Traduzir

Loading...

04 agosto 2015

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:

Céu muito nublado com boas abertas a partir da manhã.
Períodos de chuva fraca na madrugada, passando a aguaceiros fracos.
Vento sudoeste moderado (20/30 km/h), rodando noroeste e tornando-se
bonançoso (10/20 km/h).
Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.

Preia-mar será às 16h22 com 1.7 m
Baixa-mar será às 22h43 com 0.4 m

O Sol nasceu às 6h48 e vai pôr-se às 21h07
Índice de Ultravioleta 8, alto

A temperatura da água é de 24ºC

A temperatura do ar é de 24ºC, Humidade 87%

Certificação das Termas Regionais continua por fazer

O PSD/Açores criticou o Governo Regional pelo "incumprimento da promessa de certificação das Termas Regionais", lembrando que "o Secretário regional do Turismo e Transportes anunciou, em dezembro de 2013, essa certificação se ia efetuar durante o ano de 2014. Oito meses passados, e estamos perante mais um dos muitos compromissos assumidos e desaparecidos nos discursos das boas intenções do governo do PS", avança o deputado Luís Maurício.
O social democrata lembra mesmo que "o anúncio da suposta certificação foi feito na sequência de uma série de notícias sobre o estado em que se encontravam os edifícios das Termas do Carapacho e da Ferraria, após a realização de obras de requalificação e remodelação realizadas pelo próprio governo regional".
"Estranhamente, e desde então, não ouviu qualquer outra referência a esse processo de certificação. Em plena época alta, essa é mais uma prova das ingerências constantes, também no setor do Turismo e da Saúde, por parte do governo socialista", frisa Luís Maurício.
"O Governo Regional deve esclarecer que iniciativas já desenvolveu no âmbito desse processo e que intervenções, e com que custos, formam entretanto realizadas nas Termas do Carapacho e da Ferraria", acrescenta Luís Maurício.


Intrusão salina continua a afectar a qualidade da água


O Município de Santa Cruz da Graciosa deu a conhecer os resultados das análises à água, referentes ao segundo trimestre de 2015.

Ao examinar os resultados verifica-se que na condutividade, apenas 83% das análises efectuadas cumprem com os valores previstos, sendo apontada a intrusão salina como o elemento que afeta a qualidade da água bruta.
Todos os outros parâmetros cumprem em 100% com os valores previstos, no âmbito do programa de controlo da qualidade da água.



Abertas inscrições para formação de artesanato em escamas de peixe

A associação de pescadores está a promover uma formação de trabalhos de Artesanato com escama de peixe, com a formadora Fátima Freitas da ilha do Pico.
A formação decorrerá na Associação de Pescadores e terá a duração de cerca de 3 horas diárias.

Esta formação è gratuita e a associação aceita apenas 10 inscrições.

Festas de Guadalupe terminam hoje

As Festas em honra de Nossa Senhora de Guadalupe terminam hoje.
Às 18 horas haverá tourada à corda, às 22 horas actuação dos “Onda Jovem”, às 23 horas actuação de Edmundo e às 01h30 encerramento das festas com despedida de Nossa Senhora de Guadalupe e fogo de artifício.


Entrevista com Cláudia Medina


Hoje apresentamos entrevista com Claúdia Medina, sobre a Exposição de Pintura "Terra e Alma", que estará aberta ao público no átrio da Câmara Municipal, durante as festas de Santo Cristo.

Uma entrevista para ouvir às 17h30 ou a qualquer hora em www.radiograciosa.com

03 agosto 2015

Utilidade Pública

 
PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:

Céu geralmente pouco nublado.
Vento fraco (05/10 km/h), rodando para sudoeste bonançoso a moderado
(10/30 km/h) durante a tarde.
Mar encrespado, tornando-se de pequena vaga.
Ondas noroeste de 2 metros, passando a norte.

