Traduzir

12 maio 2017

Resumo Semanal de 8 a 12 de Maio de 2017

Burro Anão da Graciosa é destaque de concurso de fotografia

A MiratecArts prometeu lançar cinco novos projetos neste o seu quinto ano de programação nos Açores. Depois do Apresenta Triângulo, da Festa do Vime, do Azores Birdwatching Arts Festival, do Visitarte - o festival de artes em casas rurais, vem agora o ZAPE - Dia do Burro, assim marcando World Donkey Day, o Dia Mundial do Burro, que se celebrou a 8 de maio.
Para lançar o primeiro ano do projeto ZAPE - Dia do Burro, a MiratecArts desafia fotógrafos a captarem imagens da população asinina que se encontra nos Açores, com destaque para o mais único - o burro anão da Graciosa. Assim, e até novembro, a associação aceitará inscrições de participação.






Agente da PSP foi agredido no fim-de-semana

A Rádio Graciosa pediu esclarecimentos junto da PSP, tendo o Comando de Angra confirmado a agressão e informado que, na resolução da ocorrência e consequente detenção do agressor, o agente agredido “foi auxiliado por outro elemento policial, que também estava de serviço na referida Esquadra.”
Em comunicado do Comando Regional da PSP é confirmada a detenção, no passado Sábado, dia 6 de Maio, de um indivíduo do sexo masculino de 42 anos de idade, por ameaças e injúrias a Agente de Autoridade.





Termas do Carapacho vão ter consultas de Reumatologia e Hidrologia entre 2 de julho e 17 de setembro

A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, anunciou que através de uma colaboração entre a Direção Regional do Turismo e o Instituto Português de Reumatologia, promove o regresso da valência medicinal das Termas do Carapacho, na Graciosa, em complemento às valências lúdica e de bem-estar que já se encontravam disponíveis.
Os termos específicos desta parceria prevêem a presença na infraestrutura termal de profissionais de saúde com a dupla especialidade de Reumatologia e Hidrologia, no período entre 2 de julho e 17 de setembro.
Hospitais e centros de saúde da Região com doentes em lista de espera na especialidade de Reumatologia, vão poder encaminhar os doentes para as consultas disponibilizadas nas Termas do Carapacho, por solicitação voluntária destes e no âmbito da legislação em vigor.





Pescadores expuseram dificuldades da pesca na Graciosa

O Diretor Regional das Pescas, Dr. Luís Rodrigues, esteve no dia 3 de Maio na Ilha Graciosa, para uma reunião pública com direção da associação, armadores e pescadores da Graciosa.
Segundo nota da Associação de Pescadores, o encontro teve como objetivo “debater questões relacionadas com a realidade da pesca profissional na Graciosa”, mas tambem “estimular a reflexão sobre os problemas e desafios que se impõem à atividade piscatória na ilha”.
As principais questões, problemas e preocupações locais colocados pela Direção da Associação dos Pescadores Graciosenses ao Diretor Regional das Pescas tiveram a haver com a “redução acentuada de quota do goraz em 2015 para as embarcações de pesca da Graciosa”, que se apresenta como uma ameaça à viabilidade económica da atividade” e coloca em situação delicada muitos dos armadores, cuja pesca é essencialmente dirigida a esta espécie.
A necessidade de garantir uma oferta formativa que permita certificar e qualificar os profissionais da pesca (pescadores e arrais de pesca) é urgente, para a Associação e constitui condição fundamental, para a melhoria das condições de pesca na Graciosa.
Outras carências dos pescadores da Graciosa tem a haver com a não existência de um espaço dedicado à manutenção e reparações de equipamentos e também resguardado das intempéries e a necessidade de retificar o Regulamento do Porto de Pescas.
No encontro, foram ainda colocadas questões relativas aos sistemas e mecanismos de apoio à pesca, a necessidade de um estudo sobre alternativas e oportunidades, no âmbito da pesca graciosense.
A Associação solicitou ainda apoio para acompanhamento técnico, na atividade  da Apanha de Algas.
Em resposta às questões apresentadas pela Associação dos Pescadores Graciosenses, o atual Diretor Regional das Pescas apresentou um conjunto de “linhas de orientação estratégica”, e destacou a importância de por um lado considerar a valorização dos produtos da pesca e das comunidades piscatórias, as especificidades que cada ilha apresenta e por outro investir na investigação integrada e transdisciplinar focada na caracterização da atividade na região por forma a garantir uma gestão integrada e sustentável da pesca açoriana.
Ainda no decorrer da visita do Diretor Regional das Pescas à ilha Graciosa, este teve a oportunidade de visitar todos os portos de pesca da ilha e se inteirar dos problemas que afectam os pescadores graciosenses.





