Traduzir

12 junho 2017

Governo dos Açores respondeu a preocupações do Conselho de Ilha

O Governo Regional dos Açores reuniu com o Conselho de Ilha Graciosa, no primeiro dia da visita estatutária à Graciosa.
No encontro, que decorreu na escola secundária, o governo deu resposta ao que os conselheiros elegeram como problemas e necessidades da ilha, nas diversas áreas.
Na área da vice-presidência, Sérgio Ávila garantiu que vai continuar a haver uma aposta nos programas de apoio ao emprego, sendo objetivo que o número de desempregados continue a diminuir.
Nas pescas e mar, estão concluídos e prontos a lançar a concurso, os projetos de recuperação da muralha do areal de São Mateus e do Porto Afonso.
Sobre a situação de algumas falésias, nomeadamente nos Fenais, junto à casa de Manuel Gregório e na Ventosa, a primeira está em curso e decorre um estudo para o segundo caso, sendo prioridade do governo, os casos em que pessoas e bens estão em perigo.
Sobre construção de um telheiro no Porto de Pescas para trabalhos nas embarcações em terra, está a ser revisto o regulamento do porto e já pediram indicação da melhor localização à Associação de Pescadores. Quanto à video-vigilância no Porto de Pescas, a Lotaçor está a fazer uma avaliação, para que este investimento avance em todos os portos da região, no segundo semestre do ano.
Na área social, foi garantida a continuidade do programa Envelhecer com Dignidade, a continuação de apoios à habitação degradada em colaboaração com o município e as juntas de freguesia e no caso do Centro Social e Paroquial da Luz será feita uma aposta na requalificação do ATL.
No ambiente e turismo, a secretária garantiu para breve uma intervenção na piscina pequena do Carapacho, para que haja uma eficaz renovação da água. Sobre o funcionamento das termas já para 2018, garantiu que haverá um reforço com parcerias com a Secretaria da Saúde, para além de uma aposta na vertente SPA. A remodelação do Parque de Campismo do Carapacho não está prevista para este ano.
Na área da saúde, o secretário garantiu um reforço nas consultas de especialidade e sobre a abertura de concurso para uma segunda farmácia, informou os conselheiros que ainda decorre o processo de encerramento da antiga farmácia e só depois de terminado é que vão agir. Rui Luis disse ainda que a Farmácia Graciosa foi alvo de vistoria em Maio, cujas conclusões foi de que a venda de medicamentos está a decorrer de acordo com a lei.
Na agricultura e florestas, os conselheiros foram informados que houve um aumento de distribuição de raticida e que a criação de um corpo técnico para a Adega será enquadrada nos protocolos habituais entre governo e associações agrícolas. Quanto à nova localização do parque de gado junto ao Porto Comercial, enquanto não há solução, o atual parque será requalificado, de modo a que tenha melhor aspeto. A elaboração de um programa para utilização de terra abandonada não vai ser fácil, pois a maioria dos proprietários são emigrantes, mas o governo está aberto a sugestões para resolver o problema.
Na educação e cultura, Avelino Meneses disse que pondera algumas alterações aos formulários das candidaturas de apoios aos agentes culturais da ilha e quanto ao património religioso, estão já garantidos cerca de 26 mil euros, para os retábulos de Santo Cristo e pinturas quinhentistas.
Nos transportes e obras públicas, Vítor Fraga disse que os municípios têm sido ouvidos na elaboração dos horários dos transportes marítimos e que tentam conciliar com as muitas festividades que existem. O arranjo de estradas e zonas de lazer vai continuar por toda a ilha, protocolo com a Junta de São Mateus para aquisição de bomba para reposição do areal e desassorear o porto ainda está a ser estudado de modo a encontrar uma solução mais viável. Sobre os períodos mais longos das inspeções periódicas obrigatórias, esta situação está já garantida com a Centrovia.


Vítor Mendes, Presidente do Conselho de Ilha, disse que de um modo geral saiu satisfeito do encontro, porque para os assuntos em que não havia uma resposta, houve um compromisso por parte dos secretários, de que serão analisados. Dos temas que considera mais importantes de momento, Vítor Mendes destaca os apoios ao emprego e a desratização.


Vasco Cordeiro, Presidente do Governo Regional dos Açores, disse que uma série de apoios e construção de infra-estruturas, que tem vindo a ser feitos na graciosa, tem por objetivo reforçar as condições para reduzir a desertificação da ilha.


Twitter Facebook Favorites More