Traduzir

Loading...

segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Novo Porto do Topo, em S. Jorge

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia apresentou, no Topo, o projeto de melhoria das condições de operacionalidade e segurança do porto desta vila da ilha de S. Jorge, manifestando a convicção de que a nova infraestrutura permitirá promover o desenvolvimento económico e a criação de emprego.
Na intervenção que proferiu na cerimónia, o Secretário Regional salientou que esta obra, orçada em cerca de 2,2 milhões de euros, é uma necessidade antiga, recordando que a sua realização foi uma promessa eleitoral, que agora dá mais um passo para a sua concretização, através da apresentação pública do projeto.
"A pesca é uma atividade que beneficiará diretamente, mas o porto será um pólo de desenvolvimento também para outras atividades, como a náutica de recreio ou as atividades marítimo-turísticas, que estão a ter cada vez mais procura na Região", frisou.
O projeto hoje apresentado prevê a construção de um molhe cais mais rodado para norte, de modo a fechar mais a bacia portuária, ficando a frente de acostagem com 40 metros de comprimento.
O porto ficará dotado com uma área de terrapleno de 1.300 metros quadrados, com uma zona de cais acostável de cerca de 77 metros, mais 50 metros do que atualmente, e será também construída uma nova rampa de varagem, com 7,5 metros de largura.         
GaCS/FR

sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Resumo Semanal de 15 a 19 de Setembro de 2014

Câmara Municipal vai iniciar obras de recuperação do Centro Cultural

O Executivo Municipal de Santa Cruz da Graciosa reuniu no passado dia 11 de forma ordinária, nos Paços de Concelho.
No período antes da ordem do dia foi aprovado por unanimidade um voto de protesto à Atlanticoline, apresentado por João Cunha do PSD, “pela deficiente e penalizadora forma como na empresa Atlanticoline serve a ilha Graciosa e , ao mesmo tempo, solicita a quem tutela a matéria de transportes marítimos na nossa região autónoma, para que interceda junto daquela empresa de forma a que situações destas não voltem a acontecer”. Em causa está o cancelamento de 8 de Setembro e outras situações verificadas durante o Verão, como foi o caso dos horários durante as festas de Santo Cristo.
Entretanto, na assembleia regional, foi apresentado também um voto de protesto sobre esta matéria, pelo PSD, que foi chumbada pelo PS.
No período antes da ordem do dia, o vereador João Cunha pediu esclarecimentos sobre situações verificadas durante o I Campeonato Europeu de Fotografia Subaquática, mais concretamente problemas de som no Centro Cultural, com Conceição Cordeiro a dizer que a autarquia assume as responsabilidades, mas na sessão de encerramento tudo correu bem.
João Cunha indagou a autarquia sobre a manutenção do edifício, com o presidente da autarquia Avelar Santos a informar que alguns dos problemas vão ser resolvidos, nomeadamente ferragens e caixilharias, bem como abertura de uma porta de emergência na zona dos camarins.
António Reis do PSD alertou para a possibilidade de se colocar ar condicionado naquele edifício.
Na ordem de trabalhos da reunião camarária foi apenas aprovado um apoio ao Motoclub da Ilha Graciosa, no valor de 100 euros, com vista à deslocação de uma equipa à prova de Todo o Terreno da Ilha do Faial.





Termas do Carapacho poderão fechar

As dificuldades que têm rodeado o funcionamento das Termas do Carapacho fazem com que a empresa que as gere, esteja a ponderar o futuro.
Materiais inadequados e erros de projecto têm manchado o funcionamento das Termas do Carapacho, que nos 4 anos de funcionamento nunca conseguiram que todas as valências funcionassem em pleno.
Carlos Brum, da empresa Janelas da Natureza diz que para já não quer falar em encerramento, porque irão decorrer obras de remodelação novamente, nas quais estão a depositar grandes esperanças.
As obras, que poderão começar ainda este mês, serão decisivas para o futuro das Termas, pois Carlos Brum diz que não podem continuar a funcionar por mais tempo, com prejuízos constantes.
Carlos Brum defende ainda uma melhor utilização das águas termais, pois dos 4 furos existentes, apenas 1 está a ser utilizado.
A construção de uma piscina Termal ao ar livre é uma das ideias, que ainda se pode por em prática naquela zona, com vista o desenvolvimento do turismo termal na Graciosa.





Avaria em helicóptero leva a atraso de 10 horas numa evacuação

Uma avaria no helicóptero estacionado na Base Aérea das Lajes condicionou as evacuações médicas nos Açores, noticiou Domingo a RDP Açores.
“Uma doente graciosense esperou mais de 10 horas até ser transferida da Unidade de Saúde da Ilha Graciosa para o Hospital da Ilha Terceira.”
Fonte do gabinete de relações públicas da Força Aérea confirmou à Antena 1 o atraso na operação devido a uma avaria num dos helicópteros estacionados na base dos Açores, enquanto o outro está em trabalhos de manutenção.”
A                                                                                                                   mesma notícia avança ainda que “foi necessário reposicionar um helicóptero que se encontrava na ilha de Porto Santo, na Região Autónoma da Madeira.”
A paciente de 83 anos de idade que estava com insuficiência respiratória e não podia ser transportada por outros aviões da Força Aérea, uma vez que devido à falta de iluminação da pista não podem operar na Graciosa no período nocturno.





