Traduzir

29 julho 2020

Assinados primeiros 7 contratos no âmbito da vertente ‘Renovar para Habitar’

A Secretária Regional da Solidariedade Social esteve ontem em Santa Cruz da Graciosa e anunciou que a ilha beneficiou de apoios na área da habitação no valor de mais de 1,4 milhões de euros na última legislatura, abrangendo 138 famílias.
“Deste investimento, destaca-se a área da reabilitação de habitação, que representou quase 1,2 milhões de euros e permitiu que 88 famílias vissem as suas casas reabilitadas, restituindo-lhes as condições de segurança e dignidade para que possam ser habitadas condignamente”, afirmou Andreia Cardoso.
A titular da pasta da Habitação destacou ainda que cerca de 153 mil euros foram destinados ao Incentivo ao Arrendamento, abrangendo 49 famílias, e que 114 mil euros foram investidos em construção de habitação para atribuir em regime de renda apoiada, apontando que nesta legislatura foram atribuídas duas moradias neste regime no loteamento das Dores.
Andreia Cardoso presidiu à cerimónia de atribuição de apoios a sete famílias da ilha Graciosa para recuperação das suas habitações através do programa ‘Casa Renovada Casa Habitada’, na vertente ‘Renovar para Habitar’, num investimento global de 107 mil euros.
Estes apoios abrangem um total de 16 pessoas, que poderão fazer obras de melhoramento nas suas habitações permanentes.

Na ocasião, foram ainda assinados acordos de cooperação com as juntas de freguesia de Luz, Santa Cruz e de São Mateus, para a reabilitação de diversas habitações sociais de que são proprietárias, por forma a afetá-las a famílias em grave carência habitacional naquelas freguesias.
O protocolo tem um valor de 10 mil euros para cada junta e as obras devem estar concluídas até 31 de Dezembro de 2021.


Twitter Facebook Favorites More