euros


O executivo camarário reuniu Quarta-feira, de forma extraordinária, nos Paços do Concelho, com 3 pontos na ordem de trabalhos, a proposta de encerramento de Posto da Galp, participação do IRS em 2015 e Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2015.

O documento apresenta o valor de 5 milhões, 444 mil e 974 euros, sendo a receita corrente de 3 milhões, 353 mil e 88 euros e despesa corrente no valor de 2 milhões, 772 mil e 165 euros. Do exercício financeiro para 2015 consta ainda uma receita de capital de 2 milhões, 91 mil e 886 euros e uma despesa de capital de 2 milhões, 672 mil e 809 euros.

As grandes obras contempladas neste plano são o Parque Industrial e a remodelação da rede de águas na zona norte do Concelho.

Município vai receber mais 350 mil euros que no ano anterior

Os vereadores do PSD na Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa votaram contra o Orçamento e as grandes opções do plano para 2015, acusando a maioria socialista na autarquia "de impor ainda mais austeridade aos graciosenses e de não aprovar propostas concretas e com soluções claras".
"Numa época de grandes dificuldades, era de extrema importância que o executivo, ao receber receitas totais de mais 350 mil euros que no ano anterior, aplicasse parte dessa verba na redução de impostos no concelho, desde logo através da devolução do IRS, conforme propôs o PSD", afirmam.
"Ao contrário do que diz a maioria socialista, no próximo ano haverá um aumento de receita corrente de 307 mil euros, resultante do aumento do IMI e das transferências do Estado. Os socialistas entenderam não beneficiar os graciosenses com esse acréscimo", criticam.
Segundo explicam os social-democratas, "O PSD propôs que parte desse aumento de receita fosse devolvida aos graciosenses através do IRS e do apoio à Natalidade. Mas a maioria recusou as nossas propostas", lamentam.
A crítica estende-se "ao enorme aumento de despesa verificado por parte do gabinete do presidente da câmara, sendo importante salientar que as despesas correntes dessa rubrica, aumentam de ano para ano. E que a atual proposta de orçamento já implica um valor de 1 milhão 188 mil euros".

Foram orçamentados 800 000.00€ para a construção do Parque Industrial

A bancada socialista apresentou uma declaração de voto dizendo que “aquando da aprovação do orçamento para 2014, os vereadores do PSD abstiveram-se e uma das justificações apresentadas, no decorrer da discussão, era que o PS tinha prometido construir o Parque Industrial e considerava também na altura o PSD uma obra fundamental para a Graciosa. Contudo verificamos que o PSD vota contra o orçamento para 2015, embora neste orçamento se encontre inscrito, uma verba de 800 000.00€ para a construção do referido Parque Industrial, o que para o PSD era fundamental em 2014 já em 2015 não é.
Encontra-se inscrito nas Grandes Opções do Plano do ano de 2015 a verba de 891 658.00€ para a remodelação da rede de abastecimento de águas no concelho de Santa Cruz, conclui-se que o PSD, ao votar contra, deve considerar que não é essencial o fornecimento de água com qualidade aos nossos munícipes.   

PSD não conta toda a verdade sobre o aumento das despesas do gabinete do presidente

Quanto ao aumento das despesas do Gabinete Assessoria e Coordenação da Presidência que o PSD refere, não podemos deixar de reagir, pois o PSD não conta toda a verdade. Desde que este Município, no ano de 2010, aprovou a nova estrutura orgânica da Câmara Municipal de acordo com o Decreto-Lei nº 305/2009, podemos verificar que deixou de existir Serviço Social, Cultura, Desporto e Tempos Livres, sendo que todos estes serviços e apoios prestados passaram a estar inscritos no orçamento no Gabinete Assessoria e Coordenação da Presidência. Se analisarmos, por exemplo, o orçamento do ano de 2008 (orçamento da responsabilidade do PSD), verificamos que se encontrava inscrito na Classificação Económica 0102-Câmara Municipal e 05-Serviço Social, Cultura, Desporto e Tempos Livres num total de 1 122 415.00€ em despesa corrente. “
Conceição Cordeiro, vice-presidente da autarquia, diz que “o PSD não sabe fazer uma leitura correcta do orçamento ou não quer fazer e lança para a opinião pública, afirmações falsas.”
Trata-se do orçamento possível, perante todas as obrigações que aparecem do orçamento de estado para 2015, uma delas é o Fundo de Apoio Municipal no valor de 40 mil euros.

Nível remuneratório que os funcionários públicos tinham em 2013 vai ser reposto

O Governo dos Açores viu aprovada na Assembleia Legislativa uma proposta que visa criar as condições para que seja reposto o nível remuneratório, que os funcionários públicos dos Açores tinham até ao final de 2013. Na apresentação da proposta de alteração ao decreto regional que estabelece o regime de atribuição do acréscimo regional ao salário mínimo nacional, do complemento regional de pensão e da remuneração complementar regional, o Vice-Presidente do Governo sublinhou que se estava perante uma reposição, nos Açores, dos cortes impostos pelo Governo da República.
Para Sérgio Ávila, a reposição reintroduz “um acréscimo remuneratório que visa, efetivamente, anular uma componente de um novo corte orçamental que foi imposto pelo Governo da República.”
O governante frisou tratar-se de uma medida que, “infelizmente”, o Governo dos Açores “teve de fazer uma vez mais”, repondo uma componente dos vencimentos que “assegura a estabilidade da remuneração dos nossos funcionários públicos.”

