Traduzir

27 abril 2020

Artigo de Opinião de João Costa “Heróis”

O recente “passa-culpas” entre Governos, direções prisionais e autoridades de saúde sobre a descoordenação nas questões de libertação de reclusos é um rude golpe na credibilidade e não transmite confiança. 
Todas as atitudes de acusações mútuas só geram desconfiança e adensam dúvidas sobre a capacidade de resposta. Dizer uma coisa hoje, outra amanhã, emitir comunicados contraditórios sucessivos é o pior que se pode fazer e só revela a preocupação de “ficar bem” neste embate das nossas vidas, sugerindo heróis artificiais quando os verdadeiros heróis lutam além das suas forças nos hospitais, nas unidades de saúde, nos quartéis de bombeiros, nas esquadras de polícia, nas IPSS, nos serviços essenciais ou nas escolas, ainda que virtuais. 
Recentemente havia quem hostilizasse esses verdadeiros heróis ignorando direitos ou dizendo que alguns só pensavam no dinheiro, como aconteceu no caso das deslocações de médicos a ilhas sem hospital. 
Agora muitos vergam-se à evidência esquecendo o que disseram há bem pouco tempo. São atitudes que só o tempo esclarecerá.

Twitter Facebook Favorites More