Traduzir

06 janeiro 2017

Resumo Semanal de 2 a 6 de Janeiro de 2017


Graciosa com crescimento do PIB superior à média regional em 2014

Das nove ilhas dos Açores apenas três crescem acima da média regional: Terceira com 5,4%, Faial com 5,1% e Graciosa com 4,2%. Das restantes, São Jorge (+0,2%) e São Miguel (+0,1%) aumentam ligeiramente, as Flores têm uma variação nula e Santa Maria (-5,8%), Pico (-3,8%) e Corvo (-2,5%) apresentam variações negativas de 2013 para 2014.
Em 2014, o PIB na Graciosa foi de  54. 710 milhões de euros, um aumento de 4,2%, tendo tido uma proporção de 1,5% do PIB regional, aumentando ligeiramente de 1,4% para 1,5% em relação a 2013.




Junta de Santa Cruz pretende construir monumento de homenagem aos baleeiros

A Junta de Freguesia de Santa Cruz da Graciosa pretende “fazer uma justa homenagem e reconhecimento a todos”, que de forma direita ou indirecta contribuíram para a importante actividade económica da ilha Graciosa que foi a baleação.
Na sua página de facebook, a autarquia santacruzense esclareceu ainda que apesar de ser a junta a ter a iniciativa, tem como “objectivo abranger todos”independentemente serem ou não da freguesia.
O esclarecimento surgiu depois do assunto ter sido discutido na reunião camarária da passada Quinta-feira, em que o representante da Junta no encontro, Alexandre Ávila, perguntou se o município estaria disponível para colaborar na iniciativa.
Conceição Cordeiro, vice-presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, perguntou onde será será erguido o monumento, tendo sido informada de que o local não está ainda decidido, mas que em principio será na Barra.
Avelar Santos, presidente da Câmara Municipal disse que o Município estará disponível para comparticipar, tendo em conta a importância da atividade para a ilha, após análise do projeto.
Os vereadores alertaram que “ o monumento deveria ser dedicado a todos os baleeiros da ilha e não apenas aos de Santa Cruz como é intenção da Junta de Freguesia.





Aprovados apoios na última reunião camarária de 2016

O executivo camarário de Santa Cruz da Graciosa reuniu pela última vez em 2016, na Junta de Freguesia de Santa Cruz da Graciosa.
No encontro foram aprovados diversos apoios, tais como 1.800 euros ao Motoclub para ajuda nas despesas na participação de em ralis e 1.000 euros à Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Cruz, para pintura das ermidas do Monte da Senhora da Ajuda.
No encontro foi ainda aprovada celebração de acordo e apoio com os Bombeiros Voluntários da Ilha Graciosa, no âmbito do trabalho conjunto de proteção civil e a minuta de contrato para aquisição de viatura de 11 a 12 metros cúbicos para recolha de resíduos sólidos urbanos.
A autarquia decidiu ainda colaborar no projeto fotográfico “Nossas Ilhas, gentes e suas vivências atuais e do passado”.





Livro “O Cantinho do Gabriel” é lançado Domingo

A Casa do Povo de Guadalupe acolhe no dia 8 de Janeiro, pelas 17h00, o lançamento do livro “O Cantinho do Gabriel-Histórias do Quotidiano Graciosense” contadas por Gabriel Melo”.
O livro teve a coordenação, de Jorge Cunha e edição da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, da Junta de Freguesia de Guadalupe e do autor.





Indústria de Lacticínios produziu mais de 600 toneladas de queijo entre Janeiro e Outubro de 2016

A Industria de Laticinios da Graciosa produziu, entre Janeiro e Outubro de 2016, um total de 632.838 Kg de queijo de leite de vaca.
Os dados do Serviço Regional de Estatística indicam de no mesmo período de 2016 foram produzidas ainda 44.725 Kg de manteiga e tratados 17.414 litros de leite de vaca para consumo público.
Analisando os dados verifica-se que os meses de Março e Abril foram os de maior produção de queijo, sendo que a média mensal de produção de queijo na Graciosa é de mais de 40 toneladas.





