Traduzir

13 junho 2017

João Costa acusa Governo de falhar prazo de construção da Torre de Controlo na Graciosa

João Costa, deputado do PSD/Açores eleito pela Graciosa questionou o Governo regional sobre a construção da Torre de Controlo do aeródromo da Graciosa, cujo anúncio de concurso para execução foi publicado em Diário da República a 20 de junho de 2016 e que pressuponha uma obra com duração de 365 dias, ou seja, um ano.
Num requerimento entregue na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, João Bruto da Costa sublinha que, “passado quase um ano da sua publicação, nada mais se sabe sobre esta obra e sobre as razões para a mesma não estar a ser inaugurada” na visita estatutária do executivo açoriano à Graciosa.
Além disso, o deputado lamenta que não se tenha clarificado sobre se vai ser integrada a anunciada Torre de Controlo na “novíssima” aerogare da Graciosa, uma obra a ser executada pela SATA e reiteradamente adiada ao longo dos últimos anos e que, embora só exista em projeto, “já é considerada a melhor e mais funcional” dos Açores.
João Bruto da Costa, afirma,  no requerimento entregue no Parlamento açoriano, que “depois da Região ver uma das suas aerogares ser considerada a pior do país, todos fazem votos de que os anúncios em ano eleitoral sejam mais do que virtuais, pois seria mais uma vez o logro dos anúncios de obras que só aparecem passado uma década”.



Twitter Facebook Favorites More