Preia-mar será às 15h34 com 1.8 m
Baixa-mar será às 21h54 com 0.3 m

O Sol nasceu às 6h53 e vai pôr-se às 21h01
Índice de Ultravioleta 9, muito alto

A temperatura da água é de 24ºC

A temperatura do ar é de 22ºC, Humidade 77%

Desemprego atinge mais de um quarto da população entre 15 e 34 anos

A taxa de desemprego entre os 15 e 34 anos atinge mais de um quarto da população na Madeira e Açores, sendo a mais alta do país naquela faixa etária, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE).
Além das regiões Autónomas da Madeira (27,8%) e Açores (25,3%), a taxa de desemprego entre os 15 e os 34 anos está acima da média nacional (20,4%) no Alentejo (22,4%) e na região Norte (21%).
De acordo com o Retrato Territorial de Portugal, publicado hoje pelo INE, abaixo da média nacional no desemprego jovem estão a Área Metropolitana de Lisboa (19,9%), o Algarve (19,2%) e a região Centro (18%).
Já a taxa de jovens entre 15 e 34 anos não empregados e que não frequentam atividades de educação e formação aumentou, de 2011 para 2014, na Madeira, Açores, Alentejo e Norte e diminuiu no Algarve, Área Metropolitana de Lisboa e região Centro.
Acima da média nacional na taxa de jovens entre os 15 e 34 anos não empregados e que não frequentam atividades de educação e formação estão o Norte (15,6%), o Algarve (15,9%), Alentejo (16,7%), Madeira (22,6%) e Açores (24,8%).
Ainda de acordo com o mesmo documento, a Região Autónoma dos Açores possuía, em 2014, a maior taxa de emprego do país (82,9%), na população entre os 20 e os 64 anos com ensino superior completo, de acordo com o Retrato Territorial de Portugal.

Fonte: Açoriano Oriental

Ratos prejudicam a economia da ilha


O executivo de Santa Cruz da Graciosa reuniu Quinta-feira, na Junta de Freguesia de São Mateus.
No período antes da ordem do dia, do vereador João Cunha surgiu novamente a preocupação com a falta de desratização na ilha e alertou que se trata de um problema de saúde pública e que está a afectar a economia da ilha. O presidente da autarquia explicou que o atraso se deve à publicação de nova legislação europeia e ao concurso lançado pelo Governo Regional para aquisição de produtos, sendo que a autarquia mantém a disponibilidade para ajudar. João Cunha alertou ainda que o Director Regional está a querer passar para os municípios aquilo que é responsabilidade do governo o que a autarquia não pode deixar e deve exigir “o mais rapidamente possível” a resolução do problema.

Na ordem de trabalhos foi aprovado um apoio de 100 euros à Sociedade Filarmónica União Praiense, para deslocação ao Festival de Bandas, na Horta alterar o feriado Municipal em 2016 para 16 de Agosto, uma vez que coincidirá com o feriado Nacional de 15 de Agosto, bem como suportar os custos de deslocação, alojamento e alimentação de uma equipa da Sol Toiros TV, para gravação do magazine semanal de atualidade taurina Ole´s.

Transportes continuam a prejudicar quem quer exportar

No período de intervenção do público, o presidente da Junta de São Mateus, Manuel José Ramos, solicitou algumas obras na sua freguesia, nomeadamente reparo dos canais de escoamento de água pluviais da Rua Fontes Pereira de Melo e dos passeios do Caminho do Cemitério.
O empresário Nuno Silva, da “Quinta do Corneta” deu a conhecer que está a passar grandes dificuldades no escoamento dos seus produtos devido aos maus transportes e constantes alterações de horários e de equipamentos, solicitando que se faça alguma coisa que dê a certeza aos produtores que os seus produtos cheguem ao seu destino com qualidade.
João Cunha disse com os transportes que temos a nossa economia “não vai lá”, que devemos exibir e bater o pé, não ficando em silencio.
O mesmo vereador alertou ainda que os transportes que temos “são uma vergonha” e mostrou-se satisfeito por empresários da ilha estarem a mostrar a sua indignação.

O autarca Avelar Santos afirmou que os transportes sempre foram um problema e confessou que tem feito um grande esforço para resolver alguns problemas junto da Sata e do Secretário Regional.

Arvores da Praça estão engalanadas

A Praça Fontes Pereira de Melo está ornamentada a preceito para as maiores festas do concelho.


Para além da habitual iluminação, a novidade este ano vai para as maiores árvores da praça, embelezadas com mantas de renda, numa mostra do artesanato graciosense.

Mulheres da ilha foram convidadas a fazer aqueles trabalhos, para expor nas árvores do centro da Vila de Santa Cruz da Graciosa.









A declaração das existências de suínos é considerada uma medida sanitária


Os produtores de suínos devem declarar os efectivos que possuam durante o mês de Agosto.
O impresso é o Mod.800/DGV, disponível no Portal DGAV, em www.dgav.pt, ou nos Serviços de Desenvolvimento Agrário de Ilha.

A declaração das existências de suínos é considerada uma medida sanitária, visando o combate à doença de AuJesky, pelo que o seu não cumprimento acarreta uma penalização.

José Nascimento Ávila vai expor na Biblioreca Municipal


A Exposição Fotográfica “Encantos de Terra, Mar e Sonho” de José Nascimento Ávila, vai estar aberta até 14 de Setembro, na Biblioteca Municipal.

A abertura está marcada para as 21h30, do dia 6 de Agosto.

