Traduzir

13 julho 2018

Graciosa com 17 produtores na recuperação de vinha

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas destacou, durante a visita à Graciosa, o trabalho que tem sido feito nos Açores ao nível da recuperação de vinhas e na produção de vinhos de grande qualidade e excelência, um setor com grande potencial de crescimento em várias ilhas.
“Tem sido feito um grande trabalho de recuperação de vinhas aqui na ilha Graciosa, que tem um grande potencial para continuar a crescer em termos de área”
"O trabalho dos produtores nos Açores é notável, de grande responsabilidade e tem permitido à Região produzir vinhos de excelência, de grande qualidade, reconhecidos por especialistas e muito apreciados pelos consumidores”, acrescentou o titular da pasta da Agricultura no final de uma visita à vinha de um produtor graciosense candidato ao Regime de Apoio à Reestruturação e Reconversão da Vinha.
No segundo dia da visita estatutária à Graciosa, João Ponte visitou uma das vinhas, na localidade do Bom Jesus.
O Secretário Regional salientou que o Executivo tem disponibilizado um conjunto de instrumentos que têm sido fundamentais para o desenvolvimento deste setor, desde logo o POSEI, que tem permitido alocar verbas muito significativas para a ajuda à manutenção da vinha.
 João Ponte afirmou que, caso não fosse feito o reforço orçamental, “haveria um rateio muito considerável nesta ajuda e um conjunto de cerca de 60 produtores, com produção de vinha certificada como Identificação Geográfica (IG), não receberiam qualquer valor”, em virtude de ter sido excedido o limite orçamental disponível para 2017.
A resolução que concede um apoio regional complementar, até 255 mil euros, para a ajuda à manutenção da vinha aos produtores que se candidataram ao POSEI em 2017 foi aprovada na reunião do Conselho do Governo que decorreu na ilha Graciosa.
Por outro lado, o Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou que, nos primeiros seis meses do ano, já foram pagos nos Açores cerca de 1,2 milhões de euros a uma centena de projetos aprovados no âmbito do VITIS.

Nos últimos três anos, foram apoiados na ilha Graciosa 17 produtores, com uma área total de 11,45 hectares.

Fonte: GACS

Twitter Facebook Favorites More