Traduzir

07 agosto 2018

Rua Manuel Machado Ávila homenageia o servidor público exemplar, poeta e artista


A cerimónia de descerramento de placa toponímica da Rua Manuel Machado Ávila realizou-se ao final da tarde de Segunda-feira.
A cerimónia de descerramento da placa toponímica que deu o nome de Manuel Ávila, à antiga estrada do aeroporto, contou com a presença de família, entidades públicas, moradores, convidados e ainda o acompanhamento musical da Filarmónica Recreio dos Artistas.
A Câmara Municipal homenageia assim um cidadão notável, como servidor público exemplar, poeta e artista.
Avelar Santos, Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, afirma que a deliberação só peca por tardia.
Segundo o autarca trata-se da homenagem a um homem que, nas obras públicas “muito trabalhou pelo embelezamento da nossa ilha”.
A autarquia cumpre assim, mais uma vez, o papel de homenagear aqueles que muito fizeram pela Graciosa.
José Ávila, filho do homenageado, afirma que para a família esta homenagem gera sobretudo um “sentimento de gratidão”.
A designação desta rua foi acordada em 1985 pela câmara municipal da altura, uma deliberação camarária foi do conhecimento do Machado Ávila, mas não da sua família.
Manuel Machado Ávila, foi um homem que se dedicou a várias artes, mas a sua maior paixão e entrega era “às suas obras públicas”, onde servia as pessoas.
Um homem livre, que nunca se deixou dobrar por pressões de ninguém.


Luís Vasco Gregório, amigo e familiar, destacou a exigência de perfeição que Machado Ávila impunha às obras por ele supervisionadas, bem como o rigor financeiro.
Carlos Alberto Melo, amigo do homenageado, afirma que a homenagem é merecida, a um homem que esteve sempre esteva à frente do seu tempo.
As suas obras eram idealizadas a pensar no futuro.

Por toda a ilha Graciosa, se encontram obras realizadas por Manuel Machado Ávila.














Twitter Facebook Favorites More