Traduzir

11 janeiro 2020

Resumo Semanal de 6 a 10 de Janeiro de 2020

Filarmónica Recreio dos Artistas festejou 107 anos e deu a conhecer projetos para o futuro

José Bettencourt, que foi eleito para mais um mandato à frente da instituição, anunciou que o objetivo para 2020 será a elaboração de um projeto para uma sala de ensaios.
A aposta vai continuar na formação e apoio à banda, tendo o presidente da Filarmónica Recreio dos Artistas lamentado que a cultura, continue com apoios mais reduzidos, do que os do desporto.
Manuel Avelar Santos, Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, destacou não só a importância do valor cultural e didático das filarmónicas, mas também a transmissão de valores aos jovens.
O autarca destacou ainda que a filarmónica de Santa Cruz, é a banda da ilha que tem mais jovens na sua formação.
A Diretora Regional da Cultura, Susana Costa, esteve presente nestas comemorações, em representação do Governo e destacou o papel fundamental que as filarmónicas têm no panorama cultural açoriano.



Bispo dos Açores realiza visita pastoral à Graciosa entre 8 e 15 de Janeiro

O bispo de Angra, que assinalou em Novembro quatro anos à frente da diocese açoriana, visitará todas as paróquias da Ilha e reunirá com as entidades e movimentos associativos, de modo a conhecer a realidade da comunidade Graciosense.




Graciosa vai acolher projeto piloto de formação para dirigentes das filarmónicas

A iniciativa foi anunciada pela Diretora Regional da Cultura, nas comemorações dos 107 anos da Filarmónica Recreio dos Artistas.
Susana Costa anunciou que em 2020 o governo pretende dar continuidade ao convite já feito em 2019, para as filarmónicas ingressarem a Temporada Artística, mas pretendem que haja mais concertos e mais dinamização.
Susana Costa deixou o repto para as filarmónicas Graciosenses aderirem a um projeto piloto, com vista a uma formação para as chefias das bandas filarmónicas. Este projeto a estrear na Graciosa será para replicar pelas restantes ilhas da região, caso o seu resultado seja positivo.
A formação decorrerá através de um protocolo com a Associação Portuguesa de Bandas e com a Banda Militar dos Açores.




Presidente da Câmara com fundo de maneio mensal de 2.500 euros

O Executivo Camarário de Santa Cruz da Graciosa aprovou na reunião da passada Quinta-feira, um fundo de maneio a favor do presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, no valor de 2.500 euros.
À semelhança de anos anteriores, a proposta revela que o fundo destina-se a fazer face a despesas com gasolina, no valor de 100 euros, refeições no valor de 1.100 euros, outros bens no valor de 200 euros, transportes no valor de 300 euros, representação de serviços no valor de 300 euros, deslocações e estadas no valor de 300 euros e ofertas no valor de 200 euros.
Este fundo é reconstituído mensalmente, com a entrega de documentos comprovativos das despesas.
A proposta foi aprovada com os votos favoráveis do PS e abstenção da vereação PSD.




Majoração para aquisição de viaturas elétricas na Graciosa

O Conselho do Governo aprovou o Decreto Regulamentar Regional que define a atribuição de incentivos financeiros para a aquisição de veículos elétricos e de pontos de carregamento.
Nesse âmbito, é definido um quadro legal para a atribuição de incentivos financeiros para aquisição de veículos elétricos novos, nomeadamente veículos automóveis ligeiros, motociclos de duas rodas ou ciclomotores, triciclos motorizados ou quadriciclos e velocípedes com motor, bem como pontos de carregamento de veículos elétricos, adquiridos na Região Autónoma dos Açores por pessoas singulares ou coletivas.
Aos incentivos concedidos para aquisição de veículos elétricos, que serão definidos anualmente, podem ser atribuídas majorações a beneficiários com domicílio fiscal nas ilhas pertencentes à Rede Mundial de Reserva da Biosfera da UNESCO, nomeadamente Corvo, Flores, Graciosa e São Jorge, a beneficiários com domicílio fiscal nas ilhas de Santa Maria e Pico, considerando o fomento da coesão regional e territorial, a beneficiários que apresentem comprovativo de abate de uma viatura a combustão interna própria ou a beneficiários que usufruam de uma tarifa de eletricidade diferenciada no tempo, permitindo uma maior integração de fontes de energia renováveis.