Posto da Galp em Santa Cruz tem que ser desmantelado até Agosto de 2015

Foi apresentada uma proposta pelo próprio presidente da Câmara, para que a 1 de Agosto o Posto da Galp estivesse encerrado, pois à empresa seria dado um prazo de 9 meses para desmantelar aquele posto.
A proposta foi aprovada com 3 votos a favor do PS e 2 votos contra do PSD.
Conceição Cordeiro, vice-presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, diz que a proposta dos 9 meses vai de encontro aquilo que foi primeiramente sugerido pelo PSD numa primeira reunião há alguns meses atrás, mas depois mudaram para os 6 meses, o que lamenta pois a vereação 

Os vereadores do PSD na câmara municipal votaram contra alegando que " limitaram-se a acrescentar 3 meses” à proposta por eles apresentada.
Segundo António Reis irá coincidir com a época alta e com as festas da ilha e faltou coragem ao elenco socialista na câmara, para aceitar uma boa proposta do PSD".

Lembramos que este posto de combustíveis se encontra há mais de 5 anos a funcionar provisoriamente.

Câmara Municipal vai manter no máximo a participação do Município na taxa de IRS

Da governação socialista também saiu a proposta para manter no máximo a participação do Município na taxa de IRS, alegando as poucas verbas de que o município dispõe.
A proposta foi aprovada pela maioria socialista com 3 votos a favor do PS e 2 votos contra do PSD.
Conceição Cordeiro, vice-presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, esclareceu que a autarquia já ajuda os munícipes no caso da derrama e do IMI, mas que não pode apoiar mais, nem aumentar os apoios à natalidade, tais são os compromissos que as autarquias tem que cumprir de acordo com a lei.

 O PSD votou contra a proposta do partido socialista relativo ao IRS, esclarecendo que "nenhuma das razões apresentadas pelo presidente da câmara justifica que se mantenha no máximo a cobrança do IRS na ilha. O senhor presidente refere que há diminuição das receitas provenientes do Estado, uma referência que é falsa, pois vai receber mais 133 mil euros de transferências".

Equipas graciosenses defrontam-se na 6ª jornada do Campeonato dos Açores 2014/2015

O Campeonato dos Açores prossegue este fim-de-semana, com o frente a frente das duas equipas graciosenses.
O Sporting de Guadalupe recebe o Sport Club Marítimo, para jogo às 15 horas de Domingo, no Sintético de Guadalupe.
Recorde-se que o Marítimo para esta jornada no 8º lugar com 4 pontos e o Guadalupe no fim tabela com 3 pontos.



Torneio de Abertura em Juniores D com dois jogos no Sábado

Nos escalões de formação, prossegue o Torneio de Abertura em Juniores D.

No Sábado realizam-se 2 jogos, sendo o primeiro às 10 horas entre Graciosa-Luzense, no Estádio Municipal.
O segundo jogo será às 11 horas entre Guadalupe e Marítimo, no Sintético de Guadalupe.


Filme “ Grace do Mónaco “ em exibição hoje no Centro Cultural

No Centro Cultural é exibido esta Sexta-feira o filme “ Grace do Mónaco”, a partir das 21h30.
Grace Kelly é uma famosa atriz de cinema com uma promissora carreira, quando se casa com o príncipe Rainer do Mónaco em 1956. Seis anos depois, numa altura em que o seu casamento atravessa sérias dificuldades, Alferd Hichcock propõe-lhe o regresso a Hollywood, oferecendo-lhe o papel de Marnie no seu próximo filme. Mas o Mónaco está a passar por uma crise política, com a ameaça de uma invasão francesa e a possível anexação a França.
Grace é forçada a escolher entre a chama criativa que ainda existe dentro de si e o seu papel enquanto princesa do Mónaco.

Um filme biográfico de drama de romance, para maiores de 12 anos, para assistir a partir das 21h30, com abertura da bilheteira uma hora antes.

Espaço de Entrevista Carlos Brum sobre a nova farmácia


No espaço de entrevista desta Sexta-feira apresentamos uma entrevista com Carlos Brum, sobre o processo de abertura da segunda farmácia na Graciosa.


Uma entrevista para ouvir às 17h30 ou a qualquer hora em www.radiograciosa.com

quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Pescadores manifestam-se contra falta de fiscalização

Um grupo de pescadores da ilha graciosa manifestou-se, acusando falta de fiscalização pelas autoridades marítimas, avançando que na ilha, desde sSetembro só tem um policia marítimo.
Denunciaram ainda, que há embarcações da própria ilha, que pescam ilegalmente com a arte de palangre dentro das 3 milhas e que nada se faz para os impedir.
Lázaro Silva, presidente da Associação de Pescadores, contactado pela Rádio Graciosa para prestar declarações sobre o assunto, disse que no Domingo realiza-se uma Assembleia-Geral da associação em que o assunto será debatido e depois tomará uma posição pública.