Kontrabanda e não só, nas festas de Guadalupe

As festas em honra de Nossa Senhora de Guadalupe prosseguem hoje.
Às 19h30 decorrerá a procissão de Santo Isidro, às 20h00 missa cantada e às 21h45 actuação do Grupo Folclórico da Casa do Povo de Guadalupe.

A Marcha da Escola Secundária desfila às 22h45, seguindo-se actuação do Kontrabanda e às 00h00 actuação do artista continental “Melão”.

Noticias comentadas por João Costa

No espaço de comentários de hoje é nosso convidado João Costa, para comentar as notícias da semana passada.

Um espaço para ouvir às 17h30, ou a qualquer hora em radiograciosa.com

31 julho 2015

Resumo Semanal de 27 a 31 de Julho de 2015

Produção em pastagem de carne de bovino na Graciosa vai ser alvo de estudo

Segundo comunicado do Conselho de Governo foi aprovado “promover um estudo que permita evidenciar as vantagens competitivas do desenvolvimento de uma estratégia comercial que associe a produção em pastagem de carne de bovino na Graciosa, Flores e Corvo com a classificação Reserva da Biosfera atribuída pela UNESCO a estas ilhas, como forma de potenciar esta classificação, acrescentando valor aos nossos produtos.”
Recorde-se que os agricultores graciosenses continuam a aguardar pela construção do novo matadouro, para que a Graciosa ganhe com as mais valias do abate desmancha e embalamento de carne.





Inauguradas obras de remodelação no Barro Vermelho

Um projecto que se tornou realidade ao fim de meses de trabalhos, remodelações e esforço financeiro da Junta de Freguesia de Santa Cruz da Graciosa e com colaborações da delegação da secretaria do turismo e transportes, do Município de Santa Cruz da Graciosa, do Serviço Florestal, do sr. Aldino Melo e de todos os trabalhadores da Junta.
Está criado um espaço interior e exterior, com condições para as festas e piqueniques dos utilizadores.






Valorização dos nossos recursos naturais é essencial ao desenvolvimento da Região

O aproveitamento das nossas potencialidades endógenas e exógenas é fundamental para o crescimento económico e social dos Açores, contribuindo para a o aumento da qualidade de vida da comunidade. Osório Silva intervinha no âmbito da sessão comemorativa do 20º aniversário da Grater, associação de desenvolvimento regional, que decorreu no dia 24 de julho, pelas 20h30, no Teatro Angrense.
O presidente da Grater apelou à sinergia entre as entidades públicas e privadas para a criação de projetos que visem a sustentabilidade da nossa Região, referindo que “cada um dos agentes deve assumir as suas responsabilidades, enfrentar os desafios que surgem e apresentar soluções eficientes.”
Osório Silva mencionou ainda a importância da aposta na qualificação dos recursos humanos em prol de uma sociedade mais coesa nas vertentes económicas e social.
“Um dos flagelos que nos atinge, atualmente, é o elevado número de pessoas que vivem no limiar da pobreza e exclusão social. Segundo a estratégia “Europa 2020”, é necessário apostar em mão-de-obra qualificada, criando condições que contribuam para a melhoria da qualidade de vida e bem-estar da população”, disse.
A Grater, fundada a 21 de Julho de 1995, tem como base promover o desenvolvimento rural e dar resposta às necessidades da população.





Identificados autores de furto

A Esquadra de Santa Cruz da Graciosa identificou na passada Terça-feira os autores de um furto.
Nota do Comando Regional dá conta de que “na sequência de diligências investigatórias efetuadas por elementos da Esquadra da PSP de Santa Cruz da Graciosa, da Divisão Policial de Angra do Heroísmo, identificou dos autores de um furto no interior de uma sociedade musical neste concelho, designadamente 03 indivíduos do sexo masculino, de 26, 16 e 15 anos de idade respetivamente, bem como foi recuperado a quantia furtada no montante de cento e dois euros e cinquenta e cinco cêntimos em numerário.”