PSD vai propor integração da Graciosa na Linha Lilás e certificação das águas termais do Carapacho

O grupo parlamentar do PSD/Açores realizou esta semana as suas Jornadas Parlamentares na Graciosa.
João Costa, deputado do PSD, eleito pela Graciosa, apresentou as conclusões do encontro, de três dias de trabalho dedicados à coesão social e territorial, com visitas a diversas instituições locais e reuniões com as forças vivas da ilha Graciosa.
Destas jornadas na Graciosa vão resultar duas iniciativas legislativas, a recomendação da integração das Termas do Carapacho no circuito das termas de Portugal com vista a promover as características terapêuticas destas águas, bem como a sua certificação, mas também uma iniciativa para que a ilha Graciosa seja incluída na rota da “Linha Lilás”, reforçando assim as ligações marítimas de passageiros à ilha durante o verão.
O deputado graciosense salientou que a apresentação da proposta para inclusão da Graciosa na chamada “Linha Lilás”, operada pela empresa pública Atlanticoline e que serve as restantes ilhas do Grupo Central, corresponde à “vontade dos graciosenses”.





Nota de pesar pelo falecimento de Hélder Medina

Hélder Medina, o mais antigo colaborador da Rádio Graciosa, faleceu na madrugada de Quinta-feira, aos 68 anos de idade, vítima de doença prolongada.
Hélder Medina, um grande comunicador, amante e defensor da cultura graciosense, foi o criador do programa Hoje é Domingo, a que se juntou depois Aristides Silva, no programa mais antigo, realizado em direto na Rádio Graciosa, durante mais de 20 anos.
Um homem que sempre esteve ligado a instituições da Graciosa, em que se destaca, fundador do Grupo Folclórico da Casa do Povo de Guadalupe e da Irmandade da Ribeirinha, vereador na Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, membro da mesa da Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa e até à atualidade, foi presidente da Assembleia de Freguesia de Guadalupe.
A Rádio Graciosa endereça as condolências à família.





Sismo sentido na Graciosa foi artificial

O Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA) informou que às 14:10 (hora local = hora UTC) do dia 11 de maio foi registado um evento sísmico. Este evento tratou-se de um evento sísmico artificial em resultado de uma detonação na pedreira da Rochela, na freguesia de São Mateus, e não de um evento sísmico de origem natural, como anteriormente transmitido.
 Não obstante, o mesmo foi sentido com intensidade III/IV (Escala de Mercalli Modificada) na freguesia da Praia de S. Mateus.





Berta Cabral e António Ventura questionam falta de efetivos da PSP

Os deputados do PSD/Açores na Assembleia da República questionaram esta semana a Ministra da Administração Interna sobre "a não colocação de agentes da PSP na Região" e, particularmente, sobre "o encerramento da esquadra da Graciosa, situação recorrente quando o único agente de serviço faz a segurança no aeródromo da ilha".
Na pergunta escrita, enviada a Constança Urbano de Sousa, Berta Cabral e António Ventura lembram que "são mais de 200 os agentes em falta no comando regional e em todas as esquadras da Região" e recordam que a Ministra da Administração Interna prometeu a colocação "de 50 agentes nos Açores, e até agora apenas chegaram 25. Sendo certo que alguns dos que prestavam serviço no arquipélago já saíram para outras zonas do país", alertam.
Quanto à esquadra da Graciosa, os deputados referem que, "no passado dia 1 de Maio, a única esquadra existente na ilha teve que encerrar, pois o único agente de serviço foi fazer a segurança no aeródromo local, durante o horário normal de trabalho".
"São várias as esquadras da PSP dos Açores a ter de encerrar ao longo do dia, quando o agente que se encontra a prestar serviço é chamado para alguma ocorrência, situação que é absolutamente inaceitável", consideram.





Sociedade Filarmónica União Praiense celebra o 128.º aniversário

A Banda da Sociedade Filarmónica União Praiense foi fundada em 12 de Maio de 1889 com o nome de Sociedade Artística "União Praiense".
Desde a sua fundação até aos nossos dias, esta Banda nunca interrompeu a sua actividade.



Twitter Facebook Favorites More