PS diz que orçamento para 2015 é o possível, mas que contempla obras importantes

Na discussão e aprovação do orçamento e grandes opções do plano, que foi aprovado por maioria com 3 votos a favor do PS e 2 contra do PSD, os elementos socialista apresentaram também uma declaração de voto a justificar a sua posição perante o documento.
" Aquando da aprovação do orçamento para 2014, os vereadores do PSD abstiveram-se  e uma das justificações apresentadas, no decorrer da discussão,  era que o PS tinha prometido construir o Parque Industrial e considerava também na altura o PSD uma obra fundamental para a Graciosa. Contudo  verificamos que o PSD vota contra o  orçamento para 2015, embora  neste orçamento  se encontre  inscrito,  uma verba de 800 000.00€ para a construção do referido Parque Industrial, o que para o PSD era fundamental em 2014 já em 2015 não é.
   Encontra-se inscrito nas Grandes Opções do Plano do ano de 2015 a verba de 891 658.00€ para  a remodelação da  rede de abastecimento de águas no concelho de Santa Cruz,  conclui-se que o PSD, ao votar contra, deve considerar que não é essencial  o fornecimento de água com qualidade aos  nossos munícipes.   
  Quanto ao aumento das despesas do Gabinete Assessoria e Coordenação da Presidência  que o PSD refere, não podemos deixar de reagir pois o PSD não conta toda a verdade. Desde que este Municipio, no ano de 2010, aprovou a nova estrutura orgânica da Câmara Municipal de acordo com o Decreto-Lei nº 305/2009, podemos verificar que deixou de existir Serviço Social, Cultura, Desporto e Tempos Livres, sendo que todos estes serviços e apoios prestados passaram a estar inscritos no orçamento no Gabinete Assessoria e Coordenação da Presidência.  Se analisarmos, por exemplo,  o orçamento do ano de 2008 (orçamento da responsabilidade do PSD), verificamos que se encontrava inscrito na Classificação Económica 0102-Câmara Municipal e 05-Serviço Social, Cultura, Desporto e Tempos Livres um total de  1 122 415.00€  em despesa corrente."
Concluem os socialistas que "o PSD não sabe fazer uma leitura correcta do orçamento ou não quer fazer e lança para a opinião pública afirmações falsas.  "

Vereadores do PSD reprovaram orçamento e opções da Câmara de Santa Cruz da Graciosa

Os vereadores do PSD na Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa votaram contra o Orçamento e as grandes opções do plano para 2015, acusando a maioria socialista na autarquia "de impor ainda mais austeridade aos graciosenses e de não aprovar propostas concretas e com soluções claras".
"Numa altura de grandes dificuldades, era de extrema importância que a câmara, ao receber de receitas totais mais 350 mil euros que no ano anterior, aplicasse parte dessa verba na redução de impostos na Graciosa, desde logo através da devolução do IRS, conforme propôs o PSD", afirmam.
"Ao contrário do que diz a maioria socialista, no próximo ano haverá um aumento de receita corrente de 307 mil euros, resultante do aumento do IMI e das transferências do Estado. Os socialistas entenderam não beneficiar os graciosenses com esse acréscimo", criticam.
Segundo explicam os social-democratas, "O PSD propôs que parte desse aumento de receita fosse devolvida aos graciosenses através do IRS e do apoio à Natalidade. Mas a maioria recusou as nossas propostas", lamentam.
A crítica estende-se "ao enorme aumento de despesa verificado por parte do gabinete do presidente da câmara, sendo importante salientar que as despesas correntes dessa rubrica, aumentam de ano para ano. E que a atual proposta de orçamento já implica um valor de 1 milhão 188 mil euros".


Os vereadores do PSD na câmara municipal votaram também contra a proposta socialista de remoção do posto de combustível no centro de Santa Cruz, "pois limitaram-se a acrescentar 3 meses à nossa proposta para efetuar aquela operação, que irá coincidir com a época alta e com as festas da ilha. Faltou coragem ao elenco socialista na câmara, para aceitar uma boa proposta do PSD", dizem.
O PSD votou contra a proposta do partido socialista relativa ao IRS, esclarecendo que "nenhuma das razões apresentadas pelo presidente da câmara justifica que se mantenha no máximo a cobrança do IRS na ilha Graciosa. O senhor presidente refere que há diminuição das receitas provenientes do Estado, uma referência que é falsa, pois vai receber mais 133 mil euros de transferências", concluem.

“Reconhecemos que os profissionais de saúde lutam todos os dias para servir bem os Graciosenses”


