Traduzir

01 junho 2017

Agenda cultural de Junho, com destaque para exposições, concertos e teatro

O Museu da Graciosa deu a conhecer a agenda cultural de Junho, com destaque para exposições, concertos e teatro.
A peça em destaque este mês é uma Atafona, que era usada para moer o milho ou o trigo. Construída em madeira, basalto, ferro e corda, esta peça datada de Janeiro de 1937, pertencia a Inocêncio Hilário, da Lagoa.
Até ao final de Junho, é ainda possível apreciar a exposição do semestre, com uma mostra de algumas das bonecas da colecção do Museu da Graciosa, que convida os visitantes, a entrar no imaginário de recordações da infância.
De 20 de Junho a 7 de Outubro, o Museu expõe “A Festa do Divino na Ilha Graciosa”, que se trata de uma mostra fotográfica, inaugurada em pleno período de Pentecostes, que apresenta as festas do Espírito Santo, desde as estruturas, passando pelos rituais de culto e pelas cerimónias, que desde tempos antigos têm sido expressão religiosa do povo graciosense.
Até 18 de Junho, está ainda patente a exposição “Visões – O Interior do olho humano”.
Ainda na agenda cultural de Junho, destaca-se concerto a 11 de Junho, pelas 21 horas, no Centro Cultural, com os coros Juvenil e Sénior da Matriz de Santa Cruz e participação da solista micaelense Andreia Colaço. Neste concerto será homenageado o Padre António Machado Alves, pelos 50 anos de Bodas Sacerdotais.
A 17 de Junho, prossegue a Temporada de Teatro da Ilha Graciosa, às 21h00, no Centro Cultural, com o Grupo de teatro Vai Avante, de Gondomar, Porto, que vai apresentar a peça “Sganrello, o traído imaginário”, de Moliére.

Twitter Facebook Favorites More