Lázaro Silva demite-se da Associação de Pescadores

A partir do dia 20 de Outubro deixa as suas funções de Presidente daquela Associação, cargo que desempenhou com muita dedicação ao longo de um ano e sete meses, defendendo sempre os interesses dos pescadores e associados.
Durante o seu mandato, Lázaro Silva fez de tudo o que estava ao seu alcance para que a associação funcionasse como tal e tentou cumprir todas as promessas propostas na sua candidatura, tendo faltado apenas a abertura da Peixaria.
Durante o seu mandato foram criadas várias iniciativas desde a compra de algas, venda de peixe pelos restaurantes, peixe seco e muitas outras acções tendo em vista a criação de condições para a evolução da actividade que quem está ligado ao mar.
Lázaro Silva que é também profissional da pesca, tomou esta decisão devido ao cansaço.
A reunião de Assembleia-geral, para escolha de novos corpos gerentes, será realizada a 20 de Outubro.





Bordado a branco da Graciosa poderá ter outras utilidades

A terceira edição da Residência Criativa, promovida pelo Centro Regional de Apoio ao Artesanato (CRAA), já está a decorrer em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira.
Esta iniciativa culmina um programa de visitas efetuadas por técnicos do CRAA e da Universidade do Minho às três unidades produtivas artesanais das ilhas Terceira e Graciosa que confecionam o bordado a branco, o qual se pretende valorizar.
O objetivo é criar uma linha de produtos de vestuário e de casa/lar com o tradicional bordado a branco sobre linho, mas também com produtos artesanais que utilizam outros materiais, designadamente a pedra de basalto, a madeira, o vime, o 'patchwork', a escama de peixe, o miolo de figueira e a palha de trigo.
O Centro Regional de Apoio ao Artesanato vai implementar, ainda neste ano, quiosques Pop Craft nas ilhas de Santa Maria, Terceira, Graciosa, São Jorge, Faial e Flores. O projeto PopCraft foi criado para aumentar a visibilidade das atividades artesanais nos Açores e prestar um maior apoio na comercialização dos seus produtos, numa perspetiva de renovação, dinamização e afirmação da imagem de marca coletiva de certificação ‘Artesanato dos Açores’.




Turismo na ilha Graciosa voltou a valores positivos em Julho

Na Região Autónoma dos Açores, no mês de Julho, os estabelecimentos hoteleiros registaram 160,6 mil dormidas, representando um decréscimo homólogo de 4,8%.
De Janeiro a Julho de 2014, nos estabelecimentos hoteleiros da Região Autónoma dos Açores (hotéis, hotéis-apartamentos, apartamentos turísticos, pousadas e pensões) registaram-se 574,8 mil dormidas, valor inferior em 0,6% ao registado em igual período de 2013.
Em termos de variações homólogas acumuladas, de Janeiro a Julho as ilhas que apresentaram variações homólogas positivas foram as da Graciosa, de Santa Maria, do
Corvo, de São Jorge e das Flores, respetivamente com, 19,9%, 17,2%, 10,5%, 7,7% e 3,6%.
As ilhas que apresentaram variações homólogas negativas foram as do Pico, do Faial, de
São Miguel e da Terceira, respetivamente com, 8,3%, 2,8%, 0,9% e 0,6%.
No passado mês de Julho a taxa de ocupação na Graciosa foi de 23.9% e estada média de 2.08 noites.
De Janeiro a Julho o serviço hoteleiro graciosense rendeu cerca de 201 mil 998 euros.




Deputados do PSD questionam localização de posto de combustível junto a moradias e ao Centro de Saúde

Os deputados do PSD eleitos por Santa Cruz da Graciosa entregaram um requerimento na Assembleia Legislativa Regional sobre o licenciamento de um posto de combustível e depósito de gás junto a residências e Centro de Saúde em Santa Cruz da Graciosa.
João Costa e Valdemiro Vasconcelos referem que “ há já algum tempo, foi noticiado que iria ser licenciado um posto de combustível e depósito de gás junto ao novo Centro de Saúde, num terreno cedido a preço simbólico pelo Governo Regional.
Recentemente foram vistas várias movimentações de terras, inclusivamente por máquinas e veículos da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa no referido terreno, fazendo antever o início de uma construção no local.”
Assim os deputados signatários solicitam ao Governo Regional acima de tudo que consequências para o valor venal e de mercado dos prédios circundantes, nomeadamente para as residências confinantes e quais as consequências ambientais para a zona circundante, com a instalação do posto de abastecimento e depósito de gás, bem como de foi equacionado o facto de a estrutura ficar nas imediações do Centro de Saúde.




Câmara Municipal aprovou protocolo de 3 mil euros com a Junta de Guadalupe

A Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, aprovou por unanimidade, na sua reunião de 28 de Agosto, o contrato a celebrar com a Junta de Guadalupe sobre o sintético.
O protocolo da cedência do campo sintético de Guadalupe, tem o valor de 3 mil euros anuais, metade do valor do ano passado. Este facto foi motivo de alerta do vereador João Cunha, que depois da votação realçou que se trata de um valor reduzido, em comparação com gastos noutras instalações desportivas.