“A unidade de saúde da Graciosa está dotada de bons profissionais que lutam todos os dias para servir bem os Graciosenses. Os profissionais de saúde - os médicos, os enfermeiros, os técnicos, auxiliares - são o mais importante ativo do Sistema Regional de Saúde”, defendeu José Ávila.
O deputado socialista falava no Parlamento Regional, num intenso debate parlamentar, em que preferiu contrapor as críticas da oposição ao Centro de Saúde da Graciosa com números concretos, considerando que “não se pode fazer uma avaliação cega e muito menos com motivações políticas”.
Conforme revelou o deputado socialista, “em 2013, a Unidade de Saúde da Graciosa fez no Serviço de Atendimento Permanente, 8.114 consultas, 7.971 de medicina geral e familiar (221 de saúde materna, 1041 de saúde infantil, 6639 de saúde para adultos e 70 de planeamento familiar), tendo ainda sido realizadas 1.462 consultas, em 15 especialidades”.
José Ávila lembrou que a deslocação de especialistas às ilhas é “um património do PS, que muito nos honra”, revelando que em 2013, foram “deslocados 1.762 doentes para os hospitais, acompanhados de 1.191 familiares e 14 técnicos”.
Segundo explicou o socialista, no ano passado, foram realizadas na Graciosa 78.361 análises, 5.791 Raio-X, 855 ECG e 19.767 tratamentos de fisioterapia.
José Ávila destacou ainda que a unidade de saúde da Graciosa promove ainda tratamentos de “enfermagem ao domicílio de segunda a sábado e presta apoio às populações em 3 postos de enfermagem (Luz, Praia e Guadalupe)”, tendo levado a cabo “mais 810 outros exames de diagnóstico, 1579 consultas de medicina dentária, 557 consultas de nutrição e 295 de psicologia”.
O deputado socialista frisou a importância das “equipas multidisciplinares que se deslocam a casa das famílias referenciadas” e que em colaboração com outras entidades, “resolvem ou ajudam a resolver problemas de saúde e até mesmo de habitação”. “Há uma outra equipa multidisciplinar que visita as empresas para rastreios à diabetes e à hipertensão. Colaboram no rastreio ao cancro da mama, do útero, oral e do cólon”, salientou.
A terminar o deputado disse que “sabemos que não está tudo bem e que é preciso fazer mais. No entanto recuso-me a colaborar para a falta de confiança que se está a querer instalar na Unidade de Saúde da Graciosa. Não há nada pior para um político do que contribuir para que isso aconteça. O mais fácil é cair na tentação de falar mal; o mais difícil é arranjar soluções”, concluiu José Ávila.

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado com boas abertas.
Aguaceiros na madrugada e inicio da manhã.
Vento oeste moderado a fresco (20/40 km/h) com rajadas até 55 km/h,
rodando para noroeste.
Mar cavado. Ondas oeste de 2 metros, aumentando para 3 a 4 metros e
passando a noroeste.

Preia-mar será às 18h24 com 1.4 metros.
Baixa-mar será às 12h12 com 0.7 metros.

O Sol nasceu às 07h12 e vai pôr-se às 17h50
Índice de Ultravioleta 3, moderado

A temperatura da água é de 19ºC

A temperatura do ar é de 18ºC e Humidade 83%

“Graciosenses perderam a confiança no Serviço Regional de Saúde"

O deputado do PSD João Bruto da Costa considerou que os graciosenses "perderam a confiança no Serviço Regional de Saúde", com a ilha a ser notícia, "pelos piores motivos, quando se fala do acesso e da prestação de cuidados de saúde. E não há pior indicador para um serviço público do que a falta de confiança, como a que se verifica atualmente na Graciosa".

"Na Graciosa são cada vez mais as queixas, e é cada vez maior o sofrimento das pessoas. Construiu-se um novo centro de saúde para responder aos problemas e os serviços estão piores", disse o social-democrata, durante a sessão plenária de quarta-feira.
O deputado apresentou uma série de "casos concretos e de queixas graves” e perguntou ao secretário regional, "se acha normal que tenham estado 150 graciosenses, ou seja 3,5% da população da ilha, a aguardar por uma colonoscopia. E que, numa semana, se tenha deslocado à Graciosa um especialista para fazer aquele exame das 8 da manhã às 2 da manhã do dia seguinte?".
Falou também "das deslocações de especialistas, atendendo a que não vai um psiquiatra à Graciosa desde Julho de 2013; não há pneumologia desde Novembro de 2013; nem há consultas de ginecologia desde Julho de 2013", apelando ao Secretário Regional da Saúde para que se "deixe de desculpas. Meta mãos à obra, assuma as consequências do estado a que isto chegou, faça os inquéritos que tiver de fazer. Mas trate de resolver de uma vez por todas os graves problemas que se verificam no centro de saúde da Graciosa".


Artigo de Opinião intitulado "Muito Estranho" da responsabilidade de José Ávila

Muito estranho



Terminou a visita do Primeiro-Ministro aos Açores. Falta menos de um ano para acabar o mandado e esta foi a primeira vez que, nessa qualidade, tal aconteceu, mas como diz, e bem, o nosso povo, antes tarde do que nunca.
Como seria de esperar, havia alguma expetativa por parte dos Açorianos com os resultados deste périplo por 4 das 9 ilhas dos Açores. Contava-se que algumas situações pendentes fossem resolvidas.
Mas, apesar da grande abertura demonstrada, o muito que estava pendente ficou novamente adiado para uma nova oportunidade.
O aeroporto da Horta não será ampliado. A cadeia de Ponta Delgada não será construída. A Força Aérea vai continuar com falta de pilotos para as evacuações sanitárias. A revitalização das Lajes foi recusada. Relativamente ao desmantelamento das quotas leiteiras, tudo na mesma. A RTP-Açores fica como está e a Universidade vai continuar a viver num aperto e sem verbas para a investigação científica.
Sobre o diferencial fiscal - que, como se sabe, alterou de 30% para 20% a diferença dos impostos pagos cá e lá e que representou um agravamento da carga fiscal nesta Região – gerou-se uma enorme confusão.
O líder do PSD-Açores, dando a entender que tal poderia acontecer, apressou-se a apregoar a descida dos impostos e desdobrou-se em declarações públicas, a esse respeito, um pouco por toda a comunicação social, incluindo a continental. Chamou a si a paternidade desta boa nova milagreira.
O que veio a seguir é que nos espantou. Na segunda-feira, em palavras de circunstância num encontro no Faial, Passos Coelho, que dias antes tinha desancado nos jornalistas e comentadores, afirmou perante uma grande audiência e, curiosamente, sem comunicação social, que da sua boca ninguém ouvira nada sobre a descida de impostos, até porque essa opção estava na esfera das competências regionais.

