Traduzir

13 julho 2018

Resumo Semanal de 9 a 13 de Julho de 2018


Cláudio Bettencourt vence o X Rali Ilha Graciosa e organização faz um balanço positivo

Cláudio Bettencourt e Ricardo Areia, num Mitsubishi Evo IX, foram os vencedores do 10º Rali Ilha Graciosa - Além Mar.
O continental Paulo Santos ficou no 2º lugar e o terceirense Bruno Silva na 3ª posição do pódio.
O piloto graciosense foi o mais rápido em todas as provas especiais e voltou a conseguir a vitória do rali da sua terra, já pela sexta vez.
Alexandre Mendonça, no 10º lugar da geral, obteve o segundo melhor resultado entre os pilotos graciosenses. Avelino Coutinho ficou no 19º lugar, Laudalino Furtado no 21º e Jorge Pinto no 23º. Laudalino e Jorge receberam penalizações, o que prejudicou na classificação geral.
Outros pilotos graciosenses em prova, mas que desistiram foram Dércio Bettencourt, por despiste e César Bettencourt, por avaria mecânica.
Francisco Andrade, Presidente da Agraprome, afirma que os objetivos foram cumpridos.
Um evento que é importante para a ilha e para a sua economia, por não pode deixar de ser feito.



Futuro da agricultura na Graciosa passa pela aposta na inovação e na diferenciação da produção

O Diretor Regional da Agricultura afirmou, em Santa Cruz da Graciosa, que o futuro do setor agrícola nesta ilha passa pela aposta na inovação e na diferenciação da sua produção, contando os agricultores, as cooperativas e a indústria com o total apoio do Governo dos Açores.
O Diretor Regional falava quinta-feira, no debate sobre 'Desafios da Agricultura na ilha Graciosa e o futuro da Política Agrícola Comum pós 2020', que decorreu na sede da Associação Agrícola desta ilha e contou com a presença de vários agricultores.




Conselho de Ilha satisfeito com respostas e investimentos previstos para a Graciosa

O primeiro dia da visita estatutária do Governo Regional à Ilha Graciosa terminou com a reunião com o Conselho de Ilha Graciosa.
No encontro, os membros do governo deram resposta às reivindicações do Conselho de Ilha, sendo que alguns transitavam já de memorandos anteriores.
Vítor Fonseca, presidente do Conselho de Ilha Graciosa, afirma que obtiveram uma resposta satisfatória grande parte dos pontos do memorando deste ano, restando agora esperar que se cumpra o que foi prometido e anunciado na reunião.
Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional, disse que saiu do encontro com “um incentivo acrescido” de continuar o trabalho nas diversas áreas de intervenção do governo, com vista o desenvolvimento da ilha.
Vasco Cordeiro afirma que do encontro, saíram criticas construtivas e contributos válidos, para melhorar a atividade do governo.




Vasco Cordeiro afirma que novas torre de controlo e aerogare são aposta na coesão

O Presidente do Governo dos Açores disse que a construção da nova torre de controlo e a nova aerogare da ilha Graciosa, são exemplos de uma “aposta muito concreta na coesão regional”.
As duas obras representam investimento global de cerca de 5,3 milhões de euros.



Vila Jardim vai realizar obra de requalificação da via pública na zona comercial dos Terreiros

O projeto é da responsabilidade da Delegação de Obras Públicas da Graciosa e consta de requalificação de uma extensão de 380 metros, desde a Piscina Municipal até às Organizações José Araujo.
A obra consta de movimentos de terra, demolições e posterior construção de passeios, muros e estacionamentos.
A obra foi adjudicada em Maio, à empresa Graciosense Vila Jardim, pelo valor de 35.974 euros e o prazo de execução é de 90 dias.



Posto de Turismo da Graciosa foi inaugurado

Situado no centro da Vila de Santa Cruz da Graciosa, o novo posto de turismo é um espaço moderno de apoio ao turista.
Na inauguração do Posto de Turismo da Graciosa, o presidente do governo dos açores disse que a ilha passa a dispor de espaço com todas as condições, naquilo que é qualificação do destino.



