Traduzir

06 julho 2018

Resumo semanal de 2 a 6 de Julho de 2018

 
Redefinida a Reserva de Caça da Graciosa

O Executivo Regional procedeu à redefinição das reservas de caça nas ilhas de São Miguel, Santa Maria, Graciosa e Faial, de acordo com portarias já publicadas em Jornal Oficial.
Na ilha Graciosa, é criada uma reserva parcial de caça, com o objetivo de proteção à codorniz, com uma área de cerca de 226 hectares, na freguesia de Guadalupe.




Graciosa com 14 propostas a votação no Orçamento Participativo dos Açores

A fase de votação das 154 propostas para o Orçamento Participativo dos Açores (OP Açores) começou Segunda-feira e decorre até 30 de setembro, sendo os cidadãos novamente convidados a participar, escolhendo as propostas que querem ver executadas pelo Governo dos Açores na sua ilha.
A fase de reclamação, resultou numa lista definitiva de 154 propostas distribuídas pelas nove ilhas da Região, sendo que 34 são na Terceira, 26 em São Miguel, 23 em São Jorge, 17 no Pico, 14 na Graciosa, 13 em Santa Maria, 12 nas Flores, 11 no Faial e quatro no Corvo.
Em causa estão 59 projetos na área da Juventude, 40 no Turismo, 28 relativas à Inclusão Social e 27 na área do Ambiente.

No caso das propostas para a Graciosa, estão a votação:

- O CARNAVAL DA ILHA GRACIOSA
 - ELABORAÇÃO DE PLANO DE AÇÕES PARA O TURISMO E CULTURA DA RESERVA DA BIOSFERA DA ILHA GRACIOSA
- OFERTA FORMATIVA "APRENDE PARA A VIDA"
- SOS GRACIOSA - CENTRO DE TREINO CÍVICO
- GRACIOSA IDENTIFICADA - GUIA MÓVEL
- O PAPEL DA FESTA
- ROTA DOS MOINHOS DE VENTO
- ROTA DAS VINHAS E DO VINHO
- QUINTA MÁGICA
- DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES MOTORAS NA INFÂNCIA
- UMA PRAIA PARA TODOS
- PROMOÇÃO DO TURISMO
- TECLA "ENTER"
- BIBLIOMÓVEL - PROJETO DE LEITURA JUVENIL

Os cidadãos podem votar online, no endereço eletrónico https://op.azores.gov.pt, ou por SMS gratuito, enviando uma mensagem para o número 3838, com a indicação 'OPAZORES (espaço) Número da Proposta (espaço) Número de Identificação Civil'.
Em qualquer uma das formas de votação será necessário indicar todos os números e letras do Cartão de Cidadão ou todos os números do Bilhete de Identidade.




Deputado José Ávila acusa PSD de ter uma visão distorcida da realidade

Jaime Vieira acusa o Governo regional de esconder-se atrás da boa safra do atum e de deixar sem resposta os pescadores que estão fora das estatísticas, isto é, que não estão a conseguir tirar proveito da abundância de atum nos nossos mares, como denunciaram recentemente os pescadores de Santa Maria.
Na resposta, José Ávila disse que “as declarações do deputado Jaime Vieira do PSD acerca da safra de atum são despropositadas, injustificadas e totalmente infundadas”.
O deputado do Grupo Parlamentar do PS/Açores acusou o PSD de ter uma visão distorcida da realidade.
José Ávila acrescentou que interessa perceber que os pescadores açorianos capturaram, no primeiro semestre de 2018, mais 141% de atum do que em igual período do ano passado e que rendeu mais 260%, beneficiando todos os pescadores, quer as grandes embarcações quer as pequenas” e que, portanto, “os deputados do PSD deveriam informar-se melhor, antes de proferir tais afirmações”, concluiu.




Encontro regional de acólitos traz à Graciosa 150 participantes

“Sou da paz” é o título desta peregrinação que habitualmente junta acólitos de praticamente todas as ilhas do arquipélago, com execção e Santa Maria, São Jorge e Corvo.
A iniciativa é organizada pela Comissão Diocesana de Acólitos e Pastoral Juvenil da Ilha Graciosa. O evento reúne na Graciosa cerca de 150 participantes.
Carlos Santo, da Pastoral Juvenil da Graciosa, afirma que os objetivos são encontro, formação e também dar a conhecer a ilha.




PSP deteve homem por condução sob influência do álcool

Segundo informação do Comando Regional, foi detido, na Terça-feira, um indivíduo, de 59 anos de idade, por condução de veículo, sob a influência de álcool.
O homem acusou uma TAS (taxa de álcool no sangue) de 2.36 g/l. 






X Rali Ilha Graciosa nas estradas da Graciosa

Ao final da tarde desta Sexta-feira, realiza-se a Super Especial Vila de Santa Cruz/Além Mar, nas ruas circundantes à Praça Fontes Pereira de Melo.
No Sábado de manhã, a partir das 10 horas, realizam-se as provas especiais 2, 3, 4 e 5, com passagens duplas pelos troços Limeira/Ribeirinha e Ribeirinha/Luz. O troço Ribeirinha/Luz é o mais extenso da prova com 9,49 Km.
À tarde, duas passsagens Carapacho/Fonte do Mato, para as provas especiais 6 e 7.
A chegada em frente à Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa está prevista para as 16h15, onde se vai realizar a festa final.
São 37, as equipas inscritas para a prova de comemoração do décimo aniversário do rali graciosense e entre as participações destaca-se o piloto continental Pedro Lança e 7 pilotos graciosenses.




Governo decidiu medidas de apoio aos agricultores para minimizar efeitos da seca

Após reunião com a Federação Agrícola dos Açores, João Ponte adiantou que o Executivo Regional vai apoiar diretamente a importação de 20 mil toneladas de alimento para os animais, valor que duplica face a anos anteriores, estimando-se um investimento de cerca de dois milhões de euros.
Desta forma, salientou o Secretário Regional, os agricultores vão poder gerir de forma diferente os alimentos que têm disponíveis para os seus animais nos próximos meses.
João Ponte revelou ainda que será aberto nos próximos dias um período para que os agricultores se possam candidatar às ajudas para serem compensados pelos prejuízos sofridos ao nível da produção de milho forrageiro e de hortícolas, cabendo depois ao Governo “avaliar, caso a caso, as situações dos agricultores que apresentam manifestos prejuízos”.
O governante adiantou que só serão considerados prejuízos de perdas de produção a partir de 25%.




Barro Vermelho sem Bandeira Azul por falta de nadadores salvadores

O Barro Vermelho voltou ser a única zona balnear da Graciosa, distinguida com Bandeira Azul, mas nunca chegou ser hasteada, por falta de nadador salvador.
Os graciosenses que possuíam o título, deveriam ter feito a revalidação este ano, mas não o fizeram, o que faz com que a autarquia tenha de recorrer a nadadores-salvadores externos, no caso da Graciosa deveriam ser contratados dois para a Piscina Municipal e Barro Vermelho e um elemento para folgas.
No entanto, apenas foi concretizada a contratação de dois nadadores, que estão a assegurar a vigilância na Piscina Municipal.
Apesar desta situação, a zona balnear do Barro Vermelho tem todas as condições e infra-estruturas ao serviço dos banhistas, para além de ser a melhor água balnear da Graciosa, com classificação de Excelente.

Twitter Facebook Favorites More