Unidade de Saúde garante que todos os graciosenses podem ter acesso a médico de família e que irão ser contratados mais médicos

No final de 2016, o médico Marco Pires deixou de trabalhar na Unidade de Saúde da Ilha Graciosa, ficando assim graciosenses sem o seu médico de família.
A Rádio Graciosa pediu esclarecimentos ao Conselho de Administração da Unidade de Saúde da Ilha Graciosa, no sentido de saber quantos médicos estão ao serviço, como resolverão o problema dos utentes que ficaram sem médico de família e se estão previstas novas contratações.
Em esclarecimento enviado à nossa redação, a administração da Unidade de Saúde esclarece que “não houve médicos a cessar funções nos últimos meses de 2016”, o que havia era “contratos de prestação de serviços médicos com empresas, nomeadamente com a Rodrigues Pires – Saúde, Lda e com a Morecare – Serviços de Saúde, Lda, cujos contratos terminaram a 31 de dezembro de 2016”, a que acresce o fato de “essas empresas não terem aceite a renovação ou celebração de novos contratos”.
Sobre os graciosenses que perderam o seu médico de família, a USIG esclarece que “todos os graciosenses podem ter acesso a médico de família, tendo em conta que a USI Graciosa tem 2 médicos especialistas em Medicina Geral e Familiar (MGF) afetos ao quadro (Dra. Carla e Dr. Adriano) e um aposentado a exercer funções (Dra. Helena), também com a especialidade de MGF, sendo o rácio de 1.467 utentes por médico, existindo um médico, Dr. Adriano, com lugar para inscrever os utentes que estavam na lista do médico, sem especialidade, que prestava serviço pela empresa Rodrigues Pires – Saúde, Lda, Dr. Marco, pelo que esse problema não se coloca”.
A USI da Graciosa esclarece que como conta com 3 médicos de MGF, “ não se regista uma grave carência de médicos, contudo já foi autorizada a abertura de um concurso para recrutar mais um médico para o quadro e a Saudaçor, S.A. também lançou um concurso público para celebração de Contratos Públicos de Aprovisionamento relativos à prestação de serviços médicos às Unidades de Saúde de Ilha da Região, cuja conclusão do procedimento está para breve”
Está previsto ainda, “no âmbito do Contrato Público de Aprovisionamento lançado pela Saudaçor, S.A. seja colocado um médico para o SAP/Urgência, de modo a libertar os médicos com a especialidade de Medicina Geral e Familiar para as consultas programadas”.
Quanto ao número de médicos que estão neste momento ao serviço da população graciosense, a USIG afirma que “tem 2 médicos a assegurar os serviços”, “devido à ausência de um médico por motivos de saúde, que se prevê regressar ao serviço até final do corrente mês, de outro em gozo de férias até 11 do corrente mês, e ao facto de terem cessado os contratos de prestação de serviços médicos”, no entanto a Unidade de Saúde garante que está a “envidar esforços no sentido de celebrar contratos de prestação de serviços até que fique concluído o procedimento da Saudaçor para os Contratos Públicos de Aprovisionamento”.






Deputados do PS visitaram obras a decorrer em Estrada Regional

Com a intenção de acompanharem os investimentos em curso na Ilha Graciosa, os Deputados José Ávila, Manuel José Ramos e Ricardo Ramalho, visitaram, esta quarta-feira, as obras de reabilitação e beneficiação do troço da Estrada Regional entre a Limeira e o Porto Afonso, no âmbito da intervenção nos Circuitos Logísticos Terrestres da Graciosa.
Em nota de imprensa, os deputados socialistas consideraram que esta intervenção è “essencial, quer para os locais quer para os visitantes, por atravessar uma zona agrícola importante e por ser muito procurada pelo seu interesse turístico.”





Escola Básica e Secundária tem plano de segurança e proteção aprovado

A Escola Básica e Secundária de Santa Cruz da Graciosa têm os seus planos de segurança e proteção de risco aprovados desde Junho de 2016, tendo havido as simulações e testes do plano de acordo com a lei.
A rede escolar açoriana foi inspecionada ao longo do ano de 2016 pelas entidades competentes, no que toca aos seus planos de segurança, que são analisados e aprovados pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.





Grua da Barra inoperacional há quase 3 anos

O equipamento muito utilizado pela náutica de recreio, continua a aguardar material necessário ao seu normal funcionamento.
No passado mês de Dezembro de 2016 foi instalado o novo motor, mas faltam ainda os regulamentos, que o Clube Naval da Ilha Graciosa aguarda que cheguem, para depois abrir aquele equipamento aos utilizadores do Porto da Barra.


Twitter Facebook Favorites More