Motivado pela necessidade de mostrar serviço, o líder do maior partido da oposição nos Açores deu um novo tiro no pé.

Torneio de Abertura em Juniores prosseguiu com 2 jogos esta semana

 
O Torneio de Abertura em Juniores D prosseguiu esta semana com a realização de dois jogos em atraso.

Na Segunda-feira, o Sporting de Guadalupe recebeu o Graciosa e perdeu por 1-16, em jogo no Sintético de Guadalupe.

Na Quarta-feira, jogaram Graciosa e Marítimo no Estádio Municipal e no final o resultado foi de empate a 4 bolas.

Estratégias de desenvolvimento sustentável” Sexta e Sábado na Graciosa

O Workshop “Geoparques em regiões vulcânicas: Estratégias de desenvolvimento sustentável” pretende constituir-se como um pólo de discussão entre geoparques europeus e globais localizados em regiões vulcânicas e cujo denominador comum – a presença de vulcões nos seus territórios – confere-lhes características peculiares e desideratos comuns, em domínios como a ciência e a investigação, o turismo, a educação para os riscos naturais e o aproveitamento dos recursos endógenos, como é o caso da geotermia.
Em particular, com este fórum pretende-se promover uma discussão sobre estratégias de desenvolvimento socioeconómico local sustentável e a partilha de boas práticas nas áreas da Economia (com particular ênfase no Geoturismo) e da Geoconservação, de forma a estimular as empresas e outros agentes locais a promoverem iniciativas e atividades nestes domínios.
O workshop inclui visitas de estudo na Graciosa a 31 de Outubro e 1 de Novembro e nas ilhas Terceira, Santa Maria e São Miguel.

Na Graciosa, os cerca de 30 participantes terão oportunidade de visitar a Caldeira, Afonso do Porto e Ilhéu da Baleia.

Concelho na fase final do concurso a "município do ano 2014"


No mês de Outubro, a Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa candidatou-se ao prémio de "Município do Ano 2014", com a empreitada "Execução da Marginal Rochela-Lagoa".

O concurso é promovido pela Universidade do Minho, que passou a candidatura do município santacruzense à fase final do concurso, com o Projecto da Beira-Mar da Lagoa.
O prémio de "Município do Ano 2014" visa reconhecer e premiar as boas práticas, em projetos implementados pelos municípios, com impactos assinaláveis no território, na economia e na sociedade e que promovam o crescimento, a inclusão e a sustentabilidade.

Ficamos a aguardar este resultado, bem como o impacto que esta candidatura oferece ao nosso concelho.

Hoje é o Dia Nacional de prevenção do Cancro da Mama

No âmbito do Mês Internacional de Sensibilização para o Cancro de Mama (Outubro) e do Dia Nacional de Prevenção do Cancro de Mama (30 de Outubro), o Centro de Oncologia dos Açores “Prof. Doutor José Conde” (COA) divulgou as mais recentes estatísticas do cancro de mama na Região, os fatores de risco associados a esta doença e principais estratégias de prevenção e deteção precoce.

Nos Açores, são atualmente diagnosticados cerca de 130 novos casos por ano, correspondendo a uma taxa padronizada de incidência (indicador de risco de desenvolver a doença) de 97 casos por 100,000 mulheres (dados do triénio 2009-2011). Este indicador cresceu 1,27% por ano ao longo do período 1997-2011 (Gráfico 1). Este acréscimo poderá estar relacionado quer com uma maior exposição a fatores de risco da doença, decorrentes, por exemplo, das alterações nos hábitos reprodutivos da mulher verificadas nas últimas décadas, quer com uma maior capacidade de diagnóstico da doença, nomeadamente através do rastreio organizado.

A prevenção desta doença está ao alcance de qualquer mulher que, devidamente informada e alertada para o assunto, deseja fazer da saúde uma prioridade na sua vida. Seguir as recomendações da prevenção primária e participar no programa de rastreio sempre que convocada para tal, é, seguramente, um dos melhores passos que a mulher poderá dar nesse sentido.

quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

Detenção de violador em São Miguel

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, identificou e deteve um homem pela presumível autoria do crime de violação de que foi vítima, uma mulher de 40 anos de idade.
Os factos tiveram lugar no início do corrente mês de outubro, num armazém sito em local isolado, na ilha de S. Miguel, para onde o suspeito atraiu enganosamente a vitima, a pretexto de firmar com ela um contrato de trabalho.

