Traduzir

05 fevereiro 2019

Diretor Regional da Agricultura afirma que Graciosa tem condições para aumentar a produção de alho

O Diretor Regional da Agricultura afirmou que há condições para produzir mais alho nesta ilha, tirando melhor partido das infraestruturas existentes e do apoio técnico, para valorizar mais uma produção tradicional, responder às exigências do mercado e dos consumidores.
No encerramento do 1.º Festival do Alho da Graciosa, José Élio Ventura disse que importa aproveitar a associação do alho à ‘Marca Açores’ para dar a este produto uma nova dimensão, quer regional, quer nacional.
Para o Diretor Regional, devem ainda ser consideradas outras estratégias, como a produção de alho em modo biológico ou o facto de ser produzido numa Reserva da Biosfera, o que lhe pode permitir ostentar o símbolo de produto da ‘Biosfera Açores’.
O Diretor Regional da Agricultura disse ainda que paralelamente, pode e deve avançar o reconhecimento e a proteção da designação ‘Alho da Graciosa’ como Indicação Geográfica Protegida, considerando a sua homogeneidade, caraterísticas e identidade próprias.
No final do ano passado existiam na Graciosa cerca de uma dezena de produtores de alho, numa área aproximada de sete hectares, com uma produção de cerca de 25 toneladas.




Twitter Facebook Favorites More