Traduzir

22 junho 2017

Parque Natural de Ilha e Reserva da Biosfera da Graciosa tem 18 meses para elaborar planos de gestão e de ação

O Governo Regional dos Açores, aprovou durante a visita da semana passada à Graciosa, a resolução que determina a elaboração dos Planos de Gestão dos Parques Naturais de Ilha, bem como dos Planos de Ação das Reservas da Biosfera dos Açores.

Os Planos de Gestão dos Parques Naturais de Ilha são instrumentos de gestão das áreas classificadas dos Açores, enquanto os Planos de Ação das Reservas da Biosfera são instrumentos de desenvolvimento dos objetivos de desenvolvimento sustentável destas áreas designadas ao abrigo do programa MAB da UNESCO.

Os Planos de Gestão dos Parques Naturais de Ilha e os Planos de Ação das Reservas da Biosfera dos Açores devem estar concluídos no prazo máximo de 18 meses, sendo os respetivos processos de elaboração acompanhados por um grupo de trabalho que integra os gestores das áreas, serviços da administração regional autónoma, autarquias locais, diversos parceiros sociais e organizações não governamentais de ambiente.

As ilhas do Corvo (2007), Graciosa (2007) e Flores (2009) são Reservas da Biosfera. Ou seja, áreas de ecossistemas (terrestres ou costeiros) que promovem soluções para conciliar a preservação da biodiversidade e o seu uso sustentável. A UNESCO reconhece estas reservas.

Twitter Facebook Favorites More