O detido, de 39 anos de idade, já referenciado policialmente e trabalhador rural, foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo-lhe sido aplicada a medida coativa de prisão preventiva.

Alerta Amarelo para chuva forte

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informou que, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a passagem de um sistema frontal deverá provocar um agravamento do estado do tempo nas ilhas do Grupo Central.
Assim prevê-se precipitação pontualmente forte entre as 09H00 e as 21H00 de quarta-feira, 29 de Outubro.

Nestas condições, foi emitido para o Grupo Central, Aviso AMARELO.

Artigo de Opinião de João Costa intitulado “ Uma saúde doente“



Uma saúde doente

Esta não é a primeira vez que aqui falo dos problemas da saúde na ilha Graciosa, mas gostaria de que fosse, esta, a última vez.
Na sequência do acto eleitoral de 2012 para a Assembleia Legislativa dos Açores, que na Graciosa deu uma expressiva vitória ao PSD, o primeiro acto público dos deputados eleitos pela Graciosa nas listas do PSD foi uma conferência de imprensa em que se pedia a substituição da administração da unidade de saúde da ilha.
Tinham passado as eleições, não se estava em campanha eleitoral, não havia votos para conquistar e, também por isso, não se podia acusar os recentes eleitos de eleitoralismo ou de procurar na desgraça alheia mais um punhado de simpatias políticas.
Na verdade, tratou-se de dar consequência àquilo que considerámos ter sido uma das razões que levou os graciosenses a confiar no PSD e na lista proposta para a Assembleia Legislativa.
Tratou-se, de facto, de corresponder ao que, já em 2012, muitos graciosenses nos pediam insistentemente: a substituição da maioria dos elementos do conselho de administração da unidade de saúde.
Tal atitude não foi um acto isolado, já antes havíamos denunciado várias situações que penalizavam o acesso aos cuidados de saúde na ilha Graciosa ou, simplesmente, as atitudes que reputávamos menos correctas e que revoltavam o comum dos cidadãos. Depois disso voltámos a denunciar, a alertar, a questionar e a dar conta das queixas, das injustiças e dos muitos relatos de verdadeira desregulação no acesso a cuidados de saúde numa ilha que, pura e simplesmente, se sentia abandonada à sua sorte. Ou melhor, abandonada à sorte dos interesses partidários e políticos de uns poucos.
Neste processo temos sido vilipendiados pelo poder que manda na Graciosa, apelidados de maldizentes e, muitas vezes, acusados de demagogia por insistirmos em tentar contrariar o que tem sido a contínua degradação na saúde da ilha.
Aliás, conto já que mais este meu desabafo seja logo apelidado de aproveitamento político.
As recentes denúncias públicas de verdadeira desumanidade que vitimam cidadãos da ilha graciosa na sua relação com o serviço regional de saúde são, apenas, a ponta do iceberg do que se tem vindo a passar com a falência da saúde nos Açores.
Os casos agora conhecidos consubstanciam um sem número de situações que não são, não podem ser, do desconhecimento das tutelas e das administrações.
A saúde, na Graciosa, continua a piorar a olhos vistos, apesar de continuar a haver profissionais que muito de si dão para que as coisas não sejam ainda piores. E neste campo não podemos deixar de reafirmar que existem profissionais de saúde de grande qualidade ao serviço na ilha Graciosa, mas que sozinhos não podem dar a resposta que gostariam a utentes que bem conhecem e de quem bem sabem das necessidades por que passam. Esse capital humano também tem sido injustamente desperdiçado, ora porque o serviço regional de saúde cria contínuas dificuldades, ora porque as politiquices punem, na sombra, as opções de cada um.
Actualmente, ninguém sabe como é administrada a saúde na Graciosa, pois apenas um elemento do conselho de administração está em funções, e talvez seja isso mesmo que se tem verificado ao longo da última década.

Talvez seja tempo de alguém assumir responsabilidades e talvez já fosse mais do que tempo de dar um novo rumo à saúde na ilha Graciosa!

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Céu geralmente muito nublado.
Neblinas ou nevoeiro.
Períodos de chuva, que pontualmente poderá ser FORTE a partir tarde.
Vento sudoeste moderado a fresco (20/40 km/h) com rajadas até 55 km/h.
Mar cavado.
Ondas noroeste de 2 a 3 metros, passando a oeste.

Preia-mar será às 17h11 com 1.4 metros.
Baixa-mar será às 23h16 com 0.7 metros.

O Sol nasceu às 07h15 e vai pôr-se às 17h52
Índice de Ultravioleta 3, moderado

A temperatura da água é de 19ºC.

A temperatura do ar é de 20ºC e Humidade 94%

terça-feira, 28 de Outubro de 2014

Cancelado voo pelo segundo dia consecutivo

A empresa aérea açoriana cancelou esta Terça-feira, pelo segundo dia consecutivo, a viagem com a ilha Graciosa.

