Traduzir

21 julho 2017

Resumo Semanal de 17 a 21 de Julho de 2017

Tiago Valadão venceu o 9º Rali Ilha Graciosa

Tiago Valadão, em Citroen Saxo Cup, foi o vencedor do 9º Rali Ilha Graciosa, ao fazer o melhor tempo de 26 minutos e 55 segundos. No 2º lugar ficou Paulo Santos e em 3º Ricardo Vieira.
O piloto terceirense beneficiou também da desistência de outros pilotos, candidatos à vitória, principalmente Cláudio Bettencourt (2ª PE) e  Pedro Lança (6ªPE), que desistiram por avaria, quando estavam na liderança da prova.
Quanto às equipas graciosenses, o estreante Jorge Pinto foi o melhor, tendo terminado a prova em 16º lugar da geral. Alexandre Mendonça andou rápido, mas foi prejudicado por uma penalização, na noite da Super Especial Vila de Santa Cruz. Cesar Bettencourt e Mateus Bettencourt desistiram por avaria, mas Avelino Coutinho conseguiu terminar o rali.
Das 36 equipas inscritas, terminaram o rali 22 equipas, sendo de destacar 3 despistes, entre o grande número de desistências.





Abertas candidaturas para atribuição de moradia T3 no Loteamento das Dores

O concurso destina-se à atribuição de uma moradia, de tipologia T3, situada no loteamento das Dores, em Santa Cruz da Graciosa.
As candidaturas estão abertas até 28 de Julho, nos serviços de ilha da Direção Regional da Habitação e nos postos de atendimento da RIAC.





"Quem vê caras....não vê doenças" patente na Biblioteca Municipal

O fotógrafo José Santos é o autor desta exposição constituída por 24 fotografias no formato 30X45, de 12 crianças, às quais lhes foram diagnosticadas doenças crónicas.
Uma exposição de fotografia solidária, que tem como objetivo sensibilizar no sentido que não só as crianças que fazem parte desta exposição de fotografia, mas também todas as crianças em geral que sofrem de doenças crónicas também são seres humanos, que tem sonhos, projetos, desejos de sorrir, brincar e também serem felizes, acabando assim com o paradigma da exclusão, que infelizmente ainda persiste em existir.






Transferência de verbas para a PRODIB aprovada com voto contra da oposição

Nos pontos da ordem de trabalhos, da reunião do executivo municipal destacou-se a aprovação de mais 25 mil euros à PRODIB, para realização dos espetáculos musicais e eventos taurinos das festas de Santo Cristo de 2017.
O assunto gerou alguma discussão, com o vereador do PSD, António Reis, a afirmar que mantém a sua posição sobre os relatórios da associação e que gostaria “que os valores do relatório da associação fossem os corretos”.
A vice-presidente Conceição Cordeiro, que presidiu ao encontro, disse que anteriormente nem relatórios existia, com António Reis a responder que é preferível nem existir relatórios, do com valores falsos.
Conceição Cordeiro disse que acredita nos valores apresentados, pois os encargos com a festa taurina são sempre muito elevados.
Posto à votação, houve empate com dois votos a favor do PS e dois votos contra do PSD, tendo a vice-presidente usado o voto de qualidade, para aprovar a transferência de 25 mil euros à PRODIB.





Parque de Lazer do Pinheiro vai ser ampliado

O executivo camarário de Santa Cruz da Graciosa aprovou, por unanimidade, uma permuta de terrenos, na Freguesia de São Mateus.
Por unanimidade foi também aprovado que o terreno que fica agora em posse do município, seja doado à Junta de Freguesia de São Mateus, para que possa integrar o Parque de Lazer do Pinheiro.




Junta de Santa Cruz assegura limpeza da praia do Barro Vermelho

O objetivo é garantir as condições essenciais para uma boa zona de banhos e na intervenção realizada a semana passada, foram efetuadas as respetivas correções de acesso à água.
De referir que aquela zona é cada vez mais procurada não só pelos graciosenses, mas também por quem nos visita.





PJ deteve homem por posse de munições proibidas na Graciosa

Refere o comunicado, que “a Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada e com a estreita colaboração da Guarda Nacional Republicana, deteve um homem pela presumível prática do crime de detenção de arma proibida.”
O detido tinha na sua posse várias dezenas de munições, de diferentes tipos e calibres, que guardava escondidas em espaço comercial, no concelho de Santa Cruz da Graciosa, e que foram encontradas no decurso da realização de buscas de que foi alvo.
O detido, de 42 anos de idade, comerciante e já referenciado policialmente, foi presente à competente autoridade judiciária para efeitos de interrogatório e aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.





João Costa desafia Governo a assumir a requalificação da zona balnear da Calheta

O deputado desafiou o Governo regional a assumir a requalificação da zona balnear da Calheta, em Santa Cruz da Graciosa, cujo projeto foi divulgado em 2015, mas que não foi executado até ao momento, por falta de capacidade de execução das autarquias.
O parlamentar do PSD/Açores alerta para a necessidade de se proceder a uma intervenção profunda com vista a requalificar esta zona balnear, uma das mais procuradas da ilha por graciosenses e visitantes sobretudo nos meses de verão.
O projeto de requalificação da zona balnear da Calheta foi apresentando em 2015 pela Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, Junta de Freguesia de Santa Cruz da Graciosa e Secretaria Regional do Turismo e Transportes - Delegação da Graciosa.
O projeto, elaborado pela equipa técnica da Secretaria Regional do Turismo e Transportes, constituída pelo arquiteto paisagista Rogério Mendonça e pelo engenheiro civil Ricardo Areia, prevê a construção de balneários com esplanada, a construção de recinto para a prática de voleibol de praia, além da construção de duas piscinas naturais.





