Traduzir

09 março 2017

Obra de Proteção Costeira da Barra arranca no terreno

O Governo dos Açores, através da Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, adjudicou em Abril de 2016, à empresa Tecnovia-Açores a empreitada de proteção e estabilização da zona costeira da Barra, em Santa Cruz da Graciosa, num investimento superior a sete milhões de euros.
Nos meses seguintes, os trabalhos em execução, nomeadamente do lado terra, decorreram no âmbito da pré-fabricação das estruturas e dos elementos em betão, em estaleiro, que serão posteriormente implantados na baía da Barra.
Nos últimos dias começaram os trabalhos e movimentações de máquinas no terreno.

A Tecnovia Açores tem estado a efetuar, no seu estaleiro da Rochela na Ilha Graciosa, a pré-fabricação de 2737 accropodes II™, unidades pré-fabricadas em betão que vão ser utilizadas pela primeira vez nos Açores.

Os trabalhos relativos à pré-fabricação dos elementos para a obra, são de 2.257 unidades de Accropodes II™ 3 m3, 480 unidades de Accropodes II™ 4 m3 e 80 Aduelas.
Estas peças serão incorporadas na empreitada de proteção e estabilização da Zona Costeira da Barra, em Santa Cruz da Graciosa, em execução por Consórcio liderado pela Tecnovia Açores, obra inscrita na Carta Regional de Obras Públicas, com um prazo de execução de 18 meses, que consistirá na construção de um quebramar com cerca de 225 metros de comprimento, enraizado no lado norte da baía.
A empreitada prevê ainda a proteção marginal de uma nova área de terrapleno de 3.500 metros quadrados, bem como trabalhos de dragagem e a construção de um passadiço pedonal elevado.
As obras de proteção e requalificação da orla costeira da Barra vão permitir valorizar esta zona da ilha Graciosa, possibilitando investimentos futuros.


Twitter Facebook Favorites More