Traduzir

20 junho 2013

Burro Anão a caminho do reconhecimento


No ano de 2005 teve inicio o processo de reconhecimento do Burro Anão da Graciosa, como raça autóctone.

Artur Machado, professor universitário de genética e director de Biotecnologia da Universidade dos Açores, disse que o burro anão da Graciosa tem uma identidade própria, já constatada nos primeiros estudos.

A Associação de Criadores e Amigos do Burro da Ilha Graciosa foi formalmente constituída a 19 de Março deste ano, com objectivo de auxiliar neste trabalho de certificação da raça.

Franco Ceraolo, um dos 20 sócios fundadores, diz que a associação está aberta a todas as pessoas que se interessam pela preservação deste animal, que está muito ligado à nossa história.
A ideia surge devido ao risco deste património, se vir a perder na Graciosa e continuando o projecto que foi iniciado pela graciosense Graça Mendonça.
O Burro Anão da Graciosa tem uma identidade cultural inegável na nossa ilha, uma riqueza genética que poderá trazer vários benefícios à ilha.
Depois da certificação da raça e trabalho de criação, o burro poderá ser uma atracção a explorar por quem nos visita.

 

Twitter Facebook Favorites More