Na Segunda-feira, 27 de Outubro, a viagem foi cancelada ainda antes das 12 horas, o que causou descontentamento nos passageiros, porque o tempo tinha melhorado nesta ilha, com uma aberta de mais de 1 hora, que tinha possibilitado a vinda do avião durante a hora de almoço. Os passageiros foram depois reagendados, no voo marcado para as 12 horas de terça-feira.
Na Terça-feira, 28 de Outubro, a voo das 12 horas foi cancelado por volta das 14h30, por se verificar que as neblinas intensas que se faziam sentir, não permitiam a operação com esta ilha.

Muitos graciosenses perderam consultas, exames e cirurgias que estavam marcadas e na Graciosa era também esperada a chegada de um médico especialista, que vinha fazer consultas no privado.

Maior problema é a falta de um corpo clínico estável

O caso de Maria da Guia, da freguesia de São Mateus, que segundo disse a família, foi por quatro vezes à Unidade de Saúde da Graciosa, e o seu estado foi sempre ignorado, tem gerado preocupação e controversa nos Graciosenses.
A última notícia veiculada na RTPA avança que o caso já foi comunicado à Ordem dos Médicos, enquanto o Governo Regional accionou a Inspeção Regional da Saúde. Uma coisa é certa, devem ser apuradas responsabilidades e punidos os prevaricadores.
 

Avelar Santos, Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, afirmou à nossa redação que se trata de uma situação lamentável, pois está-se a lidar com seres humanos, por isso exige-se uma grande atenção.

Cuidado quando se trata da vida das pessoas, é o que segundo o autarca deve existir para com os utentes graciosenses.
Sobre o estado da saúde nesta ilha, o presidente do executivo santacruzense elege a falta de um quadro clínico estável, como o grande problema. Só quando se voltar a estabilizar o quadro médico é que o serviço de saúde melhorará, sendo pena que dos jovens graciosenses que se licenciaram em medicina, nenhum tenha escolhido a especialidade de medicina geral e familiar e regressasse à Graciosa para trabalhar.


Não se pode fazer acusações sem ouvir corpo médico

José Ávila, deputado do PS, avisa que para além da versão da família, é preciso ouvir a parte médica, por isso não se pode fazer acusações.
O deputado socialista refere que não pode aconte

cer que se criem acusações, até porque trata-se de dados clínicos que são confidenciais. Resta aguardar “com calma”, a conclusão da Inspecção regional de Saúde, para saber se houve prática médica incorrecta.
José Ávila diz que é preciso garantir que situações como esta não voltem a acontecer e que a família e a doente estão “agora” a ser devidamente acompanhados, no Hospital de Ponta Delgada.

A instabilidade no corpo clínico é nesta altura a maior fragilidade da saúde na Graciosa, diz o deputado socialista, com os concursos para médicos a ficarem muitas vezes desertos.

Este caso veio por a nu a saúde nesta ilha

João Costa, deputado do PSD, diz tratar-se de uma situação trágica e desumana, aquilo que foi relatado pela doente e a sua família.

O deputado social-democrata lamenta o estado a que a saúde chegou na Graciosa, mantendo-se o desnorte, para os quais, os deputados do PSD, tem vindo a alertar o Governo Regional.
João Costa refere que este caso veio por a nu, à custa da saúde de uma pessoa, aquilo que vinham a denunciar, com diversos casos mencionados, mas que foram sempre apelidados de falsos.

Infelizmente é esta a situação a que chegaram os serviços de saúde, para os utentes que vivem nesta ilha, e que deles necessitam infelizmente.

Fica a população a aguardar o resultado destas investigações, com a certeza de que a culpa não deve morrer solteira, como diz o ditado popular.

Sata cancelou voo com a Graciosa pelo segundo dia consecutivo

A Sata Air Açores cancelou esta Terça-feira, pelo segundo dia consecutivo, a viagem com a Graciosa.

Na Segunda-feira, 27 de Outubro, a viagem com a Graciosa foi cancelada ainda antes das 12 horas, o que causou descontentamento nos passageiros porque o tempo tinha melhorado na Graciosa, com uma aberta de mais de 1 horas, que tinha possibilitado a vinda do avião durante a hora de almoço. Os passageiros foram depois reagendados, no voo marcado para as 12 horas de terça-feira.
Na Terça-feira, 28 de Outubro, a voo das 12 horas foi cancelado por volta das 14h30, por se verificar que as neblinas intensas que se fazem sentir na Graciosa, não permitiam a operação com a Graciosa.

Muitos graciosenses perderam consultas, exames e cirurgias que estavam marcadas e na Graciosa era também esperada a chegada de um médico especialista, que vinha fazer consultas no privado.

Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde desenvolvem o MACAROAVES, um projeto comum sobre o turismo ornitológico

Está a decorrer o projeto Turismo Ornitológico na Macaronésia: um recurso sustentável em zonas rurais e espaços naturais dos Açores, Madeira, Canárias e
Cabo Verde (MACAROAVES), no âmbito do Programa de Cooperação Transnacional da Macaronésia (PCT-MAC).