 


Peixe capturado tem diminuído este ano

A Pesca descarregada na ilha Graciosa diminui nos primeiros 7 meses deste ano.
Segundo dados do Serviço Regional de Estatística, no passado mês de Julho foram descarregados 14.947 kg de peixe, menos 2.800 kg do que no mesmo mês de 2013.
De Janeiro até ao final de Julho, foram descarregados na Graciosa 85.986 kg de peixe, uma redução de 2.396 kg, em comparação com o mesmo período do ano passado.



Visitas Estatutárias reforçam a proximidade entre o Governo e as ilhas

O Presidente do Governo destacou a importância que assumem as visitas estatutárias que, anualmente, se realizam a Santa Maria, Graciosa, São Jorge, Pico, Flores e Corvo por permitirem a cada membro do Executivo um contacto mais direto e mais próximo com um conjunto de assuntos da respetiva tutela.
“Na medida em que permitem um contacto de cada um dos membros do Governo com os Açorianos de cada uma das ilhas, com as instituições e com as áreas que, diretamente, dizem respeito à sua tutela, estas visitas cumprem, claramente, o seu objetivo”, afirmou Vasco Cordeiro, após reunião com o Conselho de Ilha do Corvo.
Estas visitas de todo o Governo decorrem com regularidade anual a Santa Maria, Graciosa, São Jorge, Pico, Flores e Corvo, ilhas que não têm sedes de Departamentos do Governo.
Segundo Vasco Cordeiro, as visitas estatutárias não se destinam apenas para o Governo apresentar o trabalho que está a desenvolver em cada uma das áreas, mas também para o Executivo poder recolher a avaliação e a opinião das entidades representativas dos diversos setores das ilhas.
“É sintomático desta perspetiva o facto de o Governo iniciar a sua participação nas reuniões com os Conselhos de Ilha dando a conhecer uma perspetiva mais regional da sua atuação”, frisou Vasco Cordeiro, para quem esta opção permite que os diversos Conselhos de Ilha tenham uma visão, não apenas da sua ilha, mas também do que está a ser feito a nível regional.

Para reforçar essa política de proximidade, o Governo dos Açores decidiu, no início desta Legislatura, implementar nas visitas estatutárias momentos destinados a receber a população de cada ilha, que, também por essa via, pode apresentar diretamente aos secretários regionais os assuntos que considere relevantes. 

Deslocação de especialistas para unidades de saúde deve ser dinâmica

Luís Cabral salientou, durante a visita do Governo Regional às Flores e ao Corvo, que as deslocações para qualquer unidade de saúde devem ser um processo dinâmico, porque a procura também é dinâmica, devendo, por isso, passar a ser “mais frequentes, embora durante menos tempo”, por se considerar que “uma maior mobilidade serve melhor as pessoas”.

O Secretário Regional clarificou que o período de dois em dois meses a que se referiu em declarações prestadas nas Flores era apenas um exemplo e não uma regra, frisando que o que está definido com as unidades de saúde e com os hospitais é que a frequência dependerá de cada especialidade e de cada ilha, “em função da marcação das consultas e dos exames”.

Câmara Municipal aprovou protocolo de 3 mil euros com a Junta de Guadalupe

 A Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, aprovou por unanimidade, na sua reunião de 28 de Agosto, o contrato a celebrar com a Junta de Guadalupe sobre o sintético.

O protocolo da cedência do campo sintético de Guadalupe, tem o valor de 3 mil euros anuais, metade do valor do ano passado. Este facto foi motivo de alerta do vereador João Cunha, que depois da votação realçou que se trata de um valor reduzido, em comparação com gastos noutras instalações desportivas.

Peixe capturado tem diminuído este ano

 
A Pesca descarregada na ilha Graciosa diminui nos primeiros 7 meses deste ano.
Segundo dados do Serviço Regional de Estatística, no passado mês de Julho foram descarregados 14.947 kg de peixe, menos 2.800 kg do que no mesmo mês de 2013.
De Janeiro até ao final de Julho, foram descarregados na Graciosa 85.986 kg de peixe, uma redução de 2.396 kg, em comparação com o mesmo período do ano passado.




Torneio de Xadrez "Open São Francisco" já este Sábado

 
Este sábado, dia 20 de Setembro vai realizar-se o 1.º Torneio de Xadrez "Open São Francisco".
O evento, que terá lugar no pavilhão multiusos pelas 16 horas, é organizado pelos xadrezistas Graciosenses, com o apoio da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa.
Como se trata de um open, podem participar todas as pessoas interessadas, desde que saibam jogar xadrez. Basta fazer a sua inscrição no local da prova, 15 minutos antes do seu início.
O evento conta para já com 14 inscrições, das quais 4 atletas do Grupo Desportivo "Os Neurónios", da ilha de São Miguel.

Entrevista com Ana Cecília Aguiar


No espaço de entrevista desta Sexta-feira é nossa convidada Ana Cecília Aguiar, artesã de escamas de peixe e alfenim.