Seminário sobre a Apanha de Algas deu a conhecer forma correcta de recolha

A Associação de Pescadores Graciosenses realizou na tarde de Quarta-feira um Seminário sobre o tema “A Apanha de Algas”.
Lázaro Silva, presidente da Associação de Pescadores, disse que tem sido uma iniciativa bem acolhida, contando com cerca de 60 a 70 apanhadores na Graciosa, mas também a actividade está a começar na Terceira e São Miguel, sendo a associação Graciosense a responsável pela recolha das algas para exportação para uma empresa luso espanhola.
Em representação de Ana Neto, da Universidade dos Açores, Rita Patarra deu a conhecer que actualmente são 15 a 20 as espécies de algas comercializadas na Europa e no nosso país são apanhadas em toda a costa de Portugal continental e das ilhas açorianas.
Esta investigadora referiu que as algas devem ser cortadas e não arrancadas, pois só assim de conseguirá manter os stocks. A alga ao ser arrancada deixa na pedra um lugar vazia, onde nunca mais volta a crescer, pois as algas invasoras aproveitam esse espaço.
Um técnica que pode dificultar um pouco a apanha, mas que vai garantir que haja algas por muitos anos.
João Dias, representante da IberAgar, disse que as algas que a empresa tem comprado na Graciosa são de qualidade e são por isso utilizadas para uma indústria muito específica de biotecnologia.
Da alga da Graciosa é produzido um produto muito específico chamado agarose.
Fausto Brito e Abreu, Secretário Regional do Mar Ciência e Tecnologia, esteve presente no evento para falar sobre oportunidades para a criação de rendimento.
A apanha de algas é, para o secretário, o exemplo daquilo que se pode fazer para arranjar outras formas de rendimento, ligadas ao mar.
O secretário regional realçou ainda a importância de que os ecossistemas estejam protegidos e que a actividade de apanha de algas seja praticada de forma sustentável.
A lei impõe que as algas passem pela lota, ainda molhadas, o que gerou algum desconforto nos presentes, pois torna-se mais difícil o seu transporte, uma situação para a qual o secretário mostrou-se sensível.

O Secretário Regional do Mar elogiou o trabalho que está a ser desenvolvido pela Associação de Pescadores Graciosenses, que apanha e exporta algas para as indústrias alimentar, farmacêutica e biotecnológica.

Nova linha de crédito vai reforçar competitividade das explorações agrícolas

O Presidente do Governo dos Açores afirmou que a nova linha de crédito, que será criada em breve, vai permitir fortalecer a competitividade das explorações agrícolas da Região, através do reforço dos fundos de maneio e de novos investimentos nesta área.
“Esta medida, a par da operacionalização tranquila do novo quadro comunitário de apoio, é um fator extremamente importante para podermos, também, lidar e ultrapassar a situação que vivemos neste momento” ao nível do preço do leite pago ao produtor, adiantou Vasco Cordeiro, após ter recebido a Direção da Federação Agrícola dos Açores.
Em declarações aos jornalistas, o Presidente do Governo considerou que, em relação ao sector do leite, é um facto que os Açores, apesar de em menor grau, não estão a escapar a uma tendência europeia, e mesmo mundial, de diminuição dos preços do leite pagos à produção.

“Isto acontece na Europa por variados motivos, que se prendem, por um lado, com a abolição do regime de quotas, mas, sobretudo, com o facto de o mercado europeu estar a ser sobrecarregado com leite que, anteriormente, tinha outros destinos”, adiantou Vasco Cordeiro, apontando o exemplo do embargo russo aos produtos lácteos europeus.

Teto máximo no preço das viagens para o Continente para facilitar acessibilidades dos Açorianos

O cabeça de lista da Coligação CDS-PP/PPM “Aliança Açores”, Félix Rodrigues, defendeu, esta quinta-feira, que os Governos da República e da Região têm que encontrar “urgentemente” uma fórmula que permita “ajustar” o atual modelo de acessibilidades dos Açorianos ao exterior, porque com os preços “exorbitantes” que as companhias estão a cobrar os Açores transformaram-se “numa prisão”.
Numa ação de pré-campanha realizada na cidade da Horta, ilha do Faial, Félix Rodrigues reconheceu virtudes ao atual modelo de transporte aéreo, nomeadamente ao nível dos impactos turísticos positivos que se têm registado em algumas ilhas, mas denunciou que “existem famílias que estão a levantar dinheiro para poderem pagar as passagens para os seus filhos irem, em Setembro, para as universidades”.

“O modelo de transporte aéreo que temos, neste momento, têm que ser ajustado, porque existem fatores que estão a condicionar a liberdade dos Açorianos”, afirmou perante os jornalistas.

Promoção e Venda de Produtos Regionais

Mais de duas centenas de variedades de produtos açorianos vão estar em destaque na Feira de Gastronomia do Atlântico, durante a edição 2015 das Festas da Praia da Vitória, que decorre de 31 Julho a 09 de Agosto naquela cidade da Ilha Terceira.
O espaço, Venda Açoriana, reúne a exposição, provas e venda de produtos regionais de todas as 9 ilhas dos Açores, desde hortícolas a lácteos, frutas, vinhos, sumos, licores e aguardentes, doçaria, biscoitos, conservas, mel, chás, artigos culturais ou artesanato, entre outros. Está situado na entrada da tenda da Feira de Gastronomia do Atlântico, na Marina da Praia da Vitória.
A iniciativa, que já teve lugar durante a Feira Açores e as Sanjoaninas 2015, resulta da parceria entre o Governo Regional dos Açores, através da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), e a Câmara do Comércio e Indústria dos Açores (CCIA), e insere-se no Plano Anual de capacitação empresarial para acesso e consolidação de mercados internos, com vista a incentivar a produção e o consumo de bens locais, através do desenvolvimento de ações que impactem de modo positivo no mercado.


