Traduzir

06 outubro 2020

Candidatos do PSD reuniram com as quatro filarmónicas da ilha e querem mais valias e melhoramentos na Folga

Os candidatos do PSD pelo círculo eleitoral da ilha Graciosa reuniram com as filarmónicas da ilha em quatro encontros destinados a ouvir as preocupações destas coletividades e a transmitir o projeto político da candidatura do PSD para as eleições regionais de 25 de Outubro.
Em resultado destas reuniões, o candidato do PSD pela ilha Graciosa, Marco Nuno Silva, declarou que “as nossas filarmónicas são de extrema importância para a cultura e a divulgação musical na ilha Graciosa. O PSD está atento às dificuldades que estas coletividades atravessam, em especial neste tempo de pandemia, e tem propostas para minimizar os problemas fazendo das atuais dificuldades oportunidades para o futuro”, disse.
A proposta alternativa que o PSD apresenta aos Graciosenses e que será defendida pelos representantes eleitos pela Graciosa, passa por um conjunto de iniciativas dedicadas a rever o modelo de apoios e colaboração com estas instituições, tendo também em linha de conta as especificidades da ilha Graciosa.

Os candidatos do PSD Açores visitaram também o Porto de Pescas da Folga, na freguesia de Nossa Senhora da Luz.
À margem da visita o candidato Ricardo Nuno Melo declarou que “o Porto de Pescas da Folga tem sido alvo de algumas melhorias mas há que fazer muito mais para dar mais condições aos pescadores da nossa ilha”.
Este Porto de Pescas é o que fica mais a sul da ilha Graciosa e com maior proximidade à ilha de S. Jorge. Nesse sentido, o candidato do PSD pela ilha Graciosa, Ricardo Nuno Melo, deu também conta de que “o PSD deseja, em articulação com os pescadores da Graciosa, criar também condições para que as empresas marítimo-turísticas possam também utilizar este equipamento, pois com a maior proximidade a S. Jorge estamos em crer que se podem criar outras oportunidades para desenvolver esta atividade na nossa ilha”, afirmou.





Twitter Facebook Favorites More