Uma entrevista para ouvir às 17h30 ou em www.radiograciosa.com

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado com boas abertas.
Aguaceiros fracos na madrugada e manhã.
Vento norte moderado (20/30 km/h),
rodando para nordeste e gradualmente tornando-se fraco (05/12 km/h).
MAR DE PEQUENA VAGA, TORNANDO-SE ENCRESPADO.
Ondas noroeste de 2 metros, tornando-se oeste de 3 metros.

Baixa-mar será às 16h59 com 0.9 metros.                                                                  
Preia-mar será às 15h38 com 1.7 metros.

O sol nasceu às 07h33 e põe-se às 19h50
Índice de Ultravioleta 6, alto

A temperatura da água é de 23ºC.

A temperatura do ar é de 18ºC, Humidade 88% 

quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Turismo na ilha Graciosa voltou a valores positivos em Julho

Na Região Autónoma dos Açores, no mês de Julho, os estabelecimentos hoteleiros registaram 160,6 mil dormidas, representando um decréscimo homólogo de 4,8%.

De Janeiro a Julho de 2014, nos estabelecimentos hoteleiros da Região Autónoma dos Açores (hotéis, hotéis-apartamentos, apartamentos turísticos, pousadas e pensões) registaram-se 574,8 mil dormidas, valor inferior em 0,6% ao registado em igual período de 2013.
De Janeiro a Julho, os residentes em Portugal atingiram cerca de 229,5 mil dormidas, correspondendo a um acréscimo homólogo de 8,6%; os residentes no estrangeiro atingiram 345,3 mil dormidas, registando uma diminuição em termos homólogos de 5,9%.
Neste período registaram-se 191,1 mil hóspedes, apresentando uma taxa de variação positiva de 1,9% relativamente ao mesmo período de 2013. No país, apresentaram uma variação de 11,6%.
Em termos de variações homólogas acumuladas, de Janeiro a Julho as ilhas que apresentaram variações homólogas positivas foram as da Graciosa, de Santa Maria, do
Corvo, de São Jorge e das Flores, respetivamente com, 19,9%, 17,2%, 10,5%, 7,7% e 3,6%.
As ilhas que apresentaram variações homólogas negativas foram as do Pico, do Faial, de
São Miguel e da Terceira, respetivamente com, 8,3%, 2,8%, 0,9% e 0,6%.
A ilha de S. Miguel com 392,9 mil dormidas concentrou 68,4% do total das dormidas,
seguindo-se a Terceira com 81,1 mil dormidas (14,1%) e o Faial com 43,3 mil dormidas
(7,5%).
Os dados do Serviço Regional de Estatística revelam que, no passado mês de Julho a taxa de ocupação na Graciosa foi de 23.9% e estada média de 2.08 noites.
De Janeiro a Julho o serviço hoteleiro graciosense rendeu cerca de 201 mil 998 euros.




Deputados do PSD questionam localização de posto de combustível junto a moradias e ao Centro de Saúde

Os deputados do PSD eleitos por Santa Cruz da Graciosa entregaram um requerimento na Assembleia Legislativa Regional sobre o licenciamento de um posto de combustível e depósito de gás junto a residências e Centro de Saúde em Santa Cruz da Graciosa.
João Costa e Valdemiro Vasconcelos referem que “ há já algum tempo, foi noticiado que iria ser licenciado um posto de combustível e depósito de gás junto ao novo Centro de Saúde, num terreno cedido a preço simbólico pelo Governo Regional.
Recentemente foram vistas várias movimentações de terras, inclusivamente por máquinas e veículos da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa no referido terreno, fazendo antever o início de uma construção no local.
Ao que se sabe o Governo Regional terá dado autorização para instalação de um posto de combustível e depósito de garrafas de gás no terreno em questão que se situa junto a moradias, em frente ao novo Centro de Saúde de Santa Cruz da Graciosa numa rotunda que ali foi implantada.”
Os deputados social democratas “cientes das preocupações de segurança e ambientais manifestadas por residentes na zona onde é indicado ter havido o respectivo licenciamento bem como conscientes da consequente degradação do valor dos prédios limítrofes e da qualidade de vida no local, para além de que se trata da zona de acesso ao Centro de Saúde da Ilha, não podem deixar de questionar o Governo regional sobre todo o processo relativo a este suposto licenciamento”

Assim os deputados signatários solicitam ao Governo Regional acima de tudo “que consequências para o valor venal e de mercado dos prédios circundantes, nomeadamente para as residências confinantes e quais as consequências ambientais para a zona circundante, com a instalação do posto de abastecimento e depósito de gás, bem como de foi equacionado o facto de a estrutura ficar nas imediações do Centro de Saúde.

Governo já está a trabalhar nas alterações para melhorar acessibilidades aéreas interilhas

O Presidente do Governo garantiu, terça-feira, que o seu Executivo já está a trabalhar na revisão das Obrigações de Serviço Público (OSP) de transporte aéreo entre os Açores, no sentido de assegurar melhores acessibilidades aos Açorianos das nove ilhas do arquipélago.