Governo aprovou 23 deliberações para a Graciosa

O Conselho de Governo, reunido na noite de 11 de julho de 2018, em Santa Cruz da Graciosa, deliberou 23 pontos para a Graciosa.

1. Conceder apoio financeiro às Juntas de Freguesia da Graciosa, no âmbito da Cooperação Técnica e Financeira prevista na lei, num montante global de 21 mil euros.
São concedidos 1.000 euros à Junta de Freguesia de Santa Cruz para aquisição de material informático, 10 mil euros à Junta de Freguesia de Nossa Senhora da Luz e 10 mil euros à Junta de Freguesia de São Mateus para manutenção das respetivas sedes.
2. Autorizar a abertura de novos cursos de Aquisição Básica de Competências através da Rede Valorizar.
3. Atribuir ao Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Luz um apoio financeiro de cerca de 23 mil euros no âmbito da atividade do Pólo Local de Prevenção e Combate à Violência Doméstica da Ilha Graciosa.
4. Apoiar a Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa na aquisição de equipamentos para a sala de refeições do lar de idosos.
5. Autorizar o lançamento de concurso público para atribuição de duas habitações, de tipologia T3, em regime de arrendamento com opção de compra, no loteamento das Dores, em Santa Cruz.
6. Apoiar a Escola Básica e Secundária da Graciosa na aquisição e instalação de material informático, num valor global de cerca de 11.400 euros.
7. Autorizar o lançamento dos procedimentos necessários para a contratação da empreitada de iluminação do Porto de Pescas de Santa Cruz da Graciosa.
8. Autorizar o lançamento dos procedimentos necessários para a contratação da empreitada de proteção costeira da Muralha da Praia, em São Mateus, com valor base de cerca de 138 mil euros, com a realização de uma banqueta de enrocamento na base da muralha e passadiço de acesso.
9. Apoiar a Associação de Pescadores da Graciosa, num montante global de 53 mil euros, para o desenvolvimento das atividades desta instituição.
10. Autorizar o lançamento do concurso público para a empreitada de construção da nova aerogare do Aeródromo da Graciosa, através da SATA Gestão de Aeródromos, S.A.
11. Autorizar os procedimentos necessários para a empreitada de colocação de guardas metálicas na Estrada Regional n.º 1-2.ª, no troço Porto Afonso/Limeira, num investimento estimado de cerca de 30 mil euros.
12. Autorizar os procedimentos necessários para a construção de um miradouro na Estrada Regional 1-2.ª, no lugar das Urzeiras, na Serra Branca, num investimento estimado em cerca de 20 mil euros.
13. Apoiar a aquisição de uma viatura elétrica para o Serviço de Ambiente da Graciosa, no âmbito do programa de fomento da mobilidade elétrica, dotando o corpo de Vigilantes da Natureza deste novo equipamento.
14. Autorizar os procedimentos necessários para a elaboração do projeto de beneficiação do caminho rural Canada da Fajã e lançar a respetiva empreitada de pavimentação e implementação de sistema de drenagem.
15. Dar orientações à IROA, S.A. para proceder à avaliação sobre as necessidades de água para abastecimento às explorações agrícolas da ilha Graciosa e apresentar um plano dos investimentos necessários para os próximos 10 anos.
16. Apoiar a conservação, manutenção e limpeza de cerca de 20 quilómetros de caminhos rurais e florestais, facilitando o acesso às explorações agropecuárias da ilha Graciosa.
17. Apoiar a realização de ações de formação para os agricultores, designadamente nas áreas de Pastagens, Forragens e Utilização Sustentável do Solo e Poda e Enxertia da Vinha.
18. Apoiar a Adega e Cooperativa Agrícola da Ilha Graciosa, nomeadamente a nível técnico e de apoio à gestão, com vista a assegurar a sua viabilidade e sustentabilidade, bem como apoiar a dinamização da atividade produtiva dos agricultores e viticultores no que diz respeito às suas práticas do dia a dia, a organização e funcionamento das suas explorações.
19. Apoiar a Cooperativa Graçagrícola, CRL, num montante de cerca de 65 mil euros, designadamente na promoção técnica e económica das explorações agropecuárias da Graciosa.
20. Dar orientações ao IAMA - Instituto de Alimentação e Mercados Agrícolas para, em articulação com as organizações de produtores da ilha Graciosa, iniciar os procedimentos com vista ao reconhecimento da qualidade do Alho da Graciosa através de uma IGP - Identificação Geográfica Protegida.
21. Apoiar a participação dos alunos da Escola Básica e Secundária da Graciosa, em todas as fases do programa Parlamento dos Jovens.
22. Apoiar a participação dos alunos e professores da Escola Básica e Secundária da Graciosa na IX edição do projeto ‘Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso!’.
23. Apoiar a participação de dois dirigentes por Associação de Juventude Local no Encontro Regional de Associações de Juventude, no ultimo trimestre de 2018