Artista graciosense expõe durante as festas concelhias


Cláudia Medina, uma jovem artista graciosense vai expor os seus trabalhos durante as festas concelhias.

A cerimónia de abertura da exposição de pintura "Terra e Alma", terá lugar no átrio dos Paços do Concelho, no dia 7 de Agosto, sexta-feira, pelas 21:30. 
A exposição estará patente naquele espaço durante as Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres.

Festas de Nossa Senhora de Guadalupe começam hoje

As festas em honra de Nossa Senhora de Guadalupe decorrem na Freguesia de Guadalupe, até dia 4 de Agosto.
Para este dia de festa está marcada missa cantada às 20 horas, inauguração do bar às 21h00, para às 22h00 começar o arraial com a Filarmónica de Guadalupe, seguindo-se desfile da Marcha da Ribeirinha e às 00h00 Tributo aos Quinta do Bill.

AS festas de Guadalupe decorrem até terça-feira, 4 de Agosto.

Artigo de Opinião de José Ávila intitulado “Trapalhada ou embuste?”

Trapalhada ou embuste?

O programa do PSD e do CDS-PP para governar Portugal nos próximos quatro anos, foi apresentado publicamente na passada quarta-feira perante uma plateia de militantes desses dois partidos políticos que constituem a coligação.
Passos Coelho e Paulo Portas, nessa cerimónia, queriam muito falar do futuro mas apenas conseguiram falar no passado. Percebo essa postura. Passar as culpas da desgovernação dos últimos anos para outros é, no entender desses dois líderes partidários, a única maneira de se safarem. Esquecem-se que quem esteve antes já foi julgado nas urnas e que agora será a sua vez.
Creio que os reformados, os pensionistas, os funcionários públicos, os desempregados e os idosos, não esquecerão o papel que estes partidos tiveram nestes quatros anos de sofrimento e de falsidades. Na hora certa saberão dar a resposta…
Esta apresentação, curiosamente, veio logo a seguir a uma visita de Passos Coelho aos Açores. Esperava-se algumas respostas que não teve a coragem de dar sobre assuntos importantes para os Açores, como o caso da gestão partilhada dos recursos marinhos, que teima em não ceder às justas pretensões dos Açorianos, ou a questão do financiamento da Universidade dos Açores e da RTP-Açores, que teima em ignorar, ou a ausência da solidariedade aquando das intempéries de 2013, ao contrário do que fez com a Madeira, ou a questão da Base das Lajes.
Passos Coelho trouxe-nos uma mão cheia de nada e, ainda por cima, os social-democratas Açorianos, mesmo que quisessem, nada podem fazer, porque as suas ideias para o programa de governo do seu partido vão pelo cano abaixo, por uma razão muito simples: o programa foi fechado e apresentado lá fora no dia 29 de julhos e aqui, o PSD-Açores, continua a receber contributos para esse mesmo programa até ao dia 30 de agosto.
Das duas uma: ou se trata de mais uma trapalhada do PSD-Açores ou então estamos perante outro embuste. De qualquer dos modos esta prática denota um grande desrespeito pelos Açorianos.

Utilidade Pública


PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:

Períodos de céu muito nublado com abertas.
Aguaceiros fracos.
Vento oeste fraco a bonançoso (05/20 km/h), rodando para sudoeste a
partir da noite.
Mar encrespado a de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 1,5 metros.

Baixa-Mar às 19h38 com 0,3 m
Preia-Mar às 13h20 com 1,7 m

O Sol nasceu às 06h50 e vai pôr-se às 21h04
Índice de Ultravioleta 9, alto

A temperatura da água é de 23ºC

A temperatura do ar é de 22ºC e Humidade 93%

30 julho 2015

Seminário sobre a Apanha de Algas deu a conhecer forma correcta de recolha


A Associação de Pescadores Graciosenses realizou na tarde de Quarta-feira um Seminário sobre o tema “A Apanha de Algas”.
 As algas são há muito utilizadas nos Açores, quer para servirem na alimentação, constituindo uma iguaria na cultura gastronómica em algumas ilhas, quer para extracção de hidrocoloides (agár-agár). Neste ultimo caso, esta pesca já suportou uma indústria com alguma importância económica, gerando emprego na ilha da Graciosa.
Uma actividade que  foi reiniciada há 3 anos pela Associação de Pescadores Graciosenses e que tem vindo aumentar de ano para ano, mostrando-se como mais uma importante forma de rendimento para os Graciosenses.
Lázaro Silva, presidente da Associação de Pescadores, disse que tem sido uma iniciativa bem acolhida, contando com cerca de 60 a 70 apanhadores na Graciosa, mas também a actividade está a começar na Terceira e São Miguel, sendo a associação Graciosense a responsável pela recolha das algas para exportação para uma empresa luso espanhola.