Vasco Cordeiro, que falava aos jornalistas após a reunião do Governo dos Açores com o Conselho de Ilha das Flores, salientou que, neste processo de revisão das OSP internas, é, porém, fundamental que a Região veja aprovadas, pelo Governo da República, as Obrigações de Serviço Público entre os Açores, o Continente e a Madeira.
A 18 de julho deste ano, o Presidente do Governo anunciou a conclusão das negociações com o Governo da República sobre o novo modelo de OSP nas ligações aéreas entre os Açores e o Continente e a Madeira, que prevê que os Açorianos paguem um valor máximo de 134 euros pelas suas deslocações e a liberalização das rotas entre o Continente e São Miguel e a Terceira.
Na sequência deste acordo global, seguem-se outros passos, nomeadamente, a aprovação em Conselho de Ministros e comunicação por parte do Governo da República à Comissão Europeia das respetivas alterações às OSP.


PCP insiste na redução de 10% na fatura da EDA

O PCP insiste na proposta que apresentou no ano de 2012 – e que foi rejeitada por PS, PSD e CDS, para que seja criada uma “redução, especial e transitória, de 10% no valor mensal a faturar a cada consumidor de eletricidade, independentemente do tipo e da potência contratada, para vigorar durante o ano de 2015 e a ser suportada financeiramente pelos proveitos da EDA, SA.”

O PCP recorda que o preço médio de venda da eletricidade em baixa tensão normal (BTN), que abrange os consumidores domésticos, aumentou 15,8% entre 2009 e 2013, o que levou a que os proveitos da EDA, antes de impostos, subissem de 58 para 85,3 milhões de Euros no mesmo período.
Observe-se ainda que, neste mesmo período, entre 2009 e 2013, a EDA distribuiu 17,5 milhões de Euros em dividendos, sendo que cerca de metade desse valor foi distribuído aos acionistas privados. Apenas no ano de 2013 o resultado operacional da empresa foi de quase 44 milhões euros, o que representa um acréscimo de 37% face aos 32 milhões de euros de 2012.

Uma redução de 10% na fatura da eletricidade para as famílias e empresas açorianas corresponderia, grosso modo, a 10,5 milhões de Euros, um valor que não afetaria a solidez financeira da empresa, nem a continuação dos seus investimentos, disse Aníbal Pires.

Quintas na Praça hoje com a Filarmónica de Guadalupe

Esta Quinta-feira realiza-se mais uma noite denominada Quintas na Praça.
 A Filarmónica União Progresso de Guadalupe animará a noite da Praça Fontes Pereira de Melo a partir das 22:00, pois devido às condições atmosféricas adversas das últimas semanas, ainda não atuou.



Artigo de Opinião de José Ávila intitulado “ A nossa televisão ”

A nossa televisão

A RTP-Açores, no meu entendimento, é imprescindível aos Açores. Representa o traço de união entre todos os Açorianos, de Santa Maria ao Corvo.
Quando surgiu, no dealbar da nossa autonomia política e administrativa, a RTP-Açores era a única estação televisiva que os Açorianos podiam sintonizar. Foi com ela que vimos as primeiras novelas, foi através dela que nos habituamos a ver o que acontecia nas outras ilhas, no continente e no mundo, foi por ela que desfilaram figuras conhecidas de todas as ilhas, foi por causa dela que aprendemos a respeitar e a conhecer melhor as nossas tradições.
No passado esta estação viveu momentos de grande criatividade, quer na produção de programas que os especialistas valorizaram, quer na realização de séries em que a imaginação e o profissionalismo tratavam de arranjar soluções para a falta de meios técnicos.
Foi um período áureo desta estação regional que coincidiu com a dispersão pelas ilhas de alguns meios, nomeadamente os correspondentes, que permitiam enviar para um dos centros regionais peças dos acontecimentos locais para os programas de informação, mais ou menos formais, que emitiam de manhã, à tarde e à noite.
No passado recente a RTP-Açores, à conta das enormes restrições financeiras, sofreu um ataque que reduziu o serviço público a quase nada. Vimos desaparecer programas, reduzir noticiários, sair gente com muito valor. Esta fase coincidiu com a proliferação de canais e com a revolução tecnológica que permite a qualquer cidadão ter um canal próprio ou mesmo fazer uma reportagem com um simples telemóvel.
A RTP-Açores vive, neste momento, tempos difíceis, não só pela indefinição, mas também pela demora em arranjar uma solução sustentada que permita àquela estação prestar um verdadeiro serviço público em todas as ilhas dos Açores.
Hoje, com a revolução verificada no audiovisual, provavelmente podíamos viver sem ela, mas de certeza que não seria a mesma coisa.



   

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:
Períodos de céu muito nublado com boas abertas para a tarde.
Aguaceiros especialmente na madrugada e manhã.
Vento noroeste bonançoso (10/20 km/h), tornando-se moderado (20/30 km/h)
e rodando para norte.
MAR DE PEQUENA VAGA A CAVADO.
Ondas norte 2 metros.

Preia-mar será às 22h15 com 1.3 metros.
Baixa-mar será às 16h10 com 0.7 metros.

O Sol nasceu às 07h32 e vai pôr-se às 19h52
Índice de Ultravioleta 5, moderado

A temperatura da água é de 22ºC

A temperatura do ar é de 20ºC e Humidade 94%

quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Bordado a branco da Graciosa poderá ter outras utilidades

A terceira edição da Residência Criativa, promovida pelo Centro Regional de Apoio ao Artesanato (CRAA), já está a decorrer em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira.