Graciosa continua com representação na mesa da Assembleia-geral da Grater

A GRATER elegeu novos Órgãos Sociais para o biénio 2020/2021, em Assembleia-Geral Eleitoral, que decorreu no passado dia 19 de Dezembro de 2019, no salão nobre da Câmara Municipal da Praia da Vitória.
Após a votação, decorreu a tomada de posse e assim os novos órgãos sociais da GRATER são:

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL:
Presidente - Município de Santa Cruz da Graciosa representado por Manuel Santos
Vice-Presidente – Associação de Agricultores da Graciosa representada por João Picanço
Secretário – Associação de Jovens Agricultores Graciosenses representada por George Lobão

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO:
Presidente – Município de Angra do Heroísmo representado por Fátima Amorim
Vice-Presidente – Município da Praia da Vitória, representado por Tiago Ormonde
Vice-Presidente – Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo representada por Rodrigo Rodrigues
Tesoureiro - Associação de Jovens Agricultores Terceirenses representada por Anselmo Pires
Secretário - Associação Juvenil da Ilha Terceira – AJITER representada por Décio Santos
1.º Suplente - Santa Casa da Misericórdia de Angra do Heroísmo representada por António Barcelos
2.º Suplente - Associação os Montanheiros representada por Paulo Barcelos

CONSELHO FISCAL:
Presidente – José Almerindo da Costa
Vogal – Fundação Ensino Profissional da Praia da Vitória representada por Domingos Borges
Vogal - Junta de Freguesia da Ribeirinha representada por José Machado
1.º Suplente - Junta de Freguesia de Santa Cruz representada por António Borges
2.º Suplente - Gilberto Vieira




Fundopesca acionado para todas as ilhas

O Diretor Regional das Pescas adiantou que cada beneficiário vai receber o valor correspondente a metade do salário mínimo regional por 15 dias interpolados de quebra de rendimento, tendo sido analisado o período entre 15 de novembro e 31 de dezembro.
Segundo Luís Rodrigues, verificou-se “um decréscimo de 35% do valor realizado em lota, quando comparado com os últimos três anos no mesmo período de tempo”.



Associação de Futebol promove formação em Suporte Básico de Vida e Primeiros Socorros com Desfibrilhação Automática Externa

A Associação de Futebol de Angra do Heroísmo (AFAH) vai promover uma ação de formação em Suporte Básico de Vida e Primeiros Socorros com Desfibrilhação Automática Externa, nas ilhas da sua jurisdição.
Na Graciosa a formação ocorrerá a 18 de Janeiro, em São Jorge no dia 25 de janeiro, e na ilha Terceira, em data a anunciar brevemente.
Esta ação surge no âmbito do processo de Certificação dos Clubes como Entidades Formadoras, e em parceria com o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), com o objetivo de dotar agentes desportivos dos diversos clubes das três ilhas de competências que lhes permitam atuar em situações de emergência nos recintos desportivos, indo, também, ao encontro das exigências da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para o processo de Certificação dos Clubes como Entidades Formadoras.
Para participar neste curso é necessária inscrição, que deve ser efetuada junto da AFAH.




Hotel da Graciosa n as mãos da Fundação Inatel

A Fundação não renovou o contrato de subcessão com a empresa Janelas da Natureza, que explora há dez anos a unidade hoteleira graciosense.
Trata-se do único hotel da ilha, propriedade da empresa pública "Ilhas de Valor", estando em causa o futuro incerto de 19 trabalhadores.
O Hotel da Graciosa foi inaugurado a 30 de Junho de 2009 e o Governo concessionou à Fundação Inatel a sua exploração, que por sua vez assinou, a 1 de Julho desse mesmo ano, o primeiro contrato de subcessão com a empresa Janelas da Natureza.
A 31 de Dezembro de 2019 terminou a segunda subcessão.



João Costa denunciou que Graciosa está sem areia e governo esclarece que situação está quase resolvida

O deputado do PSD/Açores João Bruto da Costa alertou para a “falta de areia” destinada à construção civil na Graciosa, tendo exigido ao Governo Regional a “rápida resolução” de um problema que está a prejudicar a economia da ilha.
O Governo dos Açores emitiu um esclarecimento em que diz que “a Dunamagnata, uma das empresas licenciadas para efetuar dragagens de areia nos Açores, retomou a atividade após avaria da sua draga, estando a aguardar vistoria da Direção Geral de Recursos Marítimos (DGRM) para poder navegar para as ilhas do Grupo Central, a fim de as abastecer de areia”.
 Afirma o governo que desta forma, “será possível fazer face à necessidade de areia que se começa a registar em algumas ilhas, como é o caso da Graciosa”.





Escola Santa Cruz cantou as Janeiras

Visitaram a Escola Secundária, o Lar de Idosos de Santo Cristo e os Paços de Concelho.
Na Câmara Municipal foram recebidos pelo Presidente e pela Vice-Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa.


Twitter Facebook Favorites More