Em representação de Ana Neto, da Universidade dos Açores, Rita Patarra deu a conhecer que actualmente são 15 a 20, as espécies de algas comercializadas na Europa e no nosso país são apanhadas em toda a costa de Portugal continental e das ilhas açorianas.
Esta investigadora referiu que as algas devem ser cortadas e não arrancadas, pois só assim se conseguirá manter os stocks. A alga ao ser arrancada deixa na pedra um lugar vazio, onde nunca mais volta a crescer, pois as algas invasoras aproveitam esse espaço.
Uma técnica que pode dificultar um pouco a apanha, mas que vai garantir que haja algas por muitos anos.

João Dias, representante da IberAgar, disse que as algas que a empresa tem comprado na Graciosa são de qualidade e são por isso utilizadas para uma indústria muito específica de biotecnologia.
Da alga da Graciosa é produzido um produto muito específico chamado agarose.

Fausto Brito e Abreu, Secretário Regional do Mar Ciência e Tecnologia, esteve presente no evento para falar sobre oportunidades para a criação de rendimento.
A apanha de algas é, para o secretário, o exemplo daquilo que se pode fazer para arranjar outras formas de rendimento, ligadas ao mar.
O secretário regional realçou ainda a importância de que os ecossistemas estejam protegidos e que a actividade de apanha de algas seja praticada de forma sustentável.
A lei impõe que as algas passem pela lota, ainda molhadas, o que gerou algum desconforto nos presentes, pois torna-se mais difícil o seu transporte, uma situação para a qual o secretário mostrou-se sensível.

O Secretário Regional do Mar elogiou o trabalho que está a ser desenvolvido pela Associação de Pescadores Graciosenses, que apanha e exporta algas para as indústrias alimentar, farmacêutica e biotecnológica.
“Na ilha Graciosa a apanha de algas para exportação está a funcionar como uma atividade complementar dos pescadores que rendeu cerca de 80 mil euros nos últimos dois anos”, referiu.
Brito e Abreu destacou ainda o potencial gastronómico das algas, área em que considerou “haver espaço para inovar, com novos pratos”, podendo funcionar como um atrativo turístico.
A promoção de atividades ligadas ao mar que garantam rendimentos complementares aos pescadores, como a cultura e a apanha de algas, e o melhor uso do conhecimento científico são medidas defendidas no plano “Melhor Pesca, Mais Rendimento” apresentado em abril deste ano pelo Governo dos Açores.

A apanha de algas pode ser feita até aos 10 metros de profundidade, os apanhadores de algas passarão a ter uma licença e também um diário de apanha, fornecido pela Associação de Pescadores Graciosenses.

Cortes de energia em São Mateus

A Electricidade dos Açores, S.A. vai interromper o fornecimento de energia elétrica, na Freguesia de São Mateus.

As zonas afectadas serão a Canada da Longa, Largo das Pedras Brancas e Trás dos Pomares, das 08h57 às 09h00 e das 16h27 às 16h30.

Estes cortes devem-se a trabalhos de manutenção.

Detenção de abusador sexual em São Miguel


A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, identificou e deteve um homem, de 37 anos de idade, presumível autor de um crime de abuso sexual de criança.
A conduta criminosa ocorreu na ilha de São Miguel, num contexto de relação de vizinhança, tendo o arguido cativado a atenção e empatia da vítima, uma menina com apenas 4 anos de idade, através da oferta de alguns artigos do interesse desta.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das adequadas medidas de coação. 

Museu apresentou agenda cultural de Agosto

O Museu da Graciosa deu a conhecer a agenda cultural para o mês de Agosto.

Durante o mês das festas concelhias a peça em destaque será um registo do Senhor Santo Cristo.
Os visitantes do Museu podem ainda apreciar a exposição Memórias de Santa Cruz da Graciosa, de 6 a 31 de Agosto, Memórias da Freguesia de Guadalupe, de 1 a 14 de Agosto e durante todo o mês a mostra do semestre, com exemplares do sistema tradicional de pesagem.
Em Agosto decorrerão ainda as habituais visitas guiadas à exposição permanente.


Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:

Períodos de céu muito nublado com abertas.
Aguaceiros especialmente a partir da tarde.
Vento fraco (05/10 km/h), tornando-se bonançoso a moderado (10/30 km/h)
de oeste.
Mar encrespado, tornando-se de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.

Baixa-Mar às 18h55 com 0,3 m
Preia-Mar às 12h36 com 1,6 m

O Sol nasceu às 06h49 e vai pôr-se às 21h05
Índice de Ultravioleta 6, alto

A temperatura da água é de 23ºC

A temperatura do ar é de 23ºC e Humidade 86%

29 julho 2015

Seminário sobre Apanha de Algas na Associação de Pescadores Graciosenses

A Associação de Pescadores Graciosenses acolheu na tarde de Quarta-feira um Seminário sobre o tema “A Apanha de Algas”.
 As algas são há muito utilizadas nos Açores, quer para servirem na alimentação, constituindo uma iguaria na cultura gastronómica em algumas ilhas, quer para extracção de hidrocoloides (agár-agár). Neste ultimo caso, esta pesca já suportou uma indústria com alguma importância económica, gerando emprego na ilha da Graciosa.
Uma actividade que depois de alguns anos uma actividade que foi reiniciada há 3 anos pela Associação de Pescadores Graciosenses e que tem vindo aumentar de ano para ano, mostrando-se como mais uma importante forma de rendimento para os Graciosenses.







Identificados autores de furto

A Esquadra de Santa Cruz da Graciosa identificou na passada Terça-feira os autores de um furto.

Nota do Comando Regional dá conta de que, “na sequência de diligências investigatórias efetuadas por elementos da Esquadra da PSP de Santa Cruz da Graciosa, da Divisão Policial de Angra do Heroísmo, identificou dos autores de um furto no interior de uma sociedade musical neste concelho, designadamente 03 indivíduos do sexo masculino, de 26, 16 e 15 anos de idade respetivamente, bem como foi recuperado a quantia furtada no montante de cento e dois euros e cinquenta e cinco cêntimos em numerário.”

No dia 28 de Julho ocorreram no arquipélago 08 acidentes de viação, dos quais resultaram 02 feridos ligeiros e danos materiais.

Passos Coelho diz-se empenhado em encontrar soluções para o sector do leite

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, assegurou que vai trabalhar de forma a encontrar soluções para os problemas que enfrenta o setor do leite nos Açores.
Passos Coelho salientou que, caso não sejam tomadas medidas, o rendimento dos produtores de leite da Região será “seriamente afetado”, tendo afirmado que é necessário continuar a procurar o apoio de outros países europeus para que sejam criados preços de referência, abaixo dos quais a União Europeia terá de atuar.
O presidente do PSD e primeiro-ministro de Portugal referiu que é igualmente preciso o apoio de outros países da União Europeia para que o Banco Europeu de Investimento crie, por exemplo, “linhas de apoio” para períodos em que o preço do leite pago à produção seja “excecionalmente baixo”.
Passos Coelho acrescentou que se continuar a governar Portugal vai alterar a legislação que for precisa com o objetivo de criar uma associação interprofissional do setor que possa “defender melhor os seus direitos”.
Em resposta a uma reivindicação do presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, que esteve presente no almoço, o líder do PSD deixou também a garantia de vai analisar a questão das contribuições para a segurança social pedidas aos jovens agricultores.

Passos Coelho mostrou “abertura” para que o assunto seja analisado “rapidamente” por um futuro governo liderado pelo PSD, de maneira a “afinar um bocadinho melhor” esta questão.

Valorização dos nossos recursos naturais é essencial ao desenvolvimento da Região

O aproveitamento das nossas potencialidades endógenas e exógenas é fundamental para o crescimento económico e social dos Açores, contribuindo para a o aumento da qualidade de vida da comunidade. Osório Silva intervinha no âmbito da sessão comemorativa do 20º aniversário da Grater, associação de desenvolvimento regional, que decorreu no dia 24 de julho, pelas 20h30, no Teatro Angrense.
“O arquipélago dos Açores possui um elevado nível de qualidade ambiental e uma enorme diversidade de recursos naturais. Como tal, devemos aproveitar esses recursos que a natureza nos oferece, tornando-os num motor de desenvolvimento da Região”, referiu.
“Com a crise atual, temos que planear o futuro e traçar estratégias rumo a um desenvolvimento sustentável, que contribua para a preservação do meio ambiente, considerando o futuro das gerações vindouras”, salientou.
O presidente da Grater apelou à sinergia entre as entidades públicas e privadas para a criação de projetos que visem a sustentabilidade da nossa Região, referindo que “cada um dos agentes deve assumir as suas responsabilidades, enfrentar os desafios que surgem e apresentar soluções eficientes.”
Osório Silva mencionou ainda a importância da aposta na qualificação dos recursos humanos em prol de uma sociedade mais coesa nas vertentes económicas e social.
“Um dos flagelos que nos atinge, atualmente, é o elevado número de pessoas que vivem no limiar da pobreza e exclusão social. Segundo a estratégia “Europa 2020”, é necessário apostar em mão-de-obra qualificada, criando condições que contribuam para a melhoria da qualidade de vida e bem-estar da população”, disse.
A Grater, fundada a 21 de Julho de 1995, tem como base promover o desenvolvimento rural e dar resposta às necessidades da população. 

