Traduzir

19 dezembro 2015

Resumo Semanal de 14 a 18 de Dezembro de 2015


 
Bienal terminou com balanço positivo

A V Bienal de Turismo Subaquático, que decorreu na Graciosa entre 9 e 12 de Dezembro, terminou com um balanço positivo.
José Toste, do Turismo dos Açores, disse à Rádio Graciosa que os oradores trouxeram contributos muito importantes, sendo de destacar que quase todos eram açorianos. José Toste afirma que está patente que os Açores dispõe cada vez mais de uma oferta diversificada e consolidada.
Destaca-se nesta edição a formação pela DDI, de mergulho para pessoas com incapacidades físicas, sendo de salutar que na ilha não existem grandes obstáculos, nas infra-estruturas em que trabalham as operadoras marítimo turísticas. Trata-se por isso de um nicho de mercado que pode ser aproveitada pela Graciosa em concreto.
A criação de parques nas zonas de naufrágios foi um dos temas mais debatidos da Bienal, evento em que o número de participantes ficou um pouco aquém daquilo que a organização pretendia, tendo José Toste referido que houve desistências à ultima hora, mas que os operadores da região estiveram quase todos presentes, tendo aí sido cumprido o objectivo do evento.





Graciosa registou maior rajada de vento mas sem grande destruição

O mau tempo que assolou o arquipélago durante o dia de Segunda-feira provocou apenas alguns estragos na Graciosa, sem gravidade, apesar da intensidade do vento que se fez sentir.
Segundo dados recolhidos junto da vice-presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, as ocorrências registadas pelos serviços camarários foram de muitos ramos de árvores partidos, sobretudo na Praça Fontes Pereira de Melo, uma varanda, já deteriorada, que acabou por cair na Avenida Mouzinho de Albuquerque, que foi retirada da estrada pela autarquia e ainda pequenos estragos na cobertura do Pavilhão Municipal, que entretanto foram já reparados esta manhã.
Sabe-se ainda que houve pequenos estragos ao nível da cobertura e de uma porta do Centro de Processamento de Resíduos e em algumas paredes que caíram, sendo de destacar uma situação nas Grotas, localidade da Ribeirinha e uma Canada na Freguesia da Luz, que ficou mesmo obstruída, mas cujos trabalhos de desobstrução estão quase concluídos.
As escolas da rede pública do Sistema Educativo Regional, bem como as instalações desportivas na sua direta dependência, reabriram Terça-feira, sendo que nas estruturas do parque escolar da Graciosa não há a registar danos provocados pelo mau tempo.
Os Bombeiros Voluntários não foram mesmo chamados para qualquer ocorrência, no âmbito do mau tempo.
Apesar destes estragos leves, a nossa ilha foi fortemente fustigada pelo vento e segundo a Delegação dos Açores do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, a rajada máxima de vento, registada nas estações do IPMA, foi de 141 km/k na Graciosa, às 16 horas.
Na agitação marítima, a altura máxima de onda foi de cerca de 9 metros, registada pela bóia ondógrafo da Graciosa, por volta das 07h00 da manhã de Segunda-feira.







Escola Secundária subiu 202 lugares no raking nacional

A Escola Secundária de Santa Cruz da Graciosa subiu 202 lugares, no ranking do Publico / Universidade Católica Portuguesa para as escolas de ensino básico e secundário, de acordo com as notas dos exames nacionais, com uma média de 9,91, nas 91 provas realizadas.
A escola graciosense conseguiu esta melhoria sobretudo devido aos resultados do ensino secundário, sendo a 8ª melhor escola do total de 22 escolas dos Açores.
A nível nacional a escola está no 404º lugar, do total de 625 escolas com ensino secundário de todo o pais.
Também se registaram subidas ao nível do 9º ano e 6º ano.
Ao nível da escolas do 1º ciclo as escolas de São Mateus e Luz melhoraram, enquanto que as de Santa Cruz e Guadalupe desceram em relação ao ano anterior.






Guido Teles é o novo presidente da Grater

Os associados da Grater reuniram em Assembleia-geral, no dia 15 de Dezembro.
A Assembleia-Geral da Grater foi marcada pela apresentação dos novos Órgãos Sociais da associação, tendo sido eleito como novo presidente do Conselho de Administração o Município de Angra do Heroísmo, representado pelo vereador Guido Teles.
Segundo o presidente agora eleito, “é uma honra assumir a presidência desta entidade, que muito contribui para o desenvolvimento das nossas zonas rurais.”
“Gostaria de congratular o atual Conselho de Administração da Grater por todo e empenho e dedicação demonstrados e garantir que vamos manter esse esforço no alcance dos objetivos propostos. Pretendemos também continuar a apoiar os nossos associados e aprofundar o conceito de proximidade junto da comunidade”, destacou.
O novo Conselho de Administração da Grater conta ainda com a participação do Município da Praia da Vitória, representado por Osório Silva e Associação de Jovens Agricultores Terceirenses representada por Anselmo Pires, como vice-presidentes; Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo representada por Carla Bretão Martins como tesoureira; Associação Juvenil da Ilha Terceira representada por Décio Santos como secretário e, Escola Profissional da Praia da Vitória representada por Domingos Borges e João Henrique Cota, como suplentes.
Da Assembleia-Geral fazem parte o Município de Santa Cruz da Graciosa, representado por Manuel Avelar Santos, como presidente; Associação de Agricultores da Graciosa representada por João Picanço, como vice-presidente; e Associação dos Jovens Agricultores Graciosenses representada por George Lobão, como secretário.
Relativamente ao Conselho Fiscal, este conta com a presença de José Almerindo Costa, como presidente; “Os Montanheiros” representado por Paulo Barcelos, Freguesia da Ribeirinha representada por António Toste e, como suplentes Freguesia de Santa Cruz representada por Carlos Armando da Costa e Gilberto Vieira.






Governo dos Açores mantêm-se atento à situação do Banif

As notícias vindas a público sobre o Banif têm gerado preocupação nos açorianos em geral, procurando os balcões do banco para pedir esclarecimentos e em alguns casos para levantar dinheiro.
Esta semana o Governo dos Açores informou através de uma comunicação que “tem vindo a acompanhar a situação do BANIF através de contactos com o Governo da República, bem como com o Conselho de Administração do banco.”
De acordo com as informações recolhidas pelo governo, com destaque para as transmitidas pelo Ministério das Finanças, “estão garantidas, desde logo, a “confiança no sistema financeiro, a plena proteção dos depositantes e as condições de financiamento da economia”.
Face a este compromisso do Governo da República, o Governo dos Açores irá continuar a acompanhar o processo no sentido de serem permanentemente assegurados os objetivos definidos pelo Estado para a confiança e proteção dos depositantes e para o financiamento da economia.”
O Governo dos Açores afirma que “as garantias dadas pelo Governo da República constituem, naturalmente, um fator acrescido de confiança no funcionamento do sistema bancário nos Açores.”







Termas do Carapacho encerram para o Natal e Passagem de Ano

A Delegação de ilha da Secretaria Regional do Turismo e Transportes informou que a piscina interior das Termas do Carapacho continua em funcionamento e aberta ao público.
O horário de funcionamento durante o Inverno é à 3ª/6ª das 12h às 18h, 4ª/5ª das 12h às 19h e aos Sábados e Domingos das 10h às 17h. À Segunda-feira está encerrada para manutenção.
 Na época Natalícia e Passagem de Ano, as Termas do Carapacho estarão encerradas nos dias 24, 25, 26 e 27 de Dezembro e 31 de Dezembro, 1, 2 e 3 de Janeiro.






Twitter Facebook Favorites More