Zonas balneares da vila de Santa Cruz dispõem de novos equipamentos

O Município de Santa Cruz da Graciosa e as juntas de freguesia da ilha continuam o trabalho em parceria, no melhoramento das zonas balneares da Graciosa.
Para proporcionar maior conforto aos banhistas, foram colocadas espreguiçadeiras e guarda-sóis nas zonas balneares do Boqueirão e das Fontainhas.





Aprovado contrato para a execução do Parque Empresarial da Ilha Graciosa

O executivo camarário de Santa Cruz da Graciosa, reunido na Quinta-feira, aprovou a minuta de contrato, a celebrar com a Tecnovia, para a execução da empreitada do Parque Industrial da Ilha Graciosa.
O vereador João Cunha, disse que esta obra é demonstrativa da incapacidade da câmara em desenvolver obras, e que só não votam contra por ser uma obra importante para a ilha.
A vice-presidente Conceição Cordeiro disse que quando entraram para a Câmara Municipal é que começaram o processo de raiz e que quando estava pronto o período de discussão pública, o quadro comunitário na altura em vigor, já estava totalmente utilizado, pelo que tiveram que aguardar pelo novo quadro. O projeto encontra-se já aprovado a fundo comunitários e terá uma comparticipação de 85%.
O documento foi aprovado por maioria, com votos a favor do PS e abstenção do PSD, como forma de protesto pelo atraso no lançamento da obra.
A empreitada do Parque Industrial da Ilha Graciosa, orçada em cerca de 800 mil euros, vai situar-se no Caminho Velho do Quitadouro e contempla 18 lotes industriais, 3 lotes de utilização colectiva e 1 lote para o Matadouro.






Detida uma mulher na Graciosa na posse de pólen de haxixe

A Polícia Judiciária anunciou em comunicado que, "através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, e com a estreita colaboração da Guarda Nacional Republicana, no âmbito de investigação em curso, identificou e deteve uma mulher de 28 anos, pela presumível prática do crime de tráfico de estupefacientes."
Os factos ocorreram na ilha Graciosa e segundo a informação da Judiciária, as diligências investigatórias desenvolvidas, "permitiram apreender à suspeita uma quantidade de pólen de haxixe suficiente para cerca de sessenta doses individuais."






Polémica sobre trabalho de empresa de fisioterapia nas Termas do Carapacho motiva esclarecimento do governo

A Antena 1-Açores noticiou que a “empresa Fisio-Graciosa está a trabalhar nas Termas do Carapacho sem se ter sujeitado a concurso público, ajuste directo ou contrato.”
A notícia vinda a público na Quinta-feira, destaca que a “empresa é da filha do deputado socialista José Avila e está a cobrar 35 euros por tratamento.”
Na mesma notícia, a Secretaria do Turismo diz que deu, apenas, autorização para a empresa prestar apoio à medica que está nas Termas ao abrigo do protocolo celebrado com o Instituto Português de Reumatologia.
A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, através da Direção Regional do Turismo, na sequência da notícia veiculada pela Antena 1 Açores esclareceu que “no âmbito do Protocolo estabelecido com Instituto Português de Reumatologia decorre a necessidade, para o serviço prestado por este Instituto, da disponibilização complementar de serviços de Fisioterapia.”
O governo afirma que “a empresa Fisiograciosa, Lda. é a única empresa qualificada localmente para a prestação de cuidados ao nível da Fisioterapia na ilha Graciosa” e foi neste enquadramento, que o Governo Regional “autorizou a empresa Fisiograciosa, Lda. à prestação daqueles serviços em alguns espaços definidos no edifício das Termas do Carapacho, sem contrapartidas financeiras da Região.”
O governo esclarece ainda que “à empresa Fisiograciosa, Lda. cabe a responsabilidade de fornecer todos os produtos para limpeza, conservação e higienização dos equipamentos utilizados no estabelecimento, bem como potenciar a utilização das Termas, nas suas várias vertentes, através da publicitação da atividade desenvolvida, para além de providenciar, todo o pessoal técnico e auxiliar, equipamentos, instrumentos, software e bens consumíveis necessários ao adequado cumprimento destas obrigações.”
A terminar, o governo diz que “este autorização em nada conflitua com a exploração das Termas, que continuam a ser geridas pela Região Autónoma dos Açores e cujo processo de concessão está em desenvolvimento, conforme é público.”





Governo altera redistribuição da quota do goraz na Graciosa

O Governo dos Açores, na sequência da solicitação das associações de pesca de Graciosa, Faial, Terceira, São Miguel e Santa Maria, decidiu, através de um despacho publicado esta Sexta em Jornal Oficial, alterar a repartição da quota de goraz pelas embarcações destas ilhas.

Esta medida, segundo o Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, tem como principal objetivo “otimizar o aproveitamento da quota” desta espécie, acrescentando que se procedeu a “um balanço das capturas efetuadas durante o primeiro semestre”.

Twitter Facebook Favorites More