Nova cozinha da Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz dá melhores condições aos utentes das várias valências

O investimento de cerca de 800 mil euros, serve não só o Serviço de Apoio Domiciliário, mas também as restantes valências existentes na instituição, como a creche, o jardim-de-infância, o centro de atividades ocupacionais e o lar de idosos.
Adelaide Teles, provedora da Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa, afirmou que a nova cozinha é ampla, moderna e funcional, permitindo melhorar a qualidade de serviço, ao nível das refeições.
A sala das refeições duplicou de tamanho, ao ser aproveitado o espaço da antiga cozinha.




IV Semana Férias Ativas + Saúde é exemplo para o resto da região

Os secretários regionais da Educação e Cultura e da Saúde puderam ver como se desenrolam as atividades, que proporcionam às crianças, uma semana de aprendizagens e de diversão, nas férias escolares.
Rui Luis, Secretário Regional da Saúde, disse que o programa de Saúde Escolar abrange as 175 escolas dos Açores e será alargado também ao ensino profissional.
Esta iniciativa das férias ativas “é um exemplo”, segundo o secretário regional, daquilo que se pode fazer e gostaria que todas as escolas pudessem receber este tipo de iniciativas.
O secretário regional da Educação e Cultura, lembrou que a educação não pode ser simplesmente a educação formal, que decorre durante o ano letivo.
Para Avelino Meneses, a IV Semana Férias Ativas + Saúde é um exemplo da educação que deve decorrer fora do currículo normal das escolas, bem como da parceria dos vários departamentos do governo.





Inauguradas novas instalações da Adega e Cooperativa Agrícola da Graciosa

Um investimento de cerca de 1,4 milhões de euros, que transformou a antiga adega numa moderna unidade de produção.
João Picanço, Presidente da Adega e Cooperativa Agrícola da Ilha Graciosa, agradeceu todo o apoio recebido, para conseguir levar avante este projeto, sendo um orgulho para a direção e associados verem o longo processo de transformação da Adega terminado.
Vasco Cordeiro considerou ser o “início de uma nova caminhada” para aumentar a competitividade da agricultura e do tecido produtivo desta ilha.



Projeto Graciólica já tem licença de produção e iniciou a fase de testes

Marta Guerreiro, que falava após uma visita ao local, salientou que o projeto deu resposta aos requisitos técnicos e funcionais, permitindo que na Quarta-feira fosse emitida a licença de produção.
Assim já pode decorrer a fase de testes de produção de energia, em funcionamento do sistema como um todo, enquanto etapa essencial para que, posteriormente, “a energia possa ser injetada na rede com a qualidade exigida.
A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo visitou a 'Graciólica', que disse ser um projeto inovador, com projeção a nível europeu, que tem potencial para colocar a ilha Graciosa “na linha da frente no aproveitamento dos recursos naturais renováveis para a produção de energia, em combinação com o armazenamento, enquanto uma prática pioneira em Regiões Ultraperiféricas”.




Professores graciosenses reivindicam uso da autonomia regional para recuperação do tempo de serviço

O Governo dos Açores foi confrontado, na tarde de Quarta-feira, com uma manifestação de cerca de 30 professores, em frente à Escola Secundária de Santa Cruz da Graciosa.

Os professores reivindicam que o executivo faça uso da autonomia constitucional, na recuperação do tempo de serviço, à semelhança do que foi feito na Região Autónoma da Madeira.

Twitter Facebook Favorites More