Traduzir

25 maio 2018

Resumo Semanal de 21 a 25 de Maio de 2018

Teodora Borba e Vítor Rui Dores receberam Insígnias Autonómicas de Reconhecimento

A Sessão Solene do Dia da Região Autónoma dos Açores, que se realizou segunda-feira, no concelho da Madalena, no Pico, ficou assinalada pela imposição de 38 Insígnias Honoríficas, a personalidades e a instituições.
Este ano, e há dois graciosenses entrem os homenageados, Maria Teodora de Borba e Vítor Rui Dores, que receberam as Insígnias Autonómicas de Reconhecimento.
A Insígnia Autonómica de Reconhecimento visa distinguir "os atos ou a conduta de excecional relevância" de cidadãos portugueses ou estrangeiros que "valorizem e prestigiem a Região no País ou no estrangeiro", que "contribuam para a expansão da cultura açoriana ou para o conhecimento dos Açores e da sua história" ou que se "distingam pelo seu mérito literário, científico, artístico ou desportivo".




Formações em Patchwork resultaram em bonitos trabalhos

O Centro Regional de Apoio ao Artesanato promoveu na Ilha Graciosa dois workshops de patchwork.
Esta ação de formação contou com a colaboração da artesã Sandra Cunha, que ministrou os dois cursos, tendo o último decorrido na Biblioteca Pública de Santa Cruz da Graciosa.
A formadora Sandra Cunha afirma que as formações decorreram bem, com as 20 participantes a mostrarem muito interesse.
O resultado final foi uma panóplia variada de trabalhos, criando malas, abafadores, almofadas, quadros, etc. ,  através das técnicas de retalhos loucos, patchwork por medida e uma nova técnica de papel.




X Rali Ilha Graciosa na estrada a 6 e 7 de Julho

Segundo informação do TAC, são 32 os pilotos já inscritos para a edição 2018 (3ª edição) do Troféu de Ralis Asfalto Açores.
Na lista dos 32 já inscritos estão representadas as ilhas Terceira, São Miguel, Faial, Santa Maria, Pico e Graciosa, e ainda o continente português com dois pilotos inscritos.
As inscrições encerrarão definitivamente no fecho das inscrições para a terceira prova pontuável, o 10º RALI ILHA GRACIOSA/ALÉM MAR.




Atletas Graciosenses conseguem medalhas em Torneio Olímpico Jovem Regional

A Associação de Atletismo da Ilha Terceira realizou um Torneio Olímpico Jovem Regional, no passado fim-de-semana.
Os jovens graciosenses, a competir pela Associação de Atletismo da Ilha Terceira, conseguiram bons resultados, sendo de destacar o 3º lugar de Nicole Neves em 80 metros, tendo a mesma atleta conseguido o 2º lugar nos 4x80 metros. Em 2º lugar ficou Beatriz Martins em lançamento de peso, a mesma atleta ficou em 2º nos 4x 60 metros.
Santiago Cunha ficou em 2º, no salto em altura, a mesma classificação nos 4x 60 metros.
Verónica Sousa ficou em 6º lugar no lançamento de peso e em 5º nos 1.000 metros.
Nesta prova, que decorreu no Estádio João Paulo II, participaram as associações de atletismo de Terceira, São Miguel e Faial.




Grater apela à continuação da boa taxa de execução na Graciosa para lançar 2ª fase de investimento

Na sua primeira visita à Graciosa, como presidente da Grater, Tibério Dinis afirma que é preciso manter a politica de proximidade entre as duas ilhas, destacando que na Graciosa decorre uma parte importante dos investimentos da Grater.
O presidente da Grater afirma que há muita dinâmica, nas candidaturas apresentadas para a Graciosa, sendo objetivo que os projetos a desenvolver, resultem numa melhoria dos serviços prestados à população.
Neste momento, estão aprovados ou já em execução 6 projetos na ilha Graciosa, da responsabilidade de privados mas também de entidades públicas, nomeadamente câmara municipal e juntas de freguesia.
Tibério Dinis, presidente da Grater, deixou o apelo de que todos os beneficiários candidaturas ao Prorural+, executem o mais rápido possível, os plafonds disponíveis e atribuídos, para que a Grater avance para uma 2ª vaga de investimento, captando fundos que estejam disponíveis.




Graciosenses cumpriram mais uma promessa à Nossa Senhora de Guadalupe passados 301 anos

Este voto do povo graciosense surgiu no ano de 1717, altura em que a Graciosa foi atingida por uma forte crise sísmica, que deixou muitas famílias sem abrigo.
A procissão que liga as freguesias de Guadalupe e de Santa Cruz, saiu às 8 da manhã da Igreja de Guadalupe, depois já em Santa Cruz, subiu ao Monte da Senhora da Ajuda, onde foi celebrada missa campal. Após a missa, iniciou-se o regresso ao Guadalupe, num percurso que totaliza 10 quilómetros, e que, todos os anos, é percorrido por gente de todas as idades.
A tradição é de que se realize a 24 de Maio, mas nunca ao Domingo, pois a origem do voto é de que os graciosenses prometeram um dia de trabalho.




Dormidas baixaram 11,8% no primeiro trimestre de 2018

De janeiro a março de 2018, o Alojamento Local foi a tipologia que mais cresceu nos Açores com aumentos de 30,3% nos hóspedes e 28,4% nas dormidas, revelou o Serviço Regional de Estatística.  
Na Graciosa, em termos de dormidas no alojamento local, há um aumento de 575%, no primeiro trimestre de 2018, ao passar das 28 registadas em 2017, para as 189 registadas este ano. A perder dormidas está a hotelaria tradicional, que regista uma redução da ordem dos 17,4%, sendo que o turismo rural manteve o mesmo número de dormidas.

No geral, as dormidas na Graciosa registaram um decréscimo de 11,8%, em comparação com 2017, ao passar das 3.288, para as 2.900 deste ano.

Twitter Facebook Favorites More