Esta iniciativa culmina um programa de visitas efetuadas por técnicos do CRAA e da Universidade do Minho às três unidades produtivas artesanais das ilhas Terceira e Graciosa que confecionam o bordado a branco, o qual se pretende valorizar.
O objetivo é criar uma linha de produtos de vestuário e de casa/lar com o tradicional bordado a branco sobre linho, mas também com produtos artesanais que utilizam outros materiais, designadamente a pedra de basalto, a madeira, o vime, o 'patchwork', a escama de peixe, o miolo de figueira e a palha de trigo.
Os três grupos de trabalho criados para potenciar a Residência Criativa visam ainda especificar o mercado-alvo de uma submarca da certificada marca 'Artesanato dos Açores', criar novos produtos, organizar um evento para o lançamento dos produtos das três residências criativas promovidas pelo CRAA e consolidar a marca numa estratégia de implantação continuada ao nível dos mercados nacional e internacional.
“A organização desta Residência Criativa visa não só projetar a imagem do bordado a branco, numa perspetiva de renovação, dinamização e afirmação do Artesanato dos Açores, mas também assegurar a sustentabilidade das indústrias e associações existentes, correspondendo, aliás, a um anseio que vinham evidenciando”, afirmou Sofia de Medeiros, diretora do Centro Regional de Apoio ao Artesanato.
O Centro Regional de Apoio ao Artesanato vai implementar, ainda neste ano, quiosques Pop Craft nas ilhas de Santa Maria, Terceira, Graciosa, São Jorge, Faial e Flores. O projeto PopCraft foi criado para aumentar a visibilidade das atividades artesanais nos Açores e prestar um maior apoio na comercialização dos seus produtos, numa perspetiva de renovação, dinamização e afirmação da imagem de marca coletiva de certificação ‘Artesanato dos Açores’.


Semanas Loucas nas lojas Ofereça Açores até 05 Outubro


Até 05 de Outubro, dezenas de estabelecimentos aderentes ao Ofereça Açores têm centenas de artigos em promoção. São as “Semanas Loucas”, iniciativa promovida pela Câmara do Comércio das ilhas Graciosa, Terceira e São Jorge.
As Semanas loucas consubstanciam-se numa comunicação forte de descontos especiais que as lojas do comércio local têm em vigor até início do mês de Outubro.

Os Restaurantes e lojas aderentes a esta iniciativa podem ser consultados em www.oferecaacores.com

Piscina Municipal registou 5.150 visitas

A Piscina Municipal encerrou na passada Segunda-feira, dia 15 de Setembro.

Este ano não houve necessidade de alargar por mais algumas semanas o seu funcionamento, devido às alterações climáticas que se tem feito sentir.
Segundo informação da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, aquela estrutura de banhos funcionou bem durante este Verão e foram registadas 5.150 entradas.

De referir ainda que este número, corresponde apenas às entradas pagas, pois as crianças não pagam e correspondem a uma faixa etária que frequenta muito a piscina.

PSP da Graciosa prossegue com as operações de fiscalização rodoviária

A Esquadra da PSP de Santa Cruz da Graciosa realizou uma operação de fiscalização rodoviária na Segunda-feira.
O Comando Regional informou que foram fiscalizados 19 veículos e detetadas 03 infrações de natureza contraordenacional, nomeadamente por estacionamentos irregulares e falta de documentos.

Na sinistralidade rodoviária ocorreram, nos Açores, no dia 15 de Setembro, um total de 08 acidentes de viação, dos quais resultaram danos materiais.

Moisés Cunha vai formar direcção no Graciosa Futebol Club

O Graciosa Futebol Club convocou os sócios para uma reunião de Assembleia-geral, no passado dia 12 de Setembro, com vista a análise do futuro do clube.
Uma vez que não havia direcção, Moisés Cunha apresentou-se para liderar uma direcção, que está agora a formar.

O clube vai assim manter-se aberto e no desporto dedica-se, novamente este ano, aos escalões de formação em futebol.

Artigo de Opinião de João Costa intitulado “ Pela vossa saúde “

Pela vossa saúde!