Artigo de Opinião de João Costa intitulado “Candidato Fantasma ”

Candidatos fantasma?

É frequente ouvirmos dizer que alguns concursos de pessoal para lugares na administração pública são viciados ou que os lugares estão, à partida, destinados por esta ou aquela razão.
Sempre que ouço este tipo de comentários reafirmo que se os interessados não concorrerem não terão hipótese de aceder ao lugar, o que é como jogar no euromilhões, ou seja, só pode sair a quem jogar.
Mas nos concursos de pessoal não se trata de um jogo, mas sim de um procedimento em que se avaliam os candidatos, a respectiva competência e experiência e onde estes são examinados em provas especialmente desenhadas para cada lugar.
E no final é escolhido o melhor, ou pelo menos deveria ser assim!
A legislação para recrutamento e selecção de pessoal para funções públicas tem vindo a evoluir para evitar, cada vez mais, as badaladas formas que se vão relatando ao longo dos tempos em que surge a tal ideia de que certos lugares têm destinatário pré-seleccionado ou que certas vagas aguardam por um determinado candidato.
Mas a experiência e o tempo devem sempre aconselhar a melhorias para que não surjam lacunas ou formas de contornar a lei que se quer justa e possibilitadora de serem, de facto, seleccionados os melhores sem que apareçam formas de alguma adulteração da justiça que deve prevalecer nos concursos de pessoal.
Por vezes, ouvimos que há a possibilidade de ainda conseguir alterar a ordenação de candidatos através de mecanismos muito elaborados que, se em tese podem ocorrer, estamos em crer que não devem ter lugar ou estaríamos a falsear a verdade dos concursos de pessoal para a administração pública.
Estas eventualidades que, reafirmo, são vistas em abstracto, surgem por exemplo quando se atribuem pontos para diferentes critérios de selecção. Ou seja, se por exemplo são atribuídos aos diferentes candidatos a um determinado lugar um conjunto de pontos para o que tem mais experiência profissional  ou melhor curriculum e menos pontos para os seguintes, graduando essa pontuação isso pode resultar em que na conjugação de vários critérios de selecção a presença de candidatos a que se pode chamar de "fantasmas" virem a adulterar a ordenação final, caso esses candidatos "fantasma" venham a não aceitar o lugar por alguma razão.
Por exemplo, num concurso há 4 candidatos em que um tem o máximo de pontuação para a avaliação curricular e outro tem a segunda maior pontuação para essa avaliação, sendo que os restantes dois recebem os mesmos pontos por não terem um curriculum tão bom. Imagine-se que depois na prova de entrevista aquele que tinha o melhor curriculum obtém igualmente a melhor pontuação mas que entre os outros já é alterada a ordem anterior. Imagine-se ainda que no conjunto das provas o que perdeu pontos por ser apenas o segundo na avaliação curricular acaba colocado em terceiro na ordenação final. Imagine-se agora que o primeiro colocado, o tal com uma brilhante avaliação curricular, era um candidato "fantasma" e não aceita o lugar, sucedendo-lhe o seguinte naquela ordenação feita com base na pontuação obtida com o "desistente" ainda inserido nos critérios de ordenação. Resulta assim que podemos estar perante uma forma de adulterar a justiça que deve estar subjacente aos concursos de pessoal.

Não sei se isto acontece, mas quando alguém não aceita o lugar a que concorreu parece-me dever ser obrigatório uma reordenação dos candidatos sobrantes, pois podemos estar perante um artificialismo que acaba não valorizando aspectos que, no próprio concurso, eram valorizados.

Arte sem Capote a 5 de Agosto na Praça de Touros do Monte D´Ajuda

A Praça de Touros do Monte D´Ajuda recebe, às 19 horas, do dia 5 de Agosto um espectáculo de Arte sem Capote, com Anões.

Na ilha Graciosa estará um grupo de anões, toureiros e forcados que irão tourear touros da Ganadaria de Manuel Silva.

Twitter Facebook Favorites More