O projeto tem como objetivo geral o desenvolvimento de ações que compatibilizem o turismo e a conservação da natureza, em especial as aves na Macaronésia, promovendo o desenvolvimento rural das suas ilhas aproveitando como recurso a singularidade da avifauna e dos seus espaços naturais.
Como principais acções a desenvolver destacam-se a elaboração de uma estratégia de turismo ornitológico para a Macaronésia, contando com a participação das administrações, entidades, empresas e população local; A dentificação dos locais com maior interesse para o turismo ornitológico e implementação de infra-estruturas de apoio; promoção do turismo ornitológico como um recurso complementar para o turista que visita a Macaronésia; formação de guias locais e acções de sensibilização ambiental para os sectores ligados ao turismo de natureza.

O projecto MACAROAVES termina em Agosto de 2015 e tem como parceiros a SEO Bird Life, a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), Turismo dos Açores e a Biosfera.

PSP fiscalizou 16 viaturas na Sexta-feira

A Esquadra da PSP de Santa Cruz da Graciosa realizou na passada Sexta-feira, uma operação de fiscalização rodoviária.

Segundo nota do Comando Regional, foram fiscalizados 16 veículos e detetadas 03 infrações de natureza contraordenacional, por falta de inspeção periódica obrigatória do veículo; estacionamentos irregulares e falta de documentos.
Na sinistralidade rodoviária, entre 24 e 26 de Outubro, ocorreram nos Açores 23 acidentes de viação, dos quais resultaram 02 feridos ligeiros e danos materiais

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE: Céu geralmente muito nublado.
Neblinas ou nevoeiro. Aguaceiros fracos.
Vento noroeste bonançoso (10/20 km/h), gradualmente
rodando para sudoeste e tornando-se moderado (20/30 km/h).

MAR DE PEQUENA VAGA, TORNANDO-SE CAVADO.
Ondas noroeste de 2 a 2,5 metros.

Preia-mar será às 16h14 com 1.5 m
Baixa-mar será às 22h17 com 0.6 m

O Sol nasceu às 7h11 e vai pôr-se às 17h53
Índice de Ultravioleta 2, baixo

A temperatura da água é de 19ºC

A temperatura do ar é de 19ºC, Humidade 94%

segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

Ilha Graciosa vai ter uma oferta de 511 lugares por semana

Os Deputados José Ávila e Ricardo Ramalho reuniram com o Secretário Regional dos Transportes e Turismo, à margem das Jornadas Parlamentares que ocorreram em Ponta Delgada sobre o Plano e Orçamento, para tratar de diversos assuntos relativos a esta ilha.

Sobre os horários de inverno os Deputados insistiram na necessidade de garantir os dois voos à quarta-feira e mudar o equipamento do voo da quinta-feira do Dash 200 para o Dash 400.
O Governante informou, sobre esta matéria, que a SATA iria proceder de acordo com o proposto.
Assim a Graciosa vai ter uma oferta de 511 lugares por semana, ao contrário dos 431 previstos inicialmente, aumentando também a disponibilidade para carga.
O Membro do Governo esclareceu ainda que se houver um aumento da procura o horário poderá ser novamente revisto.

51 milhões de litros de combustível serão substituídos por energia limpa e barata, produzida por sol e vento


A estrada do Quitadouro recebeu ao início da tarde de Segunda-feira, o lançamento da primeira pedra da construção de um sistema altamente eficiente de energia limpa e que se prevê esteja operacional no final de 2015.

Younicos, Graciólica e EDA juntam-se neste projecto, para a criação de uma central de baterias automatizada e inteligente, com capacidade para 2.6 Megawatt. Será também construído na Serra Branca um novo Parque Eólico com Aerogeradores do mais moderno a nível mundial de 4.5 Megawatt e um parque foto voltaico de 1 Megawatt, com conversores inteligentes e fundamentalmente um sistema inteligente de gestão energética.



Manuel Avelar Santos, Presidente da Câmara  Municipal de Santa Cruz da Graciosa, congratulou-se por a Graciosa ter sido a ilha escolhida para este projeto, que traz à Graciosa um investimento importante.
O projecto Younicos trará à Graciosa uma revolução na área das energias renováveis, a servir de exemplo para o Mundo.

Ulrik Schoneberg, director executivo da Graciólica, disse que o projecto a implementar na Graciosa, em parceria com a EDA, utilizará o sol e o vento para produzir energia verde, numa ilha que atualmente vive a 100% do Diesel para a promoção de energia.
Todo este processo e o novo tipo de energia, não irão aumentar o seu custo aos graciosenses, pelo contrário irá baixá-los e estabilizá-los.



Philip Hiersemenzel, da empresa Younicos, disse à Rádio que o que torna este projecto único no Mundo, é o fato de se poder desligar o sistema diesel, porque no projecto Younicos, o combustível passará a ser usado apenas como alternativa.

A escolha da ilha Graciosa saiu de uma decisão conjunta entre Younicos e EDA, devido ao grande suporte da EDA e devido às características da ilha.
Avelar Santos, presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa diz que a ilha vai beneficiar muito desta nova geração de energia, porque se tornará ainda mais verde e isso a tornará ainda mais conhecida no Mundo.
Este investimento vai aumentar a quota anual de energia renovável produzida na ilha, passando de um limite de 15 por cento para 65 por cento, levando a que 51 milhões de litros de combustível sejam substituídos por energia limpa e barata, produzida por sol e vento.












Twitter Facebook Favorites More