Traduzir

15 dezembro 2016

Secretário da Agricultura afirma que há expectativas positivas em relação ao futuro da agricultura na Graciosa

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas realizou ontem a sua primeira visita à Graciosa.
Durante a tarde, João Ponte reuniu, na sede da Associação de Agricultores Graciosenses, com os dirigentes das Associação de Agricultores da Ilha Graciosa, a Associação dos Jovens Agricultores Graciosenses e a Adega Cooperativa da Ilha Graciosa.
No final do encontro, o governante afirmou que deslocou-se à Graciosa no sentido de fazer uma avaliação com as associações sobre a situação do setor agrícola na ilha.
João Ponte sublinhou o investimento do Governo dos Açores no novo Matadouro da Graciosa, uma obra orçada em mais de cinco milhões de euros e que deverá estar concluída em março de 2018. O Secretário Regional visitou as atuais instalações e as obras do novo matadouro, que vai quadruplicar a capacidade agora instalada de desmancha, transformação e preparação de carcaças.
Outra obra muito relevante para o setor é a empreitada de construção e beneficiação do caminho agrícola Jorge Nunes, no perímetro de ordenamento agrário Santa Cruz/Guadalupe, orçada em cerca de meio milhão de euros, que vai servir dezenas de explorações agrícolas situadas naquele perímetro.
Contributo essencial para a expansão e diversificação agrícola terá a obra de remodelação e ampliação da Adega Cooperativa da Ilha Graciosa, um investimento superior a um milhão de euros, comparticipado pelo programa PRORURAL.
João Ponte afirma que há expectativas positiva em relação ao futuro da agricultura na Graciosa, pois “estão a ser criadas condições para o aumento da riqueza e dos postos de trabalho na Graciosa, demonstrando, assim, o potencial que o setor agrícola traz para o desenvolvimento não só desta ilha, mas para toda a Região”.

João Picanço, presidente da Associação de Agricultores da Graciosa e da Adega e Cooperativa Agrícola da Graciosa, mostrou-se satisfeito com aquilo que ouviu por parte do novo titular da pasta da agricultura.

O dirigente afirma que as pretensões do secretário vão de encontro àquilo que as associações defendem para o setor na ilha, ou seja que se concluam rapidamente as obras que decorrem e que se trabalhe com vista o aumento do rendimento dos agricultores.

Twitter Facebook Favorites More