Traduzir

25 julho 2018

Filarmónica da Fajãzinha das Flores está em visita à Graciosa

A Filarmónica Nossa Senhora dos Remédios da Fajãzinha, da Ilha das Flores, está esta semana em visita à Graciosa.
Marco Henriques, presidente da Filarmónica, disse que a viagem à Graciosa tem a duração de uma semana, estando incluída participação na Festa da Ribeirinha.
O objetivo é aproveitar para descansar e se divertirem, depois de um ano de trabalho na filarmónica.
A filarmónica atravessa de momento uma boa fase, com a entrada de alguns jovens, o que resulta da aposta na escola de música.
È com grande esforço que a filarmónica se mantém em funcionamento e este ano realiza esta viagem à Graciosa, ilha que visita pela segunda vez, depois de 1989, ano em que fez a primeira saída da ilha das Flores.

Em 1953, a população da freguesia da Fajãzinha, Concelho das Lajes – ilha das Flores, criou a sua Banda de Música, facto, para o qual muito contribuiu o empenho e a vontade do então Pároco da Freguesia, Rev.mo Pe António Joaquim de Freitas, e do Sr. Afonso Rodrigues Duarte, ambos já falecidos, sendo, desde há vários anos, Sócios honorários desta Filarmónica.
Desde essa data e até 1967, a Filarmónica desenvolveu regularmente a sua atividade, tendo o surto migratório, ocorrido nesse ano, obrigado à cessação da sua atividade, que apenas viria a ser retomada no ano de 1983.
A Filarmónica Nossa Senhora dos Remédios da Fajãzinha é uma agremiação musical constituída por cerca de 35 elementos, provenientes de várias freguesias da Ilha que, em conjunto com o seu Maestro, se empenham no desenvolvimento e difusão da arte musical na Ilha.

Twitter Facebook Favorites More