Traduzir

21 fevereiro 2017

Assembleia Municipal de Santa Cruz da Graciosa aprovou revisão orçamental e alteração do mapa de pessoal do município

A Assembleia Municipal de Santa Cruz da Graciosa reuniu na noite de Segunda-feira, nos Paços de Município.
Na ordem de trabalhos havia quatro pontos, não tendo os deputados municipais pedido qualquer esclarecimento, no que diz respeito à situação financeira e atividades do município.
O segundo ponto, eleição de um membro da Assembleia Municipal para integrar o Conselho de Ilha, mostrou-se necessário devido à demissão de José Gregório daquele órgão. O PSD optou por não apresentar uma lista, tendo ido a votação a lista apresentada pelo Grupo Parlamentar do PS, com o nome de João Natal Lima Bettencourt. Feita a votação, João Natal foi eleito com 10 votos a favor e 6 abstenções.
A primeira revisão orçamental de 2017, no valor de 68.705 euros, foi um dos assuntos de destaque da noite. Avelar Santos, Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, explicou que o objetivo é dotar o orçamento camarário da verba necessária às despesas a ter com os funcionários, que serão contratados.
O documento foi aprovado por maioria, com 10 votos a favor do PS e 6 abstenções do PSD.
O quarto e último ponto da ordem de trabalho, está relacionado com a revisão orçamental, tratando-se da alteração do quadro de pessoal, que foi aprovada por unanimidade.
Manuel Avelar Santos, presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, disse que autarquia necessita de atualizar o seu quadro técnico, no entanto vão contratar agora assistentes operacionais, mais concretamente 3 trabalhadores para a divisão de àguas e saneamento, 1 para a presidência 1 encarregado de assistentes operacionais. O autarca revelou que o município necessita também de trabalhadores de rua e deu o exemplo da recolha de lixo, que em alguns dias da semana ocupa 12 trabalhadores. Outra carência é o nível de mais técnicos superiores, sendo a próxima vaga a preencher a de arquitectura.

Twitter Facebook Favorites More