Não há bem mais precioso do que a saúde!
Contudo, na ilha Graciosa, com os seus cerca de 4000 habitantes e esporádicos visitantes, é o bem mais escasso do momento!
Na Graciosa vive-se o pior que alguma vez se viveu em termos de problemas com a saúde dos graciosenses.
A unidade de ilha está à deriva, sem administração e sem rumo.
A Presidente do Conselho de Administração está, legitimamente, ausente e a vogal de enfermagem que acumulava mais funções, também legitimamente, aposentou-se.
Nos bastidores das políticas das nomeações vai faltando quem pense na saúde dos habitantes, que reclamam com maior legitimidade que acabe de vez o desgoverno que se apoderou da ilha.
A saúde vai faltando, faltam consultas que demoram meses a realizar-se, publicam-se concursos que aparecem e desaparecem sem se concretizar e continua o drama das receitas por aviar, dos pedidos fora da ilha por um medicamento que preserva uma vida.
Que bem mais precioso se pode negar a uma comunidade fechada numa pequena ilha?!?
É mais do que um dever ou uma obrigação não esquecer o que se está a passar com a Ilha Graciosa.
É, também, revoltante assistir à degradação de algumas instituições supostamente representativas dos Graciosenses, entregues à passividade perante o constante abismo para onde se caminha!
Rolam milhões de obra em obra, muitos milhões que não se cansam de repetir à exaustão, mas assiste-se a um cataclismo na saúde da ilha.
O retrocesso civilizacional não está certamente no novo Centro de Saúde e nos muitos milhões que custou. Não está no Hotel ou nas Termas nem nos mais de uma dezena de milhões que ali se investiu. Não há falta de modernidade no Museu nem na Praça de Santa Cruz e os milhões gastos nestes projectos são a menina dos olhos do poder que manda na Graciosa.
Mas é um verdadeiro atraso de vida a relação dos graciosenses com a prestação de cuidados de saúde.
Os responsáveis de toda esta amálgama têm nome e nem se cansam de manifestar orgulho na forma como gerem a vida dos graciosenses!
São o Governo e o "Partido que Governa a Ilha".
Num lugar de beleza vertiginosa, de paisagens edílicas, de luares inesquecíveis e fundos marinhos inigualáveis, também vivem pessoas que merecem o respeito, a consideração, a atenção e a saúde que lhes está a ser negada!
Estou certo de que a grande maioria dos graciosenses partilha esta indignação que vão transmitindo a quem os queira ouvir e não lhes vire a cara.
Muitos mais, fora da ilha ou emigrados, conhecem esta indignação de quem, na Graciosa, sofre por cuidados de saúde.
E certamente que nos Açores todos devem lutar para que a Graciosa não continue abandonada à sua sorte!
A ilha é pequenina, é certo, e significa pouco em certos contextos regionais. Mas não existe contexto regional sem contar com a ilha Graciosa, tal como não existem ultra periferias europeias sem contar com os Açores!
Na periferia do isolamento vivem graciosenses, açorianos, portugueses e europeus, que cultivam a terra, que desbravam o mar e que correm atrás de uma vida melhor. Que também são contribuintes numa região onde o poder político cuida muito bem dos seus, mas descuida todos os outros!



Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE:

Períodos de céu muito nublado com boas abertas.
Vento norte moderado (20/30 km/h), rodando para noroeste.
Mar de pequena vaga a cavado.
Ondas norte 3 metros, diminuindo para 2 metros.

Preia-mar será às 21h06 com 1.2 metros.
Baixa-mar será às 15h00 com 0.8 metros.

O Sol nasceu às 07h32 e vai pôr-se às 19h54
Índice de Ultravioleta 6, alto

A temperatura da água é de 21ºC.

A temperatura do ar é de 18ºC e Humidade 68%

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Lázaro Silva demite-se da Associação de Pescadores

Lázaro Silva apresentou a sua demissão da Associação de Pescadores Graciosenses.

A partir do dia 20 de Outubro deixa as suas funções do cargo de Presidente daquela Associação, cargo que desempenhou com muita dedicação ao longo de um ano e sete meses, defendendo sempre os interesses dos pescadores e associados.

Durante o seu mandato foram criadas várias iniciativas desde a compra de algas, venda de peixe pelos restaurantes, peixe seco e muitas outras acções tendo em vista a criação de condições para a evolução da actividade que quem está ligado ao mar.

Lázaro Silva que é também profissional da pesca, tomou esta decisão devido ao cansaço.

A reunião de Assembleia-geral, para escolha de novos corpos gerentes, será realizada a 20 de Outubro.


Exame de radiotelefonista a 14 de Outubro na Graciosa

A Autoridade Marítima Nacional, em coordenação com a Delegação Marítima de Santa Cruz da Graciosa, irá deslocar no dia 14 de Outubro, pelas 14 horas,  à Ilha Graciosa um examinador credenciado que realizará o exame  de radiotelefonista classe “A”.

Os interessados deverão efetuar a sua inscrição na Delegação Marítima de Santa Cruz da Graciosa fazendo-se acompanhar do Cartão de Cidadão/Bilhete de Identidade actualizados, nº de contribuinte, Carta de Navegador de Recreio ou Cédula Marítima válidas, cópia do cartão de operador caducado, ou a caducar e 1 fotografia tipo passe.

No acto da inscrição serão pagos 79,40€ e no dia do exame é obrigatório a apresentação do Cartão de Cidadão/Bilhete de Identidade, sem o qual não será possível realizar o exame.

Centrais Sindicais querem criação de mais e melhor emprego no orçamento dos Açores de 2015

As centrais sindicais UGT e CGTP-IN defenderam a criação de emprego nos Açores "com direitos e estabilidade", assim como o aumento do complemento dado ao salário mínimo como uma das prioridades para o orçamento regional de 2015.

