Traduzir

11 fevereiro 2019

Conselho de Ilha elege voos diretos São Miguel-Graciosa, tornar a Barra numa Marina, nova gare marítima e melhores ligações marítimas à Terceira e Triângulo como prioridades para a Graciosa

O Conselho de Ilha reuniu ao final da tarde de Sexta-feira, para definir quais o assuntos prioritários para a Graciosa, que serão analisados na reunião com o Governo dos Açores, no âmbito da visita estatutária deste ano.
Os conselheiros entenderam que existem assuntos que continuam a transitar de ano para ano, sendo os transportes um dos temas prioritários.
O Conselho de Ilha Graciosa defende que ser necessário a construção de uma nova gare marítima de passageiros, a ligação marítima ao triângulo e à Terceira.
Nos transportes aéreos uma ligação direta São Miguel-Graciosa é, segundo Vítor Mendes uma das grandes necessidades de momento para a Graciosa.
A proteção da orla costeira continua a ser uma preocupação, nomeadamente entre Degredo e Barro Vermelho e nas Falésias de Fenais e Ventosa.
Na obra de proteção costeira da Barra, o Conselho de Ilha entende que se deve seguir com o que falta, para tornar aquela estrutura num verdadeiro porto de recreio.
Entre os investimentos pedidos pelos conselheiros, está o alargamento da fibra ótica, requalificação do Porto Afonso, apoio à habitação degradada, alargamento e beneficiação de estradas, requalificação da entrada do Porto Comercial, mais consultas de especialidade e mais recursos humanos para a Unidade de Saúde.
Para o Carapacho, é pedida a remodelação do Parque de Campismo, iluminação da zona de piscinas e a sua requalificação urgente, de modo a reparar aquilo que o mar destruiu.
É ainda preocupação, a monitorização do Centro de Processamento de Resíduos, campanhas de desratização, corpo técnico para a Adega, manutenção de trilhos, novo parque de retém junto ao Porto e uma promoção maior do destino Graciosa, para além de formação profissional e reparação de caminhos agrícolas, entre eles o Barreiro/Vales.
Vítor Mendes, Presidente do Conselho de Ilha disse esperar que da parte do Governo haja abertura, para que se resolva alguns destes problemas e que entenda aqueles que são verdadeiramente prioritários.
O Governo dos Açores e o Conselho de Ilha Graciosa irão reunir para debater estes assuntos, em encontro no âmbito da visita estatutária, que está agendada para os dias 26, 27 e 28 de Fevereiro.

Twitter Facebook Favorites More