Traduzir

14 janeiro 2020

Artigo de Opinião de João Costa “Para Baixo”

"A última semana foi pródiga na demonstração da fragilidade das ilhas mais pequenas e isoladas. A gravidade do problema que se vai arrastando na ilha das Flores provou que onde não há suficientes votos não há suficiente empenho do poder. É triste mas é a realidade; os Açores vão fazendo um percurso de afastamento do ideário de Região Autónoma para se irem progressivamente posicionando no velho conceito de ilhas adjacentes apesar de terem órgãos de governo próprio. 
Na Graciosa, há vários meses que se deixou de importar areia tendo-se esgotado o stock, parando, quase por completo, o setor da construção com todas as implicações negativas que daí advêm. Parece que estamos a andar para trás e a inércia governativa é revelada em todo o seu esplendor. Em breve, estaremos em campanha eleitoral com os tais 300 milhões de euros para reparar os estragos do furacão Lourenzo. Haverá, certamente, fartura de iniciativas do partido do poder, mas a realidade mostra que estão a puxar as ilhas e os Açores para baixo. Nessa altura, só se deixará enganar quem quiser."

Twitter Facebook Favorites More