“É preciso criar emprego, mas é preciso que este emprego se prolongue no tempo e isto é fundamental sobretudo nas ilhas mais pequenas”, disse Vítor Silva, dirigente da CGTP-IN, após uma audiência com o presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro.
O presidente do Governo Regional iniciou hoje uma ronda de contactos com parceiros sociais e partidos políticos no âmbito da auscultação sobre as antepropostas de Orçamento Regional e de Plano Anual para 2015.
Além da questão do desemprego na região, Vítor Silva alertou também o Governo açoriano para a necessidade de criar emprego com “direitos e estabilidade”, defendendo o aumento "do acréscimo regional ao salário mínimo nacional" dos atuais 5% para 7,5%.
A questão de "políticas de crescimento económico, investimento reprodutivo e emprego" foram as principais preocupações transmitidas pela UGT ao presidente do Governo açoriano.
Já o presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, disse que as preocupações deste setor têm a ver com "investimentos que ainda são necessários fazer", nomeadamente "a nível de caminhos, abastecimento de água, luz às explorações e sistemas de incentivos à compra de terrenos", além de melhores transportes.
O presidente da Federação das Pescas dos Açores, José António Fernandes, apontou a necessidade de um reforço das verbas para apoio social a pescadores e armadores, já que alguns profissionais da pesca "foram muito penalizados" nos últimos meses.

Por sua vez, o presidente da Câmara do Comércio e Indústria dos Açores, Humberto Goulart, preconizou a necessidade de privilegiar e "reforçar os apoios às atividades ligadas à produção, bens e serviços, salvaguardar no seu essencial a base empresarial e desenvolver uma estratégia regional baseada em estratégias de ilha".

Plano Regional para promover o sucesso escolar

O Presidente do Governo dos Açores anunciou na Horta, uma série de medidas de combate ao insucesso e ao abandono escolar precoce, um dos principais desafios do sistema educativo regional, que vai contar com um Plano Regional composto por projetos especificamente destinados a este objectivo.

O Presidente do Governo adiantou que este Plano vai congregar os projetos em curso e outros ainda a delinear e a implementar com e para as escolas dos Açores.
Este ano letivo, vai ser disponibilizado, nos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, a todas as escolas, um crédito horário letivo adicional de mais 90 minutos semanais divididos entre as disciplinas de Português e de Matemática.
Projeto Fénix a 18 unidades orgânicas, passando dos 26 projetos desenvolvidos em 2013/14 para um total de 37 projetos neste ano letivo, através do seu alargamento a vários anos de escolaridade, disse.
Ambos os projectos vão decorrer mais uma vez este ano na Escola Secundária de Santa Cruz da Graciosa.
Outra das novidades anunciadas pelo Presidente do Governo tem a ver com a criação dos mediadores escolares, que vão ajudar alunos com percursos marcados pelo insucesso e risco de abandono escolar a “desmontar crenças negativas ao nível da autoestima e do autoconhecimento, a descobrir áreas vocacionais de interesse, a gerir o tempo e o estudo, a ser persistentes e autónomos, para concluírem a sua escolaridade com o sucesso desejado”.
Oito escolas dos Açores vão implementar este projeto, para depois ser alargado a mais escolas.


PSP fiscalizou 14 veículos no Domingo


A Esquadra da PSP de Santa Cruz da Graciosa efectuou uma operação de fiscalização rodoviária no passado Domingo.

Segundo nota do Comando Regional foram fiscalizados 14 veículos e  detetadas duas infrações de natureza contraordenacional, uma por condução de veículo automóvel, sem fazer uso de acessório de segurança obrigatório (cinto) e por falta de documentos.

No fim de semana, de 5 a 7 de Setembro, correram nos Açores 26 acidentes de viação, dos quais resultaram 03 feridos graves; 02 feridos ligeiros e danos materiais.

Evacuação de tripulante de navio porta-contentores ao largo do Faial


O pedido de auxílio foi recebido pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada) pelas 15h00, horas locais, tendo, de imediato, contactado o Centro de Orientação de Doentes Urgentes Mar (CODU-MAR) do INEM, que identificou a necessidade de evacuação urgente do tripulante.
O MRCC Delgada assumiu a coordenação das operações, tendo solicitado ao Centro de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes (RCC Lajes) o empenhamento de um helicóptero da Força Aérea EH-101 Merlin, que descolou do aeroporto da Horta, com uma equipa médica a bordo, rumo ao encontro do navio mercante, que navegava a cerca de 526 quilómetros ( 286 milhas náuticas) a sueste do Faial - Açores.

A operação de evacuação foi executada com sucesso, tendo o helicóptero aterrado na Base das Lajes, de onde o tripulante evacuado foi transportado em estado estável para o Hospital Santo Espírito de Angra do Heroísmo por uma ambulância Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA).

Utilidade Pública

PREVISÃO DO ESTADO DO TEMPO PARA HOJE: Períodos de céu muito nublado com abertas.
Aguaceiros especialmente na madrugada e manhã.
Vento norte fresco (30/40 km/h) com rajadas até 55 km/h, tornando-se
moderado (20/30 km/h).

Mar cavado.
Ondas noroeste de 3,5 metros, passando a norte e diminuindo
para 2 a 3 metros.

Preia-mar será às 19h31 com 1.2 m
Baixa-mar será às 13h29 com 0.8 m

O Sol nasceu às 7h31 e vai pôr-se às 19h55
Índice de Ultravioleta 6, alto

A temperatura da água é de 22ºC

A temperatura do ar é de 19ºC, Humidade 83